Resenha: Rick & Cath - Série Recomeçar #1 de Eva Zooks

09 maio 2016



Edição: 1
Editora: Ler Editorial
ISBN: 9788568925225
Ano: 2016
Páginas: 244
Sinopse:
Tudo que eles precisam para recomeçar é confiar na força do amor.
O amor não escolhe hora nem lugar para acontecer. Muito menos as tragédias.
Rick e Cath se veem separados por suas escolhas, mas uma fatalidade volta a uni-los.
Será que o amor que sentem um pelo outro é grande o suficiente para superar esse imenso desafio e fazer com que voltem a caminhar juntos, enfrentando as dificuldades?
Ou a tragédia que os abalou poderá separá-los de vez?



Oi conversadores :P
É com bem muita alegria que hoje eu venho trazer pra vocês mais uma resenha da nossa parceira Eva Zooks, pra os que não sabem a Eva foi uma das nossas primeiras parceiras  e por isso é super gratificante pra mim, poder acompanhar a sua carreira e ver o seu legado crescendo. 
Recomeçar foi para mim uma leitura deliciosa, como já mencionei não é de hoje que eu conheço a escrita da Eva e sei o quanto ela é Fluída e capaz de prender o leitor do início ao fim. Recomeçar tem uma pegada diferente dos livros anteriores, porém é tão encantador quanto os dois anteriores.

Nele conhecemos Rick e Cath, ele perdeu a esposa recentemente no parto do seu primeiro filho Lucas e ela sofreu um grave acidente de carro, onde o seu marido morreu e ela entrou prematuramente em trabalho de parto. Eles já são velhos conhecidos, foram criados juntos e Rick e um dos melhores amigos, quase irmão de Léo, irmão mais velho de Cath. Ah quase esqueci um detalhe, quando eles se encontram o tempo fecha, desde a adolescência.
Mas, quando Cath, vê Lucas tão pequeno e indefeso na maternidade do hospital, sem aceitar a mamadeira, enquanto ela está com os seios cheios de leite que ela não pode dar a Felipe, seu próprio filho, que está na incubadora. Ela resolve amamenta-lo e seus instintos maternos falam mais alto que qualquer razão e ela resolve que irá cuidar de Lucas a qualquer custo, mesmo que pra isso ela tenha que se reaproximar e até mesmo enfrentar o cabeça dura do pai dele.
E isso aí é só o começo da trama, porque eu não vou me aprofundar no resumo e entregar a vocês mais informações que as necessárias.

O Clima campestre da obra e a aposta da Eva num grande núcleo familiar, foi maravilhoso. Ambientar a sua obra no Brasil e ainda mais numa região que ela conhece muito bem, rendeu mais postos ainda. Dessa maneira foi possível permitir que ao leitor se identificar mais com os personagens. A Eva soube dosar muito bem a sua trama, na obra encontramos drama, desventuras, muita amizade, romance e é lógico uma dose de sensualidade pois ninguém é de ferro. Eu gostei do fato de que mesmo sendo algo intensamente presente na leitura, o romance não ter o foco principal da narrativa e esse ser dado ao relacionamento dos personagens num geral, um núcleo bastante intenso pois os nossos cowboys protagonistas da série são cinco rapazes muito interessantes, que valorizam a amizade entre eles. Tenho certeza de que além do Rick, o João, o Fred, o Léo e o Guto, ainda nos trarão fortes emoções e grandes recomeços ao longo dessa série.
A Eva desenvolveu os seus cowboys, ou melhor vaqueiros, afinal estamos no Brasil com primazia, cada um tem sua personalidade muito bem definida, assim como suas características físicas e pessoais. A trama foi conduzida suavemente e de maneira madura, algo que pra mim é gratificante numa leitura, não tenho paciência pra romances que se retém em dramas desnecessários, ou faça muitos floreios para que os personagens cheguem onde querem. Uma das únicas coisas que eu senti falta foi de um pouco de profundidade na descrição da passagem de tempo, pois eu acabei ficando com a impressão de que as coisas se desenrolaram com uma rapidez extrema, em relação aos acontecimentos prévios. Por isso acredito que faltou um pouco de clareza em relação ao tempo.

Eu amei o trabalho gráfico da obra, a capa esta encantadora, sóbria e cativante, têm tudo a ver com o enredo. Agora falando como designer, tenho que dizer a escolha da fonte pra o título  foi perfeita e casou maravilhosamente com as imagens e com a proposta da obra. A diagramação também está linda. A única ressalva em relação a revisão, que deixou um pouco a desejar.
Eu recomendo a leitura Principalmente aos que gostam de histórias de amor com uma pegada dramática, tenho certeza de que você vai amar a leitura e se apaixonar por esse casal. 

Espero que tenham curtido a resenha, deixem suas opiniões nos comentários.
Beijos

31 comentários:

  1. Oi Kris!!

    Esse livro parece ter uma leitura leve e rápida, talvez esteja falando besteira e me corrija caso seja o contrário, mas a capa e a estória em si me lembram os romances da editora harlequin. Algo previsível, entretanto agradável. Me vejo lendo esse romance, uma dica que me atraí, mesmo não conhecendo os dois trabalhos anteriores da autora.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha faz bastante tempo que não leio livros da Arlequin, mas acho que fora a previsibilidade tem alguma semelhança, sim.
      Bijos

      Excluir
  2. Ai que capa mais fofa. Eu já me apaixonei somente por esse detalhe lindo. Não conhecia o livro, mas fiquei super curiosa para conferir o enredo. Deve ser muito emocionante e quero conhecer mais a respeito do trabalho dessa autora. Amo histórias contadas nessa ambientação.
    beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Oie, que bacana saber que o livro é bom, já gostei e saber que envolve bebês, amei. Achei uma pena a revisão não estar boa em uma história que parece tão promissora, mas mesmo assim acho que eu daria uma chance para a obra.

    ResponderExcluir
  4. Ahh, que livro fofo!! Nunca li nada da autora, mas não é de hoje que leio comentários positivos sobre seus livros.... Esse eu ainda não conhecia, mas já fiquei interessada por apresentar um drama familiar sobre recomeços, e com personagens que me parecem bem cativantes... Acho que irei gostar!
    Diferente de você eu não gostei muito da capa não :/ Apesar de ter achado o bebê uma fofura sem tamanho!!! *-*

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. OIii!!

    Eu não conhecia esse livro acredita? Achei uma graça essa capa e esse enredo tem varios elementos que são ótimos para ser uma leitura fluida e nos tirar de uma ressaca literaria. Acredito sim, que a parte grafica nos motiva para concluir a leitura com mais vontade e saber que essa é caprichada é ótimo!

    A resenha está muito bem escrita! Parabéns!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Kris, sua linda.
    Muito obrigada pelo carinho de sempre e que bom saber que meus meninos conquistaram seu coração.

    ResponderExcluir
  7. Adoro um romance com drama haha acredito que esse livro foi escrito pra mim! E é uma série! Sou apaixonada por séries, onde conhecemos toda uma família, e ao longo das leituras somos visitados pelos personagens de outros livros... Não conhecia a autora mas me interessei bastante!
    Parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chega aqui me abraça.
      Sou dessas também, minhas amigas me julgam, adoro séries familiares cheia de boys babados e que a gente pode matar a saudade de um no livro do outro. hauhauah
      Obrigada pela visita, beijos

      Excluir
  8. Oi, tudo bem?
    Não conhecia esse livro ainda!
    Que bom que ele foi uma boa leitura pra você, bem legal a autora ter ambientado a história no Brasil e que isso tenha funcionado tão bem.
    A premissa da história eu confesso que não me chamou atenção, então eu sinceramente não seu se leria esse livro.

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  9. Apesar de estar fugindo de histórias de amor, a premissa desse livro é ótima!
    Gostei do que você disse, principalmente que a trama é conduzida suavemente e não ficam naquele drama chatinho e desnecessário, só isso já me fez ficar com vontade de ler! Em relação a capa, eu confesso que não gostei muito, mas pelo que você disse, combina com a trama, então só lendo pra entender mesmo!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  10. bem, apesar de perceber que a capa tem relação com a trama, ela não me agradou. não curto capas nesse estilo... sobre a história, tbm não me deixou com vontade de ler... até gosto de dramas, mas ando saturada de romances e não consigo gostar da escrita de Eva... enfim...
    mas que bom que tu curtiu bastante o livro, apesar do lance da passagem de tempo não ter sido melhor desenvolvido, e a revisão não ter ficado 100% ok...
    bj, Kris...

    ResponderExcluir
  11. Eu não sou muito de romance (e meu deus, como eu to cansada de comentar frases variadas com o mesmo sentido), mas até que esse enredo me conquistou um pouco. Parece um romance mais pé no chão e maturo, um que realmente poderia acontecer com alguém que conhecemos. E concordo com você, a capa tá uma graça! Esse bebê aí dá vontade de morder :B

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina achei esse bebê uma coisa fofa também.
      Olha o livro é sim bem maduro, né aqueles romance embromação, não.
      Beijos

      Excluir
  12. Até gosto de histórias de amor com uma pegada dramática, mas essa dose de sensualidade é que me mata. Acho desnecessário e não curto, então evito livros que tenham essa característica. E, para falar a verdade, não costumo me envolver muito com histórias com bebês, quando são crianças mais velhas que até interferem no enredo com as coisas que dizem e fazem eu gosto, mas bebês costumam me fazer perder o foco... hehe... é uma pena que a revisão não tenha ficado legal, mas que bom que gostou da leitura!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi eu acho sensualidade uma coisa normal, existe na vida de todos, então nada mais comum do que existir na vida dos personagens literários. Graças a deusa consegui desconstruir esse padrão de reprimir a minha sexualidade, que a sociedade acaba nos impondo. Sexo é algo natural, acontece em todas as casas, então não acho nada demais, ler sobre ele.
      Obrigada pela visita e até mais

      Excluir
  13. Isso não se faz Kris, e agora como vou conseguir ler outros livros pensando nesse? Sabia que não conhecia a autora? mas já considero pakas, parece ser incrivel a forma de escrita dela e garanto que vou gostar do livro, principalmente nessa pegada de drama que to necessitada ultimamente, chega de ação e aventura.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  14. Oiee ^^
    Ainda não conhecia esse livro, mas fiquei bastante curiosa para lê-lo, pois nunca tinha visto premissa igual, e eu sou doida por dramas ♥ hehe'
    Só não gostei muito da capa, de início eu achei que era até um livro de auto-ajuda para mães ou algo do tipo o.O É uma pena que a revisão tenha deixado a desejar, odeio encontrar erros em livros *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Já havia ouvido falar da obra, mas não sabia exatamente do que se tratava, apenas que tinha cowboys haha. Achei bem legal a coisa Cat se prontificaram a amamentar um filho que não é seu e deixar as brigas que tinha com Rick de lado por causa do baby. O que mais gostei é pela estória ser ambientada no Brasil e pela autora não ter tentado forçar nada colocando a estória nos EUA como muito preferem fazer. Fiquei bastante curiosa para conferir a obra!

    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  16. Olá Kris,

    O tema do livro parece bem interessante, é uma situação bem delicada o que os dois personagens parecem estar vivendo. Eu sou apaixonada pelos livros nacionais e embora eu esteja mudando totalmente meu estilo literário, esses seria um livro que eu leria com toda certeza.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Eu achei a capa muito fofa, haha, não tem como não achar né?
    Eu adoro autores que sabem do que tão falando, to que tão fazendo e essa autora me passou essse sentimento. Eu não a conhecia, mas achei bem bacana essa obra e vou procurar para comprar, pois fiquei bem feliz. Ainda mais com o clima campestre e a história ambientada no Brasil. <3

    beijo!

    ResponderExcluir
  18. Olá! Acompanhei as divulgações do lançamento dessa obra e cheguei a iniciar leitura das primeiras páginas online, mas acabei desistindo, pois o enredo não me atraiu e a forma como o livro foi escrito, diferente do que você falou, infelizmente não me prendeu. Mas achei legal a proposta da autora de não focar apenas no romance e sim nos relacionamentos em geral. Interessante saber mais acerca do núcleo familiar que será construído conforme a trama vai se desenvolvendo. Que bom que a leitura foi positiva para você e tomara que os próximos livros também sejam ótimas experiências. ^^

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  19. Já tinha ouvido falar da autora, mas ainda não li nada dela. Achei a capa a coisa mais fofa, e a história me pareceu bem interessante.
    Não sou a maior fã de histórias com bebes, mas fiquei curiosa com esse, então, o livro entrou para a lista.
    Sucesso para a autora!!! Que venham muito mais de suas obras!!!!
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  20. Olá Kris,
    Gostei muito da premissa do livro e é uma pena que você tenha sentido essa dificuldade na passagem de tempo.
    Achei a ideia bastante interessante. Os dois protagonistas parecem ter sofrido demais, mas acho que estão em busca de melhorar e crescer. Além disso, tem a chance de arrumar o que quer que cause essa faísca entre eles rs.
    Adorei a resenha e já anotei a dica.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  21. Olá, eu não conhecia essa obra ainda mas já ouvi falarem bem da autora, gostei muito da sua resenha e eu daria sim uma chance para o livro. Parece ser uma história cativante e com um bom enredo. Já me interessei nele!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  22. A premissa do livro é muito boa. Creio que o instinto materno é mesmo algo muito forte, capaz de modificar toda a vida de uma pessoa. Ainda que a criança envolvida não seja um filho de sangue, como o caso do pequeno Lucas. O projeto gráfico do livro parece estar mesmo excepcional. Adorei a dica!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?
    Eu nunca tinha lido nada sobre esse livro e fiquei animada só de ver a capa, porque achei muito fofa e me passou a ideia de uma história emocionante e realmente parece ser, nunca li nada parecido e fiquei curiosa para saber como Cath vai cuidar da criança e se relacionar com Rick. Além disso gostei de saber que é ambientado no Brasil, dificilmente leio livros que são ambientados aqui e também fiquei curiosa para conhecer os cowboys.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  24. Eu amo a escrita da Eva, li apenas um livro mas foi o suficiente para me apaixonar totalmente pela autora. Não conhecia muito sobre o novo livro, mas já estou colocando ele na lista para leitura. Espero poder ler o mais breve possivel.

    Beijos,

    ResponderExcluir
  25. Oi!
    Eu ainda não conhecia o livro ou a autora, mas a história parece ser uma daqueles romances bem fofos mesmo, sem contar que essa capa é lindinha! É uma pena que o romance tenha sido um pouco corrido, mas mesmo assim estou curiosa sobre o livro.Beijos!

    ResponderExcluir
  26. Oi Kris,
    Tive uma péssima experiência com um livro que li da Eva Zooks e não me sinto animada a ler outra coisa dela, embora tenha achado este enredo interessante. Gosto desta mistura de romance com drama.
    Quem sabe mais pra frente não encare a leitura.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥