Resenha: Minha Vida Mora ao Lado - Huntley Fitzpatrick

20 outubro 2016



Edição: 1
Editora: Valentina
ISBN: 9788565859707
Ano: 2015
Páginas: 320
Sinopse:“Minha mãe nunca ficou sabendo de uma coisa, algo que ela reprovaria radicalmente: eu observava os Garrett. O tempo todo.”
Os Garrett são tudo que os Reed não são. Barulhentos, caóticos e afetuosos. São de verdade. E, todos os dias, de seu cantinho no telhado, Samantha sonha ser uma deles, ser da família. Até que, numa noite de verão, Jase Garrett vai até lá e...
Quanto mais os adolescentes se aproximam, mais real esse amor genuíno vai se tornando. Contudo, precisam aprender a lidar com as estranhezas e maravilhas do primeiro amor. A família de Jase acolhe Samantha, apesar dela ter que esconder o namorado da própria mãe.
Até que algo terrível acontece, o mundo de Samantha desmorona e ela é repentinamente forçada a tomar uma decisão quase impossível, porém definitiva. A qual família recorrer? Ou, quem sabe, Sam já é madura o bastante para assumir suas próprias escolhas? Será que está pronta para abraçar a vida e encarar desafios?
Quem você estaria disposto a sacrificar pela coisa certa a se fazer? O que você estaria disposto a sacrificar pela verdade?



Resenha

Hello people, 

Hoje eu trago pra vocês a resenha desse livro que eu já deveria ter lido há muito tempo, mas acabei vergonhosamente adiando a leitura, nem sei por qual motivo, já que eu estou louca para lê-lo a muito tempo. 

Minha Vida Mora Ao Lado é o romance Young Adult de estréia da autora Huntley Fitzpatrick, que eu já apresentei por aqui na resenha de Pensei Que Fosse Verdade, que eu li anteriormente e já tive a impressão prévia do que vou dizer agora: É como se a Huntley tivesse um dom para desenvolver personagens completamente apaixonantes. Aqui além dela desenvolver uma protagonista, Samantha, que você queria fácil para sua melhor amiga e um protagonista, Jace, que você queria pra casar, ela constrói toda uma família que você adoraria adotar, os Garrett . 

Os Garrett são uma conturbada e imensa família que se muda para a casa ao lado da casa de Samantha. Os país formam um casal apaixonado, que demonstra esse amor (de certa forma) dando mais membros a família, essa que acaba aumentando durante os anos e que no auge do desenvolvimento da trama conta com 7 filhos. Algo que (não sei por que, pois não diz respeito a ninguém se não a eles) atrai muito a atenção dos vizinhos que com comentários maldosos, demonstram todo o seu preconceito e entre esses vizinhos está Grace, a mãe de Samantha. Que proíbe terminantemente, todo e qualquer contato entre ela e  Trace (sua irmã) e os vizinhos. Alegando que aquela família é idêntica à família do pai delas, que a abandonou grávida e com uma filha pequena.
Porém, nada atrai mais que o proibido (né, nom?), e Samantha cresce alimentando um imenso fascínio por aquela feliz e calorosa família, que mantém um relacionamento tão diferente do dela e da irmã com a mãe, frio e distante. E os observa a distância, até o dia em que Jace Garrett  o filho do meio deles, se aproxima e dá a ela a oportunidade de conhecer de perto a realidade com que ela tanto sonhou.

A escrita da Huntley é impecável, fluída e pessoal, de modo que ela nos conecta com os personagens e a vida deles nos conta a história. A história é narrada em primeira pessoa, pelo ponto de vista da Samantha e assim podemos enveredar pelo dia-a-dia dessa adolescente, e conhecemos suas descobertas, suas reflexões, seus relacionamentos nas mais diversas esferas. E nesse ínterim somos apresentados aos mais diversos personagens, alguns super cativantes, outros o mais completo oposto, porém todos muito bem desenvolvidos e estruturados.
É bem difícil escolher quais desses personagens coadjuvantes são os meus preferidos mas sem dúvidas que um deles é o George, um dos maravilhoso filhos mais novos dos Garrett , praticamente uma enciclopédia infantil (a mais doce que já vi) e que ao lado de Patsy, a bebê Garrett  cujas primeiras palavras foram: "Têta e Cocô" me renderam as melhores gargalhadas da semana.

Homenagem ao George, quem leu o livro vai entender a referência, quem não leu só entenderá se ler.
E outro é o Tim, um personagem super complexo, amigo de infância de Sam, que no inicio do livro se mostra com sérios problemas em relação a dependência química e que dá um grande prazer de acompanhar o desenvolvimento ao longo da história. 

Em comparação a esses personagens que eu amei, posso citar também dois que me irritaram muito. O primeiro deles foi a Grace, é claro, que ao meu ver é uma mulher amarga e preconceituosa, que ao invés de aprender com as intempéries da vida a agir de forma melhor, parece que faz o contrário. E a outra é a Nam, irmã de Tim e "melhor amiga" de Samantha que ao longo da história foi se mostrando a personificação de todas as amizades mais frustrantes que eu já tive na vida e isso me fez criar muita raiva dela.

Como eu já mencionei os protagonistas da obra são maravilhosos, completamente cativantes. Ele é um jovem super realista e fofo, que ama a sua família, mas como todos filhos questiona algumas atitudes dos seus pais, mas as respeita. E ela sempre foi a mais sensata das duas irmãs, que nunca deu trabalho, aprontou, pelo contrário sempre cumpriu todas as regras cegamente, o que faz com que a mãe exerça um forte domínio negativo sobre ela. Juntos eles nos dão um relacionamento bem estável, que não é cansativo e permeado de melodramas, mas é sensato e bastante maduro.

Por um momento eu pensei que a trama do livro se resumiria a isso, como aconteceu em "Pensei que fosse verdade" e a obra seria simplesmente um romance casual, mas a Huntley me surpreendeu com um clímax bem forte, que explicou completamente a frase de efeito da capa e isso me fez gostar ainda mais dessa leitura.
Sem dúvidas, Minha Vida Mora Ao Lado é uma obra que levará o leitor a refletir sobre várias questões importantes, politicas, uso de drogas, descoberta da sexualidade e também os levará a se emocionar junto a esse casting de personagens lindos. Eu terminei a leitura com um calorzinho no coração, e com a sensação real de que a vida continua, sem dúvidas quero ler mais obras da autora e recomendo essa leitura a todos, mas principalmente aos adolescentes, sem sombra de dúvidas.


Espero que vocês tenham gostado da resenha e não deixem de interagir comigo nos comentários.
Beijoooos ♥

14 comentários:

  1. Olá
    Eu também já fiz essa leitura e gostei bastante. Os protagonistas são mesmo maravilhosos e adorei conferir sua resenha especialmente porque me identifiquei bastante com sua opinião. Realmente há muito o que se refletir nesse cenário!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. oi ^^
    menina eu sou bem afim de ler esse livro, mas ainda não arrumei tempo/espaço na fila para ler.
    awnnn achei fofo a parte da enciclopédia infantil, certeza q vai ser um personagem q eu vou gostar.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  3. Eu achei este livro de uma fofura e intensidade pouco vistos em livros jovem adulto de hoje em dia. Gostaria, claro, que o final tivesse sido "mais punitivo" se é que me entende, mas ainda assim, foi um livro que deixou meu coração quentinho... rs A referência ao George na gif que você postou ficou nota mil!!!
    http://meuamorpeloslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ah, não conhecia mas entrou na minha lista. Amei o título, a sinopse e a capa. Como vc disse q em dado momento a capa faz sentido, fiquei mais curiosa ainda. Amo isso! rs
    E eu amei os Garret só de ler suas descrições! ahahaha


    Blog Coisas da Juu Participe do Top Comentarista: O orfanato da Srta Peregrine

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Eu confesso que assim, de cara, o livro não me chama a atenção. Mas sua resenha despertou minha curiosidade sobre a obra.
    Gostei de saber que os personagens são bem estruturados e os protagonistas cativantes. Fiquei curiosa sobre o clímax que você mencionou e a relação com o nome do livro...
    Anotei a dica para ler futuramente.
    Ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Eu adorei o título e a capa, mas não iria ler se fosse apenas mais um romance, mas saber que o livro aborda outros assuntos importantes me motivou a querer ler!
    Espero poder ter o prazer de ler muito em breve e aprender muito com a trama.
    Sua resenha ficou ótima!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  7. Oi. Estou nessa mesma vibe, com alguns livros que quero ler há um bom tempo, mas ainda não consegui. Sobre o livro, me corrija se estiver enganada, tenho a impressão que a autora gosta de personagens conturbados, o que muito me anima, também como leitora, aprecio bons personagens conturbados.

    ResponderExcluir
  8. Olá Kris,
    Estou louca para ler esse livro, mas ainda não consegui adquirir meu exemplar. Gostei muito da sua resenha e adorei saber que os personagens são cativantes e que a obra irá fazer o leitor refletir sobre todas essas questões importantes.
    Achei muito legal os personagens coadjuvantes serem cativantes também.
    Sua resenha meio que quadruplicou minha vontade de ler.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Oii Kris, tudo bem? Sua resenha ficou ótima! Adorei saber mais sobre esse livro. A primeira coisa que me chamou atenção nele foi a capa lindíssima, mas depois de ler a sinopse fiquei ainda mais encantada. Agora estou super curiosa para realizar a leitura e conhecer esses personagens :D
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. oie, eu também tenho esse livro na lista de futuras leituras há tempos e amei saber que os personagens são muito bem construídos. Particularmente eu adoro livros que envolvam grandes famílias e isso por si só é um ponto que me faz ter desejo de ler o livro. Espero poder gostar tanto quanto você.

    ResponderExcluir
  11. Oi Kris, eu gosto muito de romances, não dispenso por nada! Esse chamou minha atenção, fiquei super curiosa pra saber o que aconteceu de tão devastador para ela ter que escolher confiar em uma das famílias. Abraços

    ResponderExcluir
  12. Oie
    Tudo bem?
    Então eu quero muito ler esse livro já esta na minha ista de leitura e acredito que saia dela ainda esse ano.
    Adorei sua resenha deixou claro que o livro é muito emocionante. Amo essa capa e espero gostar da leitura tanto quanto você.
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  13. Oie
    Fiquei muito interessada em conhecer um pouco mais sobre a Samantha e sua família. É tão interessante quando um autor sabe mesclar esses conflitos familiares com os conflitos pessoais de um personagem!
    Outra coisa legal é o fato dele ser narrado em primeira pessoa, isto contribui ainda mais para que possamos compreender o porquê de determinadas situações.
    Quero mt esse livro da Valentina.

    ResponderExcluir
  14. Nunca passou pela minha cabeça que esse livro era tudo isso! <3 Quero muito conhecer essa família e saber como irá se desenvolver o romance da Samantha e do Jace, fiquei bastante empolgada após ler a sua resenha! *-*

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥