Resenha: Crash - Quando a paixão explode de Nicole Williams

11 agosto 2017


Para a adolescente Lucy, nada é mais importante que o balé. A dança a transporta para um mundo onde a dor, as lembranças ruins e a violência não existem. Um mundo só dela. Um dia, porém, aquela garota certinha é obrigada a mudar de escola. E é nesse novo ambiente, repleto de descobertas e inseguranças, que conhece um garoto que só usa cinza e vive com uma toca de lã na cabeça. Jude, o maior bad boy da escola, é lindo e seria o sonho de toda garota, e talvez até o genro que todo pai pediu a Deus... se não tivesse sido preso várias vezes e não morasse num abrigo para garotos desajustados. Lucy não liga para a opinião dos outros: o mais importante é o que Jude sente por ela. E o rapaz parece disposto a abrir seu coração, ainda que um segredo que assombra o passado e o presente dos dois esteja prestes a estraçalhar essa paixão.

Edição: 1
Editora: Essência
ISBN: 9788542210507
Ano: 2017
Páginas: 256




Lembro-me de ter lido esse livro anos atrás só que não lembrava exatamente nem a história nem meus sentimentos por esse livro, e depois da releitura tive a confirmação dos meus sentimentos por essa história. Nesse livro vamos conhecer Lucy e Jude.

Lucy uma mocinha que sempre teve tudo que quis, mas que no último ano precisou começar a frequentar a escola pública, o nome dela venho graças ao amor de seu pai pelos Beatles, principalmente Lucy in The Sky with Diamonds, música que deu nome a nossa personagem. Lucy ama o Ballet mais que tudo, ou melhor, amava até conhecer o bad boy Jude.

Jude é o típico bad boy, lindo, que tem todas as mulheres que quer (revirando os olhos aqui), ciumento, possessivo e extremamente pavio curto, e que já foi preso diversas vezes, ele e Lucy se conhecem na praia, e acabaram se afastando. No inicio das aulas ele e Lucy se reencontram e logo surge uma amizade, e junto com a amizade vem os boatos já que Jude não tem uma fama exemplar.

“Jude era a doença para a qual eu não via cura. A droga da qual eu não queria me livrar nunca.” 

Sabe aquele famoso os opostos se atraem, é exatamente assim nesse livro. Eles são totalmente diferente um do outro, mas ainda assim a paixão entre eles surgem e se torna fogo e vendaval.
Uma das coisas que mais me decepcionou foi à mudança de Lucy, que no começo era uma menina totalmente determinada, cheia de atitude e que por mais que tivesse problemas ela sempre lutava pelo que queria, mas com Jude se transformou em uma mocinha chata, e que amava o balé, mas que não vi todo esse amor que ela dizia ter nos livros. Ela era uma pessoa que não conseguia fazer amizade, afastava todos que se aproximavam com sua arrogância.
Os personagens são fracos, não consegui enxergar nenhum amor entre eles, só aquela coisa carnal, mas nada que fosse capaz de me fazer ver estrelas. Jude diz amar tanto Lucy, mas teve atitudes simplesmente 'bleh', eu sinceramente não encontrei sentindo em muitas coisas que ele fez. 

A capa não posso negar que é linda e o rodapé há referências a cada música dos Beatles que são comentadas entre os personagens, o que foi um diferencial à parte (Sou uma fã alucinada dos garotos de Liverpool), durante a leitura não encontrei erros ortográficos, e a diagramação também está ótima.
Esse é o primeiro livro de uma trilogia, e por ser o primeiro livro ele é bem "fechadinho" então a leitura da continuação fica a critério de cada um e se eu falar que não tenho interesse em reler a continuação estaria mentindo, quero ler sim, mas não tenho pressa kkkkk.

Apesar de todo o clichê do livro a autora conseguiu em diversos momentos me fazer rir, principalmente com o pai de Lucy e em alguns eu suspirei com o casal também, um livro que me prendeu do início ao fim, mesmo com todos os poréns.
Esse aquele típico de livro clichê que vai fazer você amar e odiar, pra todo leitor que gosta de passar raiva. É um livro que me lembrou de muito Belo Desastre e que com certeza vai deixar todo leitor de clichê um pouquinho apaixonado.

Espero que tenham curtido a resenha, não deixem de compartilhar suas opiniões nos comentários.
Beijos

Um comentário:

  1. Que post maravilhoso, adorei a resenha, muito bem escrita.
    Estou seguindo o blog (perfil pessoal Aline Bechi). Beijos
    http://amorliterarioblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥