Resenha: Os Goonies, Escrito Por James Kahn - Inspirado Na Obra de Steven Spielberg

13 março 2016




Edição: 1
Editora: DarkSide® Books
ISBN: 9788566636093
Ano: 2012
Páginas: 240
Tradutor: Cecilia Giannetti
Sinopse: O clássico filme infantojuvenil, "Os Goonies", volta direto dos anos 1980, adaptado para livro. Às vésperas de serem despejados de seus lares, um grupo de crianças - os Goonies - segue em busca de um tesouro escondido, em uma história fantástica de amizade. 




Never Say Die

"Os Goonies, na verdade, é um filme sobre a amizade, sobre manter-se unido. O Sonho de toda criança é poder estar no controle do seu próprio destino, ainda que apenas por um sábado a tarde. Não seria incrível nunca perdermos esse sonho? A verdadeira magia dessa história está sobretudo naquilo que eles se tornam uns para os outros, de uma maneira muito especial."
- Steven Spielberg


Resenha

Resenhar os Goonies é uma tarefa fácil e ao mesmo tempo complicada. Fácil porque é tão fácil de falar dessa obra que não faltam palavras para adjetiva-la, complicada porque em meio a tanta informação possível de trazer sobre ela, é necessário ter o trabalho de filtra-la para que a resenha seja simples e objetiva.

Havendo eu nascido no finalzinho dos anos 80, cresci sendo uma criança dos anos 90 e perdi as contas de quantas e quantas vezes me aventurei junto aos Goonies, em busca do tesouro de Willy Caolho e para salvar o que eles chamavam de lar, na Sessão da Tarde. O filme era uma figurinha carimbada das tardes da Globo na época, revezando com outros como A Lagoa Azul, De Volta Para o Futuro, Ghost, Dirty Dance e Curtindo a Vida Adoidado, entre outros. Todos clássicos dos anos 80 que marcaram a infância e adolescência dos anos 90, pois como tínhamos computadores a TV era a nossa melhor amiga, foi assim que surgiram muitos cinéfilos atuais.
aahhh tempo bom.
Nostalgias à parte, o que é importante "desse de volta para o passado" é ressaltar que esses filmes, traziam histórias tão fantásticas e que conquistavam o público que fazia a audiência ser garantida, mesmo que eles fossem exibidos uma vez por mês, não nos cansávamos de assistir, e revivíamos a aventura e a adrenalina cada vez que assistíamos.
Desde que eu soube do lançamento da obra pela DarkSide Books que eu estive ansiosa por alcançar meu exemplar, porém vocês podem como é vida de uma mãe solteira & universitária, né? Só recentemente é que eu consegui adquirir a obra, mas o importante é que eu consegui ♥
E a leitura foi maravilhosa, exatamente como eu me recordava do filme, porém com mais profundidade, como eu acredito que só os livros são capazes de ser, pois ao ler o ponto de vista de um personagem temos a oportunidade de captar sentimentos e expectativas que a película não nos permite.

A Narrativa foi escrita em primeira pessoa pelo ponto de vista de Mickey Walsh, Um dos protagonistas da história, e conta a história de um grupo de crianças que mora num bairro chamado de Docas Goon, um bairro operário na periferia de Astória, às vésperas de serem despejadas de suas casas pelos donos do Country Clube da cidade que visa a área para a construção de um campo de golfe, acabam encontrando um antigo mapa do tesouro, que pertenceu ao famigerado pirata Willy Caolho e partem numa expedição. No caminho além de ter de enfrentar as várias armadilhas deixadas por Willy para proteger o seu tesouro, eles ainda cruzam com a perigosa Gangue Fratelli, que é chefiada pela assustadora velhinha chamada Mama Fratelli e também conhecem Sloth.

O Livro é completamente fiel ao filme, ou seja é aventura do inicio ao fim, a história é contada de uma maneira inteiramente dinâmica, como só o ponto de vista de uma criança seria capaz. Os Goonies é uma trama exageradamente atemporal, então mesmo sendo uma história sobre crianças dos anos 80, não se iludam pensando que encontraram algo "do arco da velha", pois acredito que a única diferença para as crianças atuais é a completa ausência de um universo digital. Se você é um adolescente que já nasceu nessa era digital e tá ai se perguntando: "Como é que eles se divertiam?" Vai por mim, computadores não faziam a menor falta.
Outro ponto que eu acho que pode ser notado na leitura dos Goonies é que ele marca o inicio da ascensão do Império Nerd, e também o início da queda dos padrões. O livro é permeado de referências a outros filmes e obras literárias da época e utiliza personagens diferentes do padrão de perfeição que até então era utilizado e até mesmo imposto.

Mickey é um menino franzino, que sofre de asma e sofre bullying entre outros do irmão mais velho. Por vários momentos é possível também identificar nele uma falha cognitiva que me leva a crer que ele também seja disléxico.
Brandy é o irmão mais velho de Mikey, e é o perfeito estereótipo do macho alfa adolescente, bonito, excelente esportista, forte intimidados, porém nem tudo é perfeito e sendo assim ele não é nenhum poço de inteligência e é claustrofóbico.
Lawrence ou Gordo, como o apelido diz é gordo, super imaginativo (mentiroso) e Judeu.
Dado é o jovem nerd, inventor (mesmo que suas invenções não deem muito certo)
Andy é a figura feminina no grupo que equivale a Brandy quando se fala em padrões, é o estériotípo clássico da Abelha Rainha, par natural do macho alfa, linda, doce e delicada.
Stef é o completo oposto, tão linda quanto, porém completamente empoderada, forte e corajosa, talvez até mais que todos os meninos juntos.
Clarke ou Bocão, é o típico estereótipo do amigo sem noção que vive fazendo uma piada sem noção ou pregando uma peça em alguém.
Sloth também é um garoto, diferente pois provavelmente nasceu com uma má formação genética e foi negligenciado e tratado como uma aberração pela família. 


Acredito que os Goonies foi uma das primeiras obras desenvolvidas para contar a história de vida de crianças pobres e pelo que vocês puderam ver, os personagens abrangeram as mais diversas personalidades possíveis, talvez esse tenha sido o maior sucesso dessa história, pois ela tonou maior a possibilidade de identificação dos espectadores com um dos personagens. Ela deu vez a crianças que não conseguiam se imaginar numa aventura, por serem doentes, introspectivas, ou por algum outro motivo se reconhecerem nos personagens dos Goonies.




A Edição da Darkside Books está incrível, pra variar. A minha edição é a brochura e eu posso dizer que de simples ela não tem muita coisa. A Revisão é impecável, o material e a impressão é de primeira, e como sempre eu só tenho elogios a fazer ao trabalho gráfico da editora. Isso demonstra o respeito dela por nós cliente e fãs.
Então, não é necessário que eu diga, mas mesmo assim vou dizer, eu sem dúvidas recomendo a leitura do livro. Se você, assim como eu foi uma criança, ou até mesmo um adolescente nos anos 90 tenho certeza que se lembrará com nostalgia desse filme. Se você foi dos anos 2000, acredito que também teve oportunidade de conhece-lo também. Se você nunca assistiu, te convido a conhecer essa aventura, mostre pro seu pai, ou pra sua mãe, acredito que eles iram adorar a lembrança.

No mais, obrigada pela visita, espero que tenham curtido a resenha, voltem sempre e não vão embora antes de deixar suas opiniões nos comentários. Você já conhecia os Goonies? Já leu o livro ou assistiu ao filme?
Beijos ♥

19 comentários:

  1. Cereja, sua linda!!! Eu ja disse um monte de vezes ( acho que não diretamente aqui, mas ok, prometo mudar isso uma hora ou outra)o quanto eu acho que voces passam emoções nas suas resenhas aqui no Conversas. Então, eu nunca assisti o filme, nessa época toda eu estava em outra vibe na vida, e tv não fazia parte..hehe. Mas uma coisa que sempre fez parte foi essa luta para a inclusão dos estereotipos ' diferentes' nos meios sociais. E eu nunca tinha sequer parado pra ver que essa historia poderia render algo para usar nisso, sabia? Bom ler resenhas de livros que normalmente nao entrariam no meu universo, e de repente ter vontade de le-los!! Isso é magico! Prometo dar uma olhada a fundo na historia pra voltar aqui e comentar com mais conteudo. Me aguarde!

    ResponderExcluir
  2. Olha me lembro de ter assistido em minha pré adolescência e achado incrível. A resenha trouxe a expectativa de uma leitura mágica que resgata os bons tempos do mundo sem a internet. Claro que lerei o livro!

    ResponderExcluir
  3. Kris, fiquei morrendo de inveja de vc com esse livro. Realmente, de simples essa edição não tem nada. Belíssima, como tudo o q a Darkside faz. Adorei a resenha, e vou querer o meu exemplar.

    ResponderExcluir
  4. Esse livro está na minha lista de desejados há um bom tempo e cada vez que leio uma resenha me dá mais vontade ainda. Eu nunca assisti o filme, mas vou procurar para assistir sim. A Edição da Darkside Books está incrível mesmo, mas é claro que isso já não é mais nenhuma novidade. Curti muito a sua resenha, e foi bem objetiva mesmo, parabéns. Beijos, Fê

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    Cara... Estou me sentindo completamente excluída da sessão da tarde neste momento. Nasci fora da era digitalno início dos anos 90, sempre via sessão da tarde, fui ter TV a cabo em casa aos 19 anos e eu nunca vi esse filme :O Ou pelo menos não me lembro, conheço todos estes que você citou, de menos os Goonies...
    A estoria me parece bem interessante, aquela tipica estoria de sessão da tarde em que "crianças" saem em uma aventura, descobrem coisas sobre amizade e derrotam algo de mau. E é simplesmente algo que eu adoro. Os livros da Darkside realmente são de alta qualidade! Nunca decepcionam!


    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  6. Eu simplesmente não sei lidar com os livros (e com a qualidade) da DarkSide. A finalização é sempre perfeita, a arte é de tirar o fôlego e eles têm um cuidado tão grande com os autores e as histórias que eu fico sempre admirada.
    Muito me deixa feliz saber que com Os Goonies, um perfeito clássico, não foi diferente. Essa história, que marcou época (e a infância de muitos de nós) merecia todo esse carinho. <3 tô de olho, e louca pra ler!

    ResponderExcluir
  7. Olá linda,

    Eu até troquei um livro meu por esse livro e nem sabia que era filme haha. Isso mesmo, sou desinformada rsrs, mas vou procurar assistir ele logo nessa semana e tenho certeza que a Sessão da Tarde continua do mesmo jeito haha.

    A Darkside é um amo com essas públicações sensacionais.

    Beijos,
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oii amore, tudo bom ?
    Bem, eu ainda não li e nem cheguei a ver o filme até o seu fim, acho que não foi nem 20 minutos dele kkk. Acho a história bem cativante e essa edição da Darck é tão linda quando a versão de luxo. Espero um dia ter a oportunidade de ler a obra e fazer minhas considerações. Adorie a sua resenha
    Bjsk

    ResponderExcluir
  9. Oiee ^^
    Já tinha visto a capa desse livro antes, mas não sabia do que se tratava, e também não sabia que existia um filme dele *-* Bom, não fiquei muito curiosa para conhecer, pois eu não sou bem uma fã de aventuras, sabe? O meu negócio mesmo é romance e drama...hehe' Mas fico feliz que você goste tanto do filme e do livro, parece ser uma ótima história para quem gosta do gênero.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá Kris,
    Ler sua resenha foi uma viagem ao passado mesmo. Me fez lembrar de todas aquelas tardes assistindo repetidamente os filmes e nunca cansando.
    Os Goonies é um filme que assisti inúmeras vezes, mas, se eu te falar que lembrava da história assim que comecei a ler o post, estarei mentindo. A história ficou meio em um buraco negro da mente e sua resenha trouxe muita coisa de volta.
    Apesar de gostar muito, acho que não leria o livro, sei lá, sinto que existem outras coisas para ler :/
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Kris,

    Não faço ideia se já assisti esse filme. Só assistindo para lembrar. Gosto das capas e edições que a Dark Side faz, mas não sei se filmes transformados em livro são para mim, a pesar de nesta caso ter gostado da premissa. Que bom que você gostou da leitura.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  12. Oi Kris, eu nunca tinha ouvido falar do filme e nem do livro, mas com suas palavras eu não poderia deixar de ficar curiosa. Gostei muito do enredo, a história parece te levar na leitura até o final e quando termina, só dá vontade de continuar lendo. Pela capa eu te confesso que não leria mas a tua resenha me fez mudar de ideia.

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Eu nunca li o livro e nem vi o filme, mas gostei bastante saber que o filme foi fel ao livro. Eu sou dos anos 80 e não lembro de nada afff minha memória está terrível rsrs Queria tanto lembrar e contar com esse momento nostálgico rsrs
    Os livros dessa editora são perfeitos e sempre arrasam na edição.
    Adorei a resenha, como sempre amo.
    beijos
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No caso, como tá bem especifícado no título, é o contrário. O Livro foi fiel ai filme, mesmo. Porque o Livro veio depois. beijos

      Excluir
  14. Comprei esse livro há um tempo e estou enrolando pra caramba pra ler, mas ainda continuo super curiosa pela estória! Tudo fica melhor pois - acredite se quiser - eu nunca assisti o filme hahaha
    Achei bem diferente a proposta de transformarem um filme já produzido em livro (e não o contrário), sendo que geralmente só vemos isso acontecer com jogos.
    A sua resenha ficou muito boa e completa, até mesmo informativa, curti bastante! :)

    Abraço,
    Mago e Vidro
    | Sorteio DamnedGirls | NOVE livros pra você!

    ResponderExcluir
  15. Oi Kris! Tudo bom?
    A DarkSide arrasa! Pena que os livros são tão caros :( tbm sou universitária e sofro sem poder adquirir esses lançamentos maravilhosos!! Kkk Eu não lembro de ter assistido o filme, porém tenho grande curiosidade para conferir o livro, mesmo sabendo que foi inspirado no roteiro do filme... Enfim. Sua resenha me deixou ainda mais curiosa para ler!! Tenho certeza que irei gostar. Amei saber um pouco sobre cada personagem!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá... nossaaaa a sua resenha foi completamente nostálgica, porque eu fui uma dessas crianças que cresceram nos anos 90 e perdi de vista quantas vezes assisti todos os filmes que você citou e ainda hoje assisto alguns... esse filme ficou marcado e olha que essa época foi maravilhosa... acredito que o livro trouxe as aventuras do filme porque a sua empolgação na resenha demonstrou isso... não pretendo ler o livro, mas vale ter essa capa linda brilhando na estante... Xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Esse foi o 1º livro da Darkside que comprei. Quando vi, enlouqueci e comprei a primeira edição numerada. Li de uma tacada e amei. O filme marcou minha infância, assisti muitas vezes na Sessão da Tarde e como eu queria fazer parte daquele grupo de crianças.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  18. Olá

    Eu assistir muito filme na sessão da tarde, mas não lembro de ter visto esse filme, vou procurar pra ver depois, a capa do livro está linda, gostei da premissa é bem diferente dos livros de adolescentes que a gente está acostumado a ver e o fato deles não seguirem a maioria um padrão torna a história ainda mais interessante, vou anotar a dica com certeza.

    bjss

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥