Resenha: O ano em que te conheci - Cecelia Ahern

20 dezembro 2016



Edição: 1
Editora: Editora Novo Conceito
ISBN: 9788581638324
Ano: 2016
Páginas: 336
Sinopse:Bem-vindos ao mundo imperfeito de Jasmine e Matt.
Vizinhos, eles não têm o menor interesse em tornarem-se amigos e nunca haviam se falado antes. Estavam sempre ocupados demais com suas carreiras para manter qualquer tipo de contato.
Jasmine, mesmo sem nunca tê-lo encontrado, tem motivos para não suportar Matt.
Ambos estão em uma licença forçada do trabalho e sofrendo com seus dramas familiares. Eles precisam de ajuda.
Na véspera de Ano-Novo, os olhares de Jasmine e Matt se encontram de forma inusitada pela primeira vez. Eles têm muito tempo livre e precisam rever seus conceitos para poder seguir em frente.
Conforme as estações do ano passam, uma amizade improvável lentamente começa a florescer.
Uma história dramática, original e divertida como só Cecelia Ahern é capaz de escrever.


Resenha

Olá, pessoal. Estou aqui mais uma vez com uma resenha pra vocês. Dessa vez, me aventurando pelos romances. Espero que gostem. 

Jasmine Butler é uma mulher que sempre teve o controle total de sua vida. Foi sempre focada no trabalho, não consegue ficar parada, seja qualquer estação do ano. Sendo assim a sua vida é dividida entre duas paixões: O trabalho e Heather, sua irmã que é portadora da Síndrome de Down, mas é tão independente quanto qualquer pessoa. Jasmine acaba sentindo-se responsável por Heather depois que elas perderam a mãe, principalmente por causa do desprezo que o pai delas, direciona a garota por causa de sua doença.
Porém, Jasmine acaba sendo e recebendo uma licença que a impede de trabalhar por doze meses, para que ela não possa ir trabalhar para a concorrência e isso a faz ficar em casa sob uma licença forçada.

Matt é o vizinho de Jasmine, casado e com três filhos. Ele é um radialista famoso, e trabalhava num programa polêmico, mas que assim como ela, também está desempregado e passando por problemas. Eles nunca tiveram contado, pessoalmente embora ela tenha motivos suficientes para odiá-lo, após ter ouvido a um programa onde ele falava sobre a Síndrome de Down. 

Então, é nesse período, em que ela se vê forçada a ficar em casa que os dois acabam se aproximando. E, embora tenham sido vizinhos há tanto tempo, somente agora (devido a fragilidade emocional em que se encontram), eles podem se conhecer melhor e cultivar uma verdadeira amizade. 

A narrativa é feita em primeira pessoa. Mais especificamente pela visão de Jasmine. Algo interessante de se notar é que ela se refere a Matt como “você”. Ou seja, é como se tudo que ela descreve, estivesse sendo dito a ele.       

"Eu me sinto como se estivesse vivendo em um aquário de peixe dourado e tudo o que posso ver e ouvir de cada janela da minha casa é você. Você, você, você..."

A história não tem muitas surpresas. O que, pra algumas pessoas, pode ser cansativo. Ainda mais pelo fato de, boa parte da leitura ser feita sob os longos pensamentos de Jasmine. Para mim, uma das melhores coisas no livro é a relação da protagonista com sua irmã Heather. Uma relação de preocupação e amor que torna a personagem ainda mais real. Também é muito legal ver o desenvolvimento do relacionamento entre Jasmine e Matt, que muda completamente e ambos tiram daí muitas lições. 

Essa é a primeira vez que leio algo da Cecelia Ahern e fiquei encantado por sua escrita leve, dinâmica (algo que também deve ser creditado ao ótimo trabalho de tradução). O trabalho gráfico da Novo Conceito está super legal. Desde a diagramação, escolha da fonte até a linda capa. Está tudo muito belo. Quem me conhece sabe que não sou muito fã de romances e dramas, porém, de alguma forma, a autora conseguiu prender minha atenção. E esse livro é, sem dúvida, algo que eu leria novamente em outra ocasião. 

Espero que tenham gostado da resenha.
Até mais e não deixem de deixar suas opiniões nos comentários.

13 comentários:

  1. Mesmo você não sendo o fã gostar do livro é [ótimo! Eu adoro esse gênero e quero esse livro faz tempo, mas assim como você eu nunca li nada da autora, mas acho que vou gostar muito do livro.

    ResponderExcluir
  2. Acho essa capa tão bonitinha!
    Eu ainda não li nada da autora, mas esse é um livro que eu leria. Achei interessante essa coisa de dois vizinhos há um bom tempo finalmente se conhecerem melhor.

    ResponderExcluir
  3. Olá Maycon, tudo bem?
    Eu já li um dos livros da Cecelia Ahern e sinceramente amei a leitura. Esse eu já adquiri mas ainda não iniciei a leitura. Ler as suas impressões me deixou bastante instigada a iniciar o quanto antes. Amei a sua resenha. Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Nunca li nada autora mas tenho vontade de conhecer a escrita dela.
    Até leria este, mas fico com receio por conta de ser parado e acabar ficando uma leitura arrastada, e achei bem legal a questão do relacionamento da personagem com a irmã.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Já li alguns livros da autora, mas, sempre superficialmente. Confesso que hoje não tenho nenhum. Mas, gostei da resenha! Quem sabe eu não dê outra chance, né?Beijos!

    Carolina Gama

    ResponderExcluir
  6. Essa capa é um amorzinho, eu nunca li nada dessa autora, porém tenho um livro aqui que dela que estou doida para ler, vou aproveitar as férias hehe. Confesso que já vi resenhas que acabaram me desanimando com esse livro especifico... aí acabei ficando sem vontade mesmo. https://www.facebook.com/floresnooutono/videos/366334830396708/

    ResponderExcluir
  7. Acho que o fator diferencial desse livro é a Síndrome de Dow mesmo, apesar de bastante conhecida, principalmente depois de novelas com o tema, acredito que ainda há muito preconceito e desinformação à respeito. Por isso eu me encantei com o livro logo de cara, pela autora ter retratado a doença e ao que me perece a dedicação de um familiar para com o portador. Adiciona aí essa capa maravilhosa e pronto, já quero o livro agora na minha mão!

    Obrigada pela dica!

    Beijos,
    Mariana Baptista

    ResponderExcluir
  8. Oii Maycon!

    Já li outro livro da autora e gostei. Tenho muita vontade de ler este livro :)

    Beijos!
    https://leelerblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie Maycon!
    Ainda não li essa obra da Cecelia.Achei a sinopse é bem interessante e como eu gosto do estilo da autora, acredito q vai ser mais um livro que irei gostar. A sua resenha fez eu ficar ainda mais curiosa sobre a história.
    Bjo

    ResponderExcluir
  10. Olá.
    Eu amo as obras dá Cecelia e eu já conhecia esse livro, inclusive já estava na minha listinha. Parabéns pela resenha e pelo lindo blog.

    Bjs

    www.blogparadaliteraria.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oie
    muito legal sua resenha, que bom que gostou da autora logo de primeira, li poucas coisas e ja tenho esse aqui, estou bem ansiosa e espero adorar, pois amo o gênero e curti o enredo, bela dica

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Adorei a resenha! Eu já conhecia a autora mas não ainda a sua obra. Curti muito o enredo e imagino que seria uma ótima leitura para mim também. Dica anotada ;)

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Então, a história me pareceu interessante, achei que ia ser criada toda uma trama em volta da irmã com sindrome de down e o romance.. mas não entendi se isso foi feito, mesmo assim, parece ter sido pouco elaborado. Não costumo gostar de monólogos de pensamentos, acho mesmo cansativo, não animei muito de ler...
    bjs
    :)

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥