Resenha: Por aí - Renan Alvarenga

27 março 2016




Ficha Técnica
Edição: 1
Editora: Chiado Editora
ISBN: 9789895158058
Ano: 2015
Páginas: 74
Sinopse:
"Cada passo custa uma lágrima
A alegria é lenço precioso
As renúncias são pegadas da nobreza de quem se desafiou a seguir em frente
Quero seguir,
Já que não há opção,
Já que estagnação é prisão"





Resenha

Olá pessoxs,

Há um tempo atrás eu gentilmente recebi um exemplar do primeiro livro do autor Renan Alvarenga, intitulado Por Aí. A Obra é composta por pouco mais de 70 poemas, que discorrem sobre as mais diversas temáticas cotidianas. Normalmente é comum que os autores reflitam em suas obras um pouco daquilo que eles presenciam no seu cotidiano e essa é uma das características mais notáveis na obra do Renan e bastante perceptível na aposta do autor em algumas poesias sacras.

Reencontro

Ó, útero nostálgico!
Ventre aconchegante,
Dispensador de cuidados,
Perfeito em si.

Porventura existirá
Um abrigo similar
Para se hospedar a alma?

Quem dera!
Já que a alma é imortal,
Permanece sendo feto
Desalojado de sua casa.

Recorra-se à fé,
Indício da sublime dádiva
Do natural reencontro
Da primeira morada.

A Escrita é simples, e muitas vezes imediatista. O Renan não utiliza meias palavras, ou muitos floreios na sua escrita, na maioria das vezes escreve o que sente, como pensa e como é. O que acaba por facilitar o entendimento dos leitores que não estão habituados a fazer a leitura do gênero e pode até mesmo ser apreciada por alguns que evitam mergulhar nesse universo poético, por temer não entender a sua complexidade. 
Então se você faz parte dessa gama de leitores, não se acanhe e mergulhe na leitura dessa obra, pois você pode gostar muito.



Saudade 



Atravesso os domínios do hoje para visitar-te,
Saudoso que estou da cálida rabugice dos teus resmungos. 

Não há lugar inalcançável para um espírito disposto. 

Contorço-me olimpicamente,
Pois não desejo perder-te de vista
Detrás da trama de mil fios,
Entre este e aquele buraquinho,
No tecido do tempo. 

O Livro é pequeno e simples, mas como sempre o trabalho da Chiado com as suas publicações é notável, a capa é muito bonita e tem um acabamento fotográfico impressionante e as páginas são amareladas e com uma textura que facilita muito o manuseio e a leitura. Que pode ser bem rápida, em uma única sentada, ou espaçada ao gosto do freguês.
Espero que vocês tenham curtido a resenha, vocês curtem poesia?
Não deixem de me contar nos comentários. 
Beijos ♥

10 comentários:

  1. Oi Kris!
    Ótima resenha.
    Infelizmente não sou de ler muito poemas, mas a escrita do autor me parece ser muito boa.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oiii Kris, tudo bem?
    Que livro mais lindo!
    Fiquei completamente encantada ainda mais por conter poemas assim <3 já me conquistou. Ótima resenha!
    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Olá :)
    Acho que esse livro chegou no meu endereço lá no Ceará para resenhar também. Quando eu for de férias vou confirmar :D
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie!
    Olha só, eu não sou grande fã de poesia, então não acho que leria esse livro. De qualquer modo, as que você colocou na resenha são bonitas, fico feliz que tenha gostado :)
    Beijos,
    Déia
    Own Mine

    ResponderExcluir
  5. gosto muito de poemas, mas já tem um tempão que não leio nada do gênero, nem tenho dicas sobre isso. Por isso esta sua resenha foi muito bem vinda e será anotada com carinho para que eu possa dar uma procurada. Gostei dos poemas que você gentilmente dividiu conosco, obrigada.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Oi Kris, nem todo mundo curte poemas, mas eu estou sempre nadando contra a corrente e adoro ficar sentimental conferindo algumas obras do gênero. Não conhecia esse livro, obrigada pela dica, vou solicitar para a editora em um futuro próximo.

    Abraços
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  7. Oie! Eu comecei a ler obras do gênero há pouco tempo, mas me apaixonei pela escrita dos autores que já conheci. Adorei os poemas do autor disponibilizados por você aqui na resenha e seus comentários me deixaram bem empolgada para ler. O primeiro poema se destacou mais para mim. O livro parece fantástico. ♥

    Beijos,
    Fernanda F. Goulart,
    Império Imaginário.

    ResponderExcluir
  8. Que coisa mais linda! Que poemas maravilhosos! Não conhecia o autor, mas só de ler esse dois, fiquei morrendo de vontade de ler os outros. Adorei a sua dica!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  9. Oi, Kris.
    Não sou muito fã de poesia.
    Embora tenha gostado muito das duas que você colocou aqui.
    Amo o cuidado que a Chiado tem com suas publicações.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Não sou de ler livros de poemas,mas queria muito mudar isso..
    Não conhecia o autor e nem a obra, espero poder conferir!

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥