Resenha: O Lado Bom de Ser Traída - Sue Hecker

28 novembro 2016




Edição: 1
Editora: Harper Collins Brasil
ISBN: 9788569514510
Ano: 2016
Páginas: 400
Sinopse: Bárbara é uma profissional de sucesso. Noiva há cinco anos de Caio, um empresário no ramo de telecomunicações, sua vida é completa e plena. Porém, ao ver uma foto dele ao lado de uma mulher que se intitula também sua noiva, o mundo de Bárbara desmorona. Decidida a não se entregar à decepção, ela resolve dar a volta por cima. Com o visual renovado, começa a adotar outras posturas, afastando de vez a depressão. Para a sua surpresa, o destino coloca em sua vida Marco, um juiz extremamente sexy. Bastou um olhar para que ambos fossem tomados por uma alucinante tensão sexual. Resta saber se, de fato, Bárbara mudou o suficiente para se entregar sem amarras.


       Olá pessoas, 
      quem me acompanha pelo Instagram e pelo Facebook deve ter visto que recentemente eu recebi em casa uma cortesia da editora Haper Colins, o livro O Lado Bom de Ser Traída da autora Sue Hecker e fiquei muito feliz, porque eu havia lido várias resenhas muito positivas da obra, mas infelizmente a leitura não me agradou. Fiquei até tentada a não fazer a resenha do livro, pois fazer uma resenha negativa, ao contrário do que muitos pensam, não é algo bom e que nem eu e nem nenhum blogueiro goste (assim espero, pelo menos), mas acredito que se eu recebi a obra para ser resenhada, é meu dever fazê-lo, tendo ela me agradado ou não, pois assim darei o meu ponto de vista sobre o livro para o meu público.
Então vamos lá...



Resenha

     O livro é narrado em primeira pessoa e varia o ponto de vista entre os personagens, inicialmente somos apresentados a protagonista Bárbara que após descobrir a traição do seu noivo, decide efetuar uma mudança em sua vida, não só estética, mas social também. Pouco tempo depois ela conhece Marcos, um jovem juiz e a tração entre eles é mútua e a primeira vista. Após esse encontro o destino faz com que os dois comecem a se esbarrar a todo momento, o que acaba fazendo com que a atração os una e eles comecem a se relacionar. Porém, Marcos tem um denso histórico de vida, que podem comprometer o seu relacionamento.

     Como mencionei na minha introdução à resenha a leitura não me conquistou, da mesma forma que alguns argumentos da trama, não me convenceram. Achei a escrita da autora Prolixa, ao mesmo tempo que o enredo raso. 

     Os personagens são muitos extremos. os protagonistas são completamente perfeitos: esteticamente bonitos, bem sucedidos, inteligentes e de ótima índole, nenhum misero defeito. Enquanto a principal antagonista é desenvolvida para ser completamente perversa e não apresentar nenhum lado bom, de modo com que o leitor não tenha sequer a opção de simpatizar com ela.
      No livro há excesso de cenas de sexo, a linguagem utilizada é muito coloquial, há uma sobrecarga  de "gírias" e ao meu ver o desenvolvimento do tema de fundo, acabou deixando a desejar.
    O enredo da obra é bem dinâmico, assim como os personagens que parecem fazer de tudo um pouco, quem gosta de várias emoções com certeza as encontrará nesse livro, pois na trama há drama, romance, suspense, aventura, ação e muito erotismo.
      Porém, se um uma parte da trama é defendido o direito da mulher de manter uma liberdade sexual e não ser julgada por isso, em outro ponto, da mesma, um direito muito importante de uma mulher é cerceado, como se isso fosse correto, devido apenas a quem essa mulher é, e a imagem que foi dada a ela na história. E isso foi de longe uma das coisas que mais me incomodou. Não vou me aprofundar explicando isso aqui, pois seria dar spoiler, e essa resenha será livre deles, mas posso dizer que não concordei com a maneira que determinada temática foi abordada no livro. Se você já leu, ou ler depois, provavelmente entenderá do que estou falando.

     Vale a pena ressaltar aqui, que essa obra possui um gatilho emocional, que pode reacender traumas em algumas mulheres. Para saber o que é, pode me mandar uma mensagem.

      Enfim, vocês puderam perceber que apesar das várias avaliações favoráveis a obra não me pegou, essa foi uma leitura que para mim não fluiu de forma alguma. A edição da Haper Colins está muito agradável, a capa do livro é bonita, a diagramação do livro está bem organizada e apesar das letras pequenas a leitura é fácil, não notei erros na revisão ortográfica, mas senti falta de um copidesque.
Espero que fique claro que essa é a minha opinião pessoal em relação a leitura, a sua pode ser completamente diferente, assim como foram a de várias pessoas, por isso recomento que você faça a leitura e teça suas próprias opiniões.

Obrigada pela visita, por ler essa resenha e beijos.



5 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Creio que a obra também não me prenderia em nenhuma momento, eu me apaixonei mesmo pela capa, mas a sinopse já me desmotivou, gostei muito da sua sinceridade.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Primeiro, eu acho bem complicado fazer uma resenha negativa, mas ao mesmo tempo penso que elas são muito necessárias. Acho que quando vamos fazer uma resenha de um livro que não gostamos temos que ter cuidado somente para não ofender e não desmerecer o trabalho, mas acho importante resenharmos do que apenas deixar o livro de lado e nem mencionar só por não gostar.
    Entendi seus motivos para não curtir o livro - e alguns pontos eu iria até comentar que é por conta do estilo, que normalmente é raso em alguns pontos.
    Fiquei curiosa com a questão dos dois pesos para o comportamento da mulher, defender e depois não defender me faz pensar que a autora não soube como abordar o que precisava e por essa razão a minha curiosidade com o livro diminui um bom tanto... Você é a primeira pessoa que fala que o livro tem uma cena que pode ter gatilho emocional...
    eu não tenho problemas com eles (até porque leio alguns livros darks) mas todos que eu li tinham aviso sobre isso antes e não tinha visto nenhum aviso sobre esse - e acho isso um erro dos grandes.
    Ainda quero ler, mas, vou com menos expectativas.
    Parabéns pela resenha!
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  3. Oi Kris! Já vi esse título por aí nas redes sociais faz tempo, mas, nunca parei pra dar atenção. Pelo que vc falou,não parece que irá me agradar tbm rs. Eu tenho um problema em encontrar bons livros eróticos, ja que é um estilo que não me atrai, então, acho que passarei longe desse por enquanto rs. Beijos, o blog ta lindo! :)

    ResponderExcluir
  4. Olá
    esse não é o tipo de leitura que me atrai muuito então imagino que se eu viesse a ler teria opiniões parecidas com a sua, enredo raso é o pior então pra mim tbm não é o tipo de leitura que flui, parabéns pela resenha e pela sinceridade

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2016/12/caixa-de-correio-43.html

    ResponderExcluir
  5. Já achei meio estranho eles estarem noivos há cinco anos, mas tudo bem. O livro realmente não é muito o meu tipo de leitura, eu não curto enredos assim porque não me envolvem.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥