Resenha: Spotlight Segredos Revelados

26 julho 2016




Edição: 1
Editora: Vestígio
ISBN: 9788582863008
Ano: 2016
Páginas: 284
Tradutor: Antonio Carlos Vilela
Sinopse: Conta as descobertas da real investigação feita por um grupo de corajosos jornalistas, ganhadores do Prêmio Pulitzer em 2003, que denunciaram uma sucessão de abusos sexuais, obrigando a Igreja Católica a prestar contas a sociedade em todo planeta. Em janeiro de 2002, o jornal The Boston Globe publicou uma série de reportagens que chocou o mundo. Centenas de crianças em Boston foram molestadas sexualmente por padres – certos de sua impunidade, eles agiam com o aval das autoridades religiosas, que acobertaram seus crimes por décadas. As reportagens revelaram a “obscena” quantia gasta pela Igreja Católica com acordos para comprar o silêncio das vítimas cujas vidas foram devastadas por pedófilos que vestiam hábito e tinham o Pai Nosso na ponta da língua. A denúncia abalou as estruturas da Igreja Católica e deixou milhões de fiéis no mundo inteiro estarrecidos, furiosos e indignados: a instituição que deveria servir e proteger a comunidade usou sua poderosa influência para se resguardar do escândalo. Este livro, que inspirou o filme de mesmo nome, indicado ao Oscar 2016 em 6 categorias e vencedor em Melhor Filme e Melhor Roteiro Original, é uma exposição violenta e importante do abuso de poder cometido por uma das mais altas esferas da sociedade.




Olá Pessoal, hoje trago a resenha do livro mais pesado que já li! Levei 15 dias para ler, e é preciso muita coragem! Em determinado momento muito estômago, mas acima de tudo muito coração! Traz uma realidade acobertada por ideologias fortemente protegidas por um sistema econômico e político.

Spotlight é um dos melhores dentre minha lista do gênero de jornalismo investigativo – um dos meus favoritos! Desde o inicio narra a íntima relação do Clero com o poder do dinheiro. Em toda minha caminhada leitora, acredito que apenas através do conhecimento e consciência de fatos que são expostos no livro, que é possível proteger vítimas, de pessoas com um perfil tão perverso. Por falar em jogo, é surpreendente a aptidão dos superiores para reverter os fatos e a culpa dos acontecimentos, mas a questão que fica clara é: A que custo? Como diz um trecho do livro – que eu concordo:

“Se existem heróis nessa historia pavorosa, são as vítimas, ... depois de anos a sós e em silencio, ... 'Isso aconteceu comigo e é errado'.”

Uma das falas mais antigas da igreja católica versa sobre a homossexualidade, nunca apontando a distinção que há entre esta e a pedofilia que é um crime bárbaro. Nunca houve, não há e jamais haverá qualquer tipo de desculpa para a pedofilia (e a sua tolerância velada), entretanto não encarar os problemas torna piores para todos, não só os envolvidos bem como para toda comunidade, o tempo que decorre entre a ciência do fato e as providências efetivas, apenas piora a situação, quando não a torna de impossível solução.

        Apesar de todo o peso que a leitura traz, com os fatos tão duros e com narração vívida e direta, eu amei o livro e sinceramente, não esperava por isso. A escrita tem uma linguagem moderna e envolvente, traz fluidez e não por acaso é ganhador do Prêmio Pulitzer, com muita propriedade. Quem ler este livro certamente jamais será a mesma pessoa, pois uma lição bem clara é que nem tudo o que parece inofensivo é! Ademais quando algo está errado ou é perigoso, temos sinais bem claros o tempo inteiro, mas por um milhão de motivos não percebemos.

O desenvolvimento e as divisões são muito felizes trazendo todos os detalhes necessários cada um ao seu tempo fazendo com que o leitor entenda bem cada passo da história, em alguns momentos dá até para ter noção de cada passo da equipe para a construção dessa história.
Espero ter deixado vocês pelo menos curiosos com esta resenha. Em breve trarei a resenha do filme (que já está do ladinho da minha TV), mas tenho a impressão que não será muito distante do livro como costumam ser os filmes baseados em livros.

Até a próxima... Espero que possam ler o livro e apresentar seus comentários e considerações!


10 comentários:

  1. Eu ainda não li o livro mas vi o filme e amei, essa história teve muita repercussão, é bem interessante ver a opinião sobre tal, e eu adorei sua resenha, só me deu mais vontade de ler o livro logo.Espero que você goste quando ver.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bem? Não sabia que Spotlight era uma adaptação, perdão, mas o filme parece ser muito bom (não assisti), ganhou o Oscar até, então acho que vou dar uma chance e ler primeiro antes de assistir!

    ResponderExcluir
  3. Eu tenho uma grande curiosidade para ler esse livro, mas sei que preciso de muito discernimento para entender essa obra. Ele traz temas delicados e polêmicos, tudo isso em um livro, com certeza é uma leitura que marca a pessoa. Bjkas

    ResponderExcluir
  4. Olá, tudo bem?
    Nossa, que enredo bacana!!
    Nao conhecia o livro Spotlight, na verdade nem sabia que tinha filme e achei bem tenso tudo.
    Mas adorei conhecer e agora to louca pra ler e assistir a filme!
    Amei.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Não lembro de ter lido nenhum livro do gênero até o momento, mas gostei muito de conhecer um pouco mais sobre a obra e o quote me deixou bastante curiosa.
    Achei a trama bem densa por abordar temas delicados e muitas vezes polêmicos. Desconhecia o fato de haver uma adaptação.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Quero ver o filme, porém, a leitura parece bem interessante. O assunto é polêmico e parece ter sido bem trabalhado né?
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  7. Oiiii
    Quero muito ler esse livro! Deve ser uma leitura bem pesada e forte! Não assisti nem o filme ainda, pois quero ler o livro antes!
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Oláá
    parece ser uma história tensa e interessante, gostei do enredo e achei bem desafiador, quem sabe uma hora eu arrisque a leitura

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Digno de um Osca e ganhou adaptação? Deve ser maravilhoso. Deu vontade de assistir o filme primeiro. Gosto de enredos que exigem da minha leitura.

    ResponderExcluir
  10. Emilia, eu já tinha escutado falar do quanto essa história era intensa e interessante e por tudo que você disse, ela é mesmo isso.
    Não faz meu estilo, por isso não me interessei.

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥