Resenha: A Morte de Sarai (Na Companhia de Assassinos #1) - J. A. Redmerski

28 março 2016


Ficha Técnica
Edição: 1
Editora: Suma de Letras
ISBN: 9788581052571
Ano: 2015
Páginas: 255

Sinopse:
A autora do best-seller de "Entre o Agora e o Nunca" e "Entre o Agora e o Sempre" traz uma história de paixão e sobrevivência.
Sarai era uma típica adolescente americana: tinha o sonho de terminar o ensino médio e conseguir uma bolsa em alguma universidade. Mas com apenas 14 anos foi levada pela mãe para viver no México, ao lado de Javier, um poderoso traficante de drogas e mulheres. Ele se apaixonou pela garota e, desde a morte da mãe dela, a mantém em cativeiro. Apesar de não sofrer maus-tratos, Sarai convive com meninas que não têm a mesma sorte.
Depois de nove anos trancada ali, no meio do deserto, ela praticamente esqueceu como é ter uma vida normal, mas nunca desistiu da ideia de escapar. Victor é um assassino de aluguel que, como Sarai, conviveu com morte e violência desde novo: foi treinado para matar a sangue frio. Quando ele chega à fortaleza para negociar um serviço, a jovem o vê como sua única oportunidade de fugir. Mas Victor é diferente dos outros homens que Sarai conheceu; parece inútil tentar ameaçá-lo ou seduzi-lo.
Em “A Morte de Sarai”, primeiro volume da série Na Companhia de Assassinos, quando as circunstâncias tomam um rumo inesperado, os dois são obrigados a questionar tudo em que pensavam acreditar. Dedicado a ajudar a garota a recuperar sua liberdade, Victor se descobre disposto a arriscar tudo para salvá-la. E Sarai não entende por que sua vontade de ser livre de repente dá lugar ao desejo de se prender àquele homem misterioso para sempre.





Resenha


Olá Amigxs Leitorxs!
Hoje eu trago para vocês a resenha de A Morte de Sarai da autora J.A Redmerski, o primeiro volume da série Na Companhia de Assassinos, um livro que como eu citei no Li até a Página 100, eu gostei muito.
Ao contrário de muitas pessoas eu nunca li a primeira duologia da autora que fez bastante sucesso no Brasil, Entre o Agora e o Nunca também publicada pela Suma de Letras, e pra falar a verdade eu até já tive vontade de ler, mas não igual a vontade que eu tive logo de cara pela Morte de Sarai e que se intensificou muito após eu ler uma resenha. (Pois é, uma resenha bem escrita exerce esse poder sobre mim.)
Enfim, quando comecei a fazer a leitura me surpreendi com a dinâmica totalmente inesperada na escrita. Eu acreditava que a autora conduziria a história de Sarai de uma maneira mais dramática e/ou romantizada e para meu deleite ela a conduziu de uma maneira completamente diferente.

Sarai é uma jovem que foi levada ainda adolescente para o México, pela própria mãe quando essa (uma viciada) se envolveu com Javier Hernandes, um traficante de drogas, armas e mulheres. Porém o interesse de Javier não era na mãe e sim na filha, pouco tempo depois a mãe de Sarai morre e a deixa à mercê do traficante que a toma como amante (logicamente contra a sua vontade) e a mantém em cativeiro.
Com o passar do tempo Sarai vai desenvolvendo um senso de auto-preservação que a conformar-se e aparentemente aceitar a situação, pois ela percebe que ser a "preferida" de Javier a proporciona regalias que as outras garotas não possuem e ainda a torna proibida aos outros homens, o que a poupa de ser estuprada e agredida como acontece com as outras. Mas isso acaba despertando o ódio de Izel, irmã de Javier e a agride sempre que tem oportunidade. Porém toda essa submissão de Sarai é apenas faixada ela nunca perdeu a esperança de sair dali e vê essa oportunidade surgir na forma de um mercenário americano que chega ao covil. 
Assim ela decide que essa é a sua melhor oportunidade e parte na sua fuga mirabolante, deixando a sua amiga Lídia com a promessa de que voltará para busca-la. No caminho ela rouba a arma de um dos guardas de Javier e invade o carro de Victor Faust, o assassino que estava negociando com Javier e é ai que a história começa a se desenvolver.

A Narrativa da J.A. é frenética, cheia de ação e aventura, se revezando em ambientações entre o México e os EUA é uma leitura fluida e instigante. Um dos pontos fortes da narrativa é a maneira que a autora foi capaz de dosar todos os elementos da trama de uma forma que a história ficasse o mais atrativa possível e regada a adrenalina. A Trama tem um plano de fundo romântico e sensual, mas desenvolvido sem dramas desnecessários e nem muitos floreios, de modo que não comprometa a dinâmica original da narrativa. Inicialmente o envolvimento dos personagens da-se mais de modo psicológico e físico que sentimental, o que agrega a história uma dose de erotismo, mas sem exageros.
Os personagens desenvolvidos pela autora são bastante densos e tem suas personalidades bem desenvolvidas, cada um traz perceptivelmente as marcas do seu passado e características bem delimitadas pelas suas histórias de vida e o envolvimento entre eles é fogo puro. Apesar de nenhum dos dois possuírem os traços heroicos aos quais o leitor está acostumado e terem perceptíveis falhas no caráter é impossível não se envolver com eles. 
Além de tudo a trama desenvolvida pela autora traz como plano de fundo um tema muito interessante e que merece ser debatido, O tráfico de mulheres, ainda que esse seja abordado apenas como plano de fundo já é um passo enorme para a sociedade que ele seja abordado numa obra literária.

Eu recomendo a leitura pra quem gosta de intensidade e dinamismo, pra quem gosta de filmes e quer se aventurar no universo da leitura. Agora se você for se propor a ler o livro pensando que vai encontrar mais um romancinho ardido clichê, vai dar com os burros n'água, pois a proposta da autora foi totalmente outra!

20 comentários:

  1. Oi Kris, tudo bem?
    Eu amo essa série, principalmente pelo fato de ser um romance diferente do esperado. E ambos os personagens conseguem surpreender bastante, seja pelas personalidades ousadas ou pelos sentimentos inesperados e ainda mais arriscados. Adorei sua resenha e concordo com os pontos citados. Estou ansiosa pelo próximo que será lançado.
    beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi Kris, esse livro não funcionou para mim e foi uma decepção porque eu adorei um outro livro da autora e esperava a mesma conexão com a história. A narrativa é frenética sim e as cenas de ação me deixaram com medo, mas o casal não me passou credibilidade e eu acho que tinha alguns furos na trama. Enfim, que bom que pra você, o livro se tornou uma boa leitura, assim, você acompanhará a série mais empolgada que eu!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Kris, é bem o tipo de leitura que me instiga, intensa e com bastante dor. Estou pra ler esse livro faz um tempo, mas ainda não tive a oportunidade. Gosto da capa, gosto do nome Sarai... só não me encanta muito o fato de ele ter uma continuação, gosto de livros de volume único, mas mesmo assim, ele está na lista de leitura.
    beijokas

    ResponderExcluir
  4. Oi Kris
    Confesso que estou dividida em relação a esse livro, pois vejo opiniões positivas e negativas.
    Adoro livros com narrativas frenéticas, personagens marcantes e um bom suspense. Aliado a essa trama sensual que você mencionou, me faz ter vontade de arriscar e ler.
    Adorei sua resenha.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    O livro tem uma premissa bem interessante!
    Nossa que barra que a Sarai passa na vida heim, uma situação horrível e o pior de tudo é que sua mãe é que a levou para esse lugar e a pois em convívio com esse homem!
    Fiquei bem curiosa para ver como a autora desenvolve essa história e como ela aborda a questão do trafico de mulheres.
    Espero ter oportunidade de realizar essa leitura em breve.

    Beijos :*
    http://livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi *--*

    Faz um tempinho que li esse livro, mas não curti tanto como Entre o Agora e o Nunca, esperava algo mais romantico e me deparei com uma estória cheia de ação e emoções. Os personagens são sangue frio e matam sem nem pensar, fiquei impressionada a forma como a autora explorou essa temática da mafia e os elementos.

    Bjos
    rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oiee ^^
    Estou com esse livro aqui desde a black Friday, mas ainda não tive tempo de ler *-* estou bastante curiosa para lê-lo, pois vi que o pessoal gostou muito da história, e também porque eu adorei a escrita da autora em "Entre o agora e o nunca/sempre", então imagino que os personagens aqui sejam bem desenvolvidos como foram lá, e que a história prenda o leitor desde o início. Mal vejo a hora de ler "A morte de Sarai" ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Kris, eu sempre ouço falar muito bem desse livro e isso me anima muito a ir atrás dele o quanto antes, e confesso que sua resenha me deixou mais curiosa ainda. Então com certeza irei logo conferir mais dessa trama que parece ser muito cativante!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  9. Olha só eu jurava que era algo sobre filme de terror,mas minha comprou leu e se surpreendeu com a história de um ponto que a deixou muito prendida então quero muito poder conhecer a história de Soraia e logo vou ler e poder comentar melhor sobre.adorei o post resenha bem elaborada adorei

    bjo bjo
    http://rillismo.blogspot.com.br/p/resenhas.html

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro, mas a premissa parece ser boa. Gostei de você ter dito que não é um romance clichê, isso me dá outro ânimo pra conhecer a estória! Adorei que a autora traz um pano de fundo polêmico porém super necessário a ser discutido, como o tráfico de mulheres. Fiquei curiosa pra ler. Adorei a resenha!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  11. AMO narrativas frenéticas! Haha. São as melhores e, quando percebo, estou presa à história de um modo que poucos livros conseguem. Eu tenho enorme curiosidade em ler esse romance, especialmente pelo tema pesado que ele aborda. Parece ser uma ótima história, provocativa e envolvente. Gostei da sua opinião. E gostei, principalmente, de saber que os personagens com os quais a protagonista se envolve não têm um bom caráter, mas não deixam de ter seus atos heróicos (rs).

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Este livro foi uma leitura maravilhosa para mim, como você disse é cheia de ação e adorei que foi entre os EUA e o México. O legal é que agora na continuação tem umas coisas muito loucas e mais ação ainda. E depois tem mais três livros, só que daí vai ser com outros personagens da saga. Eu adoro esta autora e ela me prendeu do início ao fim. Amei a Sarai!

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem???? Esse era um livro que estava na minha lista de desejados, mas por algum motivo que eu nem lembro, acabei tirando. Mas sua resenha me fez colocá-lo na lista novamente. Com certeza é um livro que eu vou tentar ler assim que possível. E também acho que a moça foi é inteligente isso sim. As vezes, bater de frente não é a melhor saída :(
    E também fico feliz que temas como esse sejam colocados em livros. Acho que é assim, que a gente vai denunciando e pensando nas coisas que acontecem, as vezes bem na nossa cara e a gente nem vê.
    Beijos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá, ótima resenha, acho que foi a primeira que li do livro e já me deixou curiosa para lê-lo. Acho que ainda não li nada semelhante, ainda mais se for analisar o perfil dos personagens e o meio em que eles estão inseridos. Fiquei curiosa para saber como termina e se a protagonista consegue realmente a sua liberdade.

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Não conhecia essa serie antes, mas me parece muito interessante. Achei legal que apesar DD abalada e sofrendo muito Sarai teve sangue frio para bolar um plano para se livrar das garras desse traficante. Espero que ela tenha conseguido fugir e resgatar sua amiga.


    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  16. Já vi muitos elogios a obra e sempre me esqueço da existência do livro quando procuro algo diferente para ler :c
    É bom deparar com protagonistas que mesmo na m**da tem suas forças, e primeiros livros de séries/trilogias com ritmo frenético sempre é uma boa pedida de leitura! Fora que a ambientação é algo diferente para mim.

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oii!

    Acho que é a segundo resenha que leio sobre esse livro que cita a mesma coisa. Um livro rápido que lembra um filme. Tem coisa melhor? Não mesmo! Adorei o enredo, a capa também está linda! Mas não sei se vou fazer a leitura no momento. É algo que preciso pensar, uma vez que estou evitando comprar livros agora.
    A resenha está linda e assim como você eu só compro livro por causa de resenhas!
    Adorei a sua! Livros dinamicos e cheio de aventuras e suspense me conquitsa!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Não tenho estômago pra uma coisa dessas, uma mãe que leva a filha com ela para um antro desses, e o cara ainda faz a garota virar "amante" dele depois da morte dela. Mesmo com o livro sendo regado a adrenalina, com ação e aventura, prefiro não ler. Essa dose de erotismo também não me agradaria, e nem quero saber o que acontece quando ela foge de lá com esse Victor. Suspeito que não iria gostar dele também não.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  19. Olá!! :)

    Ainda bem que gostaste assim do livro!! :) Seria muito mau esperar um romance cliche com uma resenha dessas!! :) ahah Bem, achei boa a premissa, e até gostava de me aventurar nesse mundo!! :) Ah! E nao gosto nada de cliches... Uma treta, na minha opiniao!

    Ainda bem que a leitura foi fluida e instigante! E tao bom quando somos "obrigados" a ler dessa forma!! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  20. Nossa, que história pesada! Na verdade, a menina nem amante, era escrava sexual do Hernandes. Gostei da Sarai, viu! Ela é uma guerreira, uma menina de muita fibra. Acho que apesar de ser um livro pesado, vale a leitura. A premissa é excelente! A capa, embora tenha um lado que choca, com o sangue da menina, é bastante bonita. Gostei da dica e já anotei.

    Tatiana

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥