Resenha: A Caminho do Altar - Julia Quinn

16 dezembro 2016



Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580415735
Ano: 2016
Páginas: 320
Tradutor: Viviane Diniz
Sinopse:Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.
O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.
Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?
A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.


Oiee gente.
      Hoje eu estou aqui para trazer para vocês a resenha do ultimo livro oficial de uma das minhas séries de livros históricos favoritos, Os Bridgertons. Essa resenha saiu primeiro na minha coluna lá no Fundo Falso e agora eu estou aqui pra traze-la para vocês também. Ai gente estou triste que chegou ao fim. Embora ainda restem os epílogos para serem lidos, mas sentirei falta dessa família querida mesmo assim. Ainda bem que a arqueiro trará mais da Julia e que em futuras tramas poderemos matar a saudade desses personagens.

     Então, acho que todo mundo sabe que A Caminho do Altar é o oitavo livro da série e desde O Duque E Eu, o primeiro livro, muita água já passou de baixo dessa ponte, muitas histórias de amor foram contadas, uma completamente diferente da outra e é normal que acreditamos que nada na escrita da autora pode nos surpreender. É ai que a Julia Quinn vem e dá uma chinelada na nossa cara, porque o livro é frenético! Essa é sem dúvidas uma das narrativas mais intensas da série, cheia de ousadia, aventura e ação, lógico que o romance está lá também, pois ele é a base de tudo.

      O livro é protagonizado por Gregory, o mais novo dos irmãos Bridgertons que vimos crescer de perto enquanto liamos a história dos outros irmãos, mas a quem nunca demos muita atenção (pelo menos, eu não dei), o que o torna bem surpreendente. Ao contrário de todos os irmãos ele não foge de casamento e acredita no amor verdadeiro, pois isso pra ele é algo comprovado através dos oito relacionamentos que ele observou em sua família, por isso ele crê que perceberá quando conhecer a mulher da sua vida. Nesse ínterim ele acaba conhecendo duas jovens Hermione Watson e sua melhor amiga Lucinda Albernathy, Hermione é a perola da temporada, encantadora e capaz de atrair e conquistar todos os por onde passa, enquanto Lady Lucinda é uma moça bela, mas acaba sendo completamente ofuscada pela amiga, porém não se importa pois a ama de verdade e já está prometida em casamento. É lógico que como todo jovem tolo Gregory acredita que está apaixonada pela mais bela e não pela mais interessante, mas é completamente desprezado por Hermione que está apaixonado por outro homem, só que esse não condiz com a posição social de sua família e por isso não pode corteja-la. Sendo assim, Gregory acaba recebendo de Lucinda ajuda para conquistar a amiga e salva-la de uma possível ruína, só que entre eles acaba se consolidando uma forte amizade que ao desenrolar da história, se mostrará algo mais.

      Nesse livro a Júlia se valeu de muitos clichês e estruturou bem uma sátira, tem um determinado fato na narrativa envolvendo nucas e pescoços (quem já leu o livro vai entender) que é capaz de nos fazer revirar os olhos, mas que deixa clara a ironia da autora. Gregory se mostra um mocinho extremamente sonhador, mesmo no auge dos seus 26 anos ele ainda traz muito do menino que conhecemos lá no primeiro livro, acho que a Julia também não conseguiu se desligar disso, ele é fiel como um cão de guarda e também dócil (mimo de filho caçula? Pode ser), mas ele também é determinado e ousado quando necessário e é toda essa mistura que faz com que esse volume da série seja tão bom.

      Já Lucinda é uma mocinha mais convencional, completamente pragmática, que demonstra a todo tempo a sua incapacidade de ousar, acho que ela é uma das mocinhas mais convencionais socialmente que eu li da Julia até então. E a sua história de vida me lembra um pouco a história da Kate (O Visconde que me amava), isso nos traz uma maior familiaridade com a personagem.
Acredito que não posso descrever mais da obra sem trazer spoilers desnecessários, acho que posso revelar que ao estilo de todos a história de Gregory siga um ritmo parecido com a de Benedct (Um Perfeito Cavalheiro), ouso a dizer que ela é até mais intensa.

   Como sempre digo, falar da escrita da Julia Quinn é chover no molhado, a autora consegue conduzir a sua narrativa como ninguém nos intrincando em sua trama, os personagem são bem desenvolvidos e completamente cativantes, esse livro em especial tem um dos melhores Plot twistes da série. Como em todos é lógico que temos a nossa dose de pimenta na forma de um sutil erotismo. 
A Edição da Arqueiro está maravilhosa, a capa escolhida para o livro está linda e condiz com a história, a diagramação também deixou a leitura extremamente agradável, não notei nenhum erro de revisão ao longo da leitura. Sem dúvidas recomendo não só o livro, mas a série. Principalmente as fãs de romances históricos, as fãs de histórias de amor e as fãs dos saudosos romances de banca.

Espero que tenham gostado da resenha, já conhecem a série, já leram algum ou todos? Não deixem de me contar nos comentários. Beijooos

Um comentário:

  1. Oi Kris,
    Encontrei o seu blog porque também sou parceira da Bianca Briones e acho bem legal se trocarmos dicas literárias. Já comecei a seguir aqui e voltarei mais vezes.
    Ainda mais com esse post de Julia Quinn <3
    Sou apaixonada por romances históricos.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥