Resenha de Filme: As Sufragistas

12 junho 2016


        Primeiro filme baseado em fatos reais sobre a luta por direitos das e para as mulheres. A luta Feminista historicamente foi (e ainda é) ridicularizada, muitas vezes usada para diminuir as mulheres, numa vã tentativa de desmobilizar a luta pela igualdade de gênero e por isso o filme se torna emocionante.

        O movimento Sufragista foi um dos primeiros movimentos Feministas. Entretanto, a busca não se resumia apenas ao direito de votar, como se refere o significado do nome, buscavam também direitos civis, trabalhistas e a mudança da cultura machista e patriarcal. Um filme tão intenso que um dos seus elementos centrais (e dos mais angustiantes) certamente se dá antes dos créditos, onde é elencado o ano em que diferentes países concederam o direito ao voto à suas cidadãs. Emociona e faz refletir sobre a luta das mulheres, principalmente porque no século XXI ainda existem países que não reconhecem direito elementares – individuais e coletivos – das mulheres.
       Apesar de ter como foco central a inclusão social, por ser vivenciado na Inglaterra, o movimento era exclusivamente branco, há pouco ou nenhum registro de mulheres negras ou mestiças, mas precisamos sempre ter em mente o contexto da época, onde ser de qualquer outra etnia significava ser apagada ou embranquecida.

        O filme apresenta superficialmente a diferença entre as burguesas e as trabalhadoras, e mesmo as burguesas ainda à mercê da cultura machista, também lutavam por seu lugar na sociedade, para serem reconhecidas como pessoas, como inteligentes, capazes de interagir, produzir e assumirem postos não apenas no comércio ou indústria, mas em todos os espaços da sociedade.
        A conotação histórica retrata homens cujo destaque se fazia apenas pelo talento de suas mulheres, sem que pudesse ser reconhecido socialmente tal merecimento. A acepção mais exuberante no Feminismo se apresenta ao externar a necessidade e a importância dar às pessoas a importância e o reconhecimento que lhes cabe. O roteiro entrega tipos diferentes de personagens masculinos, desde aqueles com visão progressista que se engaja e auxilia na luta, passando pela postura de auxilio velado, mas com um toque patriarcal até a humanização daquele que foi criado, orientado e treinado para odiar o movimento, permitindo que ele sinta a mudança e o impacto que a ideologia Feminista apresentava já naquela época.

         Apesar de figuras importantes como Emily aparecer no filme, vemos que a descentralização de nomes importantes do movimento se dá na intensão de fortalecer a ideologia do movimento de empoderamento feminino, que nos últimos anos vem retomando força, pois aquelas que se identificam ideologicamente não têm algemas para se libertar, o machismo socialmente imposto é forte, continua e diariamente reforçado, inclusive e por mulheres, e minha análise se confirma quando o roteiro é baseado na visão e nas dificuldades vividas por Maud, tendo como mentora Violet, mãe de muitos filhos e militante disposta à praticamente tudo. 


“Nós quebramos, nós queimamos coisas porque guerra é a única língua que os homens conseguem entender”.


        Outro ponto que me chama muito atenção é reproduzido no trailer, onde segundos antes ao estouro de uma vidraça, há um olhar entre Violet e Maud, configurando um chamado, MAS há sempre aquela cena que te faz encher os olhos de emoção (que não falta no filme), não me sai da cabeça é a postura de Sororidade que Maud toma ao retirar a filha mais velha de Violet, protegendo-a do abuso condicionado ao trabalho, o qual e ela mesma havia sofrido, levando-a para casa de uma das militantes (membro da burguesia) e praticamente forçá-la a empregar a jovem.


Filmes históricos e biográficos são comumente criticados por adaptarem determinados acontecimentos, talvez se a participação de Emily tivesse um destaque maior pudesse relegar o objetivo central do filme (que é o movimento em si) ao segundo plano, até porque a vida dela merece um filme só seu.

27 comentários:

  1. Olá, eu ainda não tinha ouvido falar nada a respeito desse filme, mas me interessei bastante pelo enredo,ainda mais depois que li sua postagem. Gostei bastante do trailer e vou procurar para assistir.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fer
      Que bom que a resenha chamou sua atenção, de fato não só o filme como também muitas produções acerca do feminismo são relegadas à segundo plano, infelizmente.
      Mas garanto que você não vai se decepcionar.
      Beijos Emilia

      Excluir
  2. Ainda não tinha ouvido falar do filme e já o estou caçando neste exato momento porque achei interessante e amo a Merryl Streep e quero ver todos os filmes dela. Quanto a temática, mega pertinente aos tempos de hoje.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ivi, eu também amo a Merryl Streep S2

      Excluir
  3. Atualmente não estou assistindo muito filme por falta de opções! Sobre esse filme, nunca tinha ouvido falar e confesso que estou um pouco curioso... Vou procurar aqui para poder assistir.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  4. Oi
    Quero muito assistir esse filme. Não tive oportunidade de ver no cinema.
    Acho interessante ver o momento histórico desse movimento.
    Gostei das suas impressões. Quero ler sim <3
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar do grande peso do momento histórico, verás o quanto é atual o movivmento, garanto que não irá se arrepender :*

      Excluir
  5. Oi!
    Esse filme parece ser muito bom, tanto por tratar de um assunto histórico e ao mesmo tempo atual de grande importância quanto pelas atuações que parecem estar excelentes. Já o adicionei à minha lista.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Bom, só pelo fato de ter três atrizes maravilhosas nos papeis principais, podemos criar uma grande expectativa. Além disso, a obra contribui para o nosso desenvolvimento acadêmico, uma vez que aborda temas histórias que, de fato, ocorreram!
    Fotografia incrível, atuação perfeita e enredo sensacional, mesmo sendo altamente criticado pela adaptação, mas é como você mesmo disse: consequência de ser biográfico e histórico!
    Parabéns pela resenha, grande abraço! Filipe Penasso - Pena Pensante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Filipe, a crítica tbm é muito pela falta da Emily!

      Excluir
  7. Oi linda,

    Eu gostei muito desse filme e já assisti muitas vezes.
    O roteiro ficou bem claro e a visibilidade dos problemas sociais, principalmente no que tange o gênero feminino foi bem trabalhado para o público.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Oiee ^^
    MEUDEUSEUPRECISOVERESSEFILME! Estou com ele aqui no computador, mas baixei sem legendas e estou com preguiça de assistir em inglês *-* hehe' parece ser um filme incrível! Eu não sabia sobre as Sufragistas até ver o trailer do filme, que parece ser incrível! Fico feliz em saber que você gostou :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá Emilia,
    Não conhecia esse filme, mas gostei bastante do enredo e o achei de muita importância para a luta feminina.
    Acho que esse filme deve ser um pouco dolorido de ser visto - pelo menos foi o que senti ao ver o trailer - pois tem uma tema bastante complexo e altamente discutido, mas a mulher não é respeitada.
    Enfim, anotei a dica e espero assistir em breve!
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá! Assisti esse filme no dia da mulher desse ano num debate que fizemos na faculdade sobre a diferença de gêneros e os direitos femininos. Gostei muito da abordagem do filme, mostrando tudo de forma crítica, com final plausível (sem aqueles finais felizes falsos que estragam toda a crítica feita durante o filme)... Claro que algumas cenas me deixaram assustada, enojada, mas é algo normal por retratar anos tão diferentes da nossa vivência atual. Beijos.

    thehouseofstorie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Não conhecia o filme, mas depois que li sua resenha, preciso ver! Adoro quando o assunto se trata sobre os direitos das mulheres e hoje em dia muitas pessoas não reconhecem e muitas julgam o movimento feminista, mas por trás disse há sempre uma grande história de luta pelos nossos direitos. Com certeza vou assistir!
    Beijos.
    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem!? Não assisti esse filme ajnds e confesso que nunca ouvi falar sobre ele ou sobre a história envolvida. Mas quando o assunto é feminismo eu me sinto meio perdida até porque não sei nada sobre a verdadeira luta ao feminismo. Vejo muita coisa por si e blá sei em quem acreditar. Esse filme com certeza vai ser interessante para esclarecer algumas dúvidas que tenho é conhecer mais sobre o movimento.
    Bj

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Eu ainda não tinha ouvido falar sobre esse filme, e embora não curta filmes do gênero, o contexto histórico dele é tão bom que com certeza é um filme que preciso conferir.
    Eu não sei muita coisa sobre o movimento sufragista, então essa é a oportunidade perfeita para conhecer mais sobre e sanar um pouco das minhas dúvidas, além de assistir o trabalho incrível dessas três atrizes.
    Espero ter oportunidade de conferir o longa em breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. OI!

    Engraçado não conhecia esse filme, entretanto ele aborda um assunto que me interesso muito que são os movimentos sociais, claro, que o mesmo retrata as ações condizentes com a época que é passado. A luta pelo lugar na sociedade não é algo atual, mas infelizmente as mulheres sofrem na contemporaneidade o machismo que direta ou indiretamente está impregnado na sociedade. Gostei muito da sua resenha, ela é fluída e convence a qualquer um a assistir o filme, Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oie!
    Acredita que ainda não assisti esse filme? COm certeza deve ser um espetáculo, e um filme bem retratado! Eu gosto de filmes assim que me levam a reflexão, e será muito bom conhecer mais um pouco desse período tão dificil para a mulher.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  16. Olá...
    Ainda não assisti esse filme, não por falta de vontade que é muita, porem eu não tenho tido muito tempo, as atrizes parecem ótimas para os papeis, o trailer e de delirar de vontade, ainda mais por falar de um assunto como esse, um momento muito difícil na historia das mulheres... Planejo assistir o filme o quanto antes e matar minha curiosidade....
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Olá Emília!
    Ainda não conhecia o filme, nem tinha ouvido falar nada a respeito dele. Gosto de filmes históricos e biográficos e saber que esse filme é intenso e faz uma reflexão acerca da luta das mulheres por um lugar na sociedade já chamou a minha atenção.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Eu ainda não conhecia o filme, mas fiquei bem curiosa, já que o movimento sufragista foi extremamente importante para o mundo. Espero poder assistir logo e entender melhor toda a situação do movimento.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Oiii!!

    Eu acompanhei o lançamento do filme, mas ainda não tive a oportunidade de assistir. não consegui ir ao cinema na época e tenho certeza de que é um filme tocante e que todos deveriam assistir.
    Acho que é um daqueles que deveriaam passar nas sala de aula.
    Ótima crítica.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  20. Oii Gatona!!
    Mulher, eu não sabia desse filme acredita?
    Acho que fico tão focada nos terror, que não vejo além kkkk
    Eu me emocionei no trailer! Parece ser perfeito! E tudo que tu escreve, está mais que perfeito! Vou procurar para assistir!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bom?

    Adoro filmes históricas e que retratam histórias reais, mas ainda não tive a oportunidade de assistir esse filme. Com um elenco maravilhoso como esse e um tema tão importante como o feminismo, acredito que é um longa metragem indispensável. Do que você falou, o que eu mais gostei é de eles terem colocado os anos em que as mulheres ganharam o direito ao voto, já que percebemos ali a importância do movimento feminista.

    Adorei sua resenha, obrigada pela dica ;)

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥