Resenha: A Lista - Jennyfer Tremblay

24 março 2016


Edição: 1
Editora: Autêntica
ISBN: 9788582175194
Ano: 2014
Páginas: 80
Sinopse:A Narradora se desespera: ‘O que você, Caroline, gosta no fato de ter filhos?’; ‘Gosto da facilidade de se amar os filhos’. Gosto da facilidade de se compreender este texto. Gosto da tradução da Risa. Da poesia da Jennifer. Do ritmo alucinado de sua calma. Batidas à porta. Mais portas. Menos janelas. Mais saídas reais. Apareça lá em casa. Mesmo. Traga seu pijama. Eu acendo a lareira. Eu não tenho lareira. Mas acendo. Também trago no peito as marcas das minhas listas impossíveis. Também preciso parar. Abrir a porta. Pois trago no peito a memória de nossa humanidade possível. Apareça. Agora estou menos enlouquecida. Agora estou aqui, de verdade.” 


Resenha

Olá Amigxs Leitorxs ♥
Hoje eu estou aqui para trazer a vocês a resenha do livro A Lista da autora Jennifer Tremblay, publicado esse ano pela editora autêntica.
A Lista é uma obra deliciosamente diferente de tudo o que eu já havia lido até hoje. Nesse livro a autora une prosa e poesia para a composição de um monólogo que conta uma história de vida.

Em momento algum a narradora se identifica, mas inegavelmente nós passamos a conhece-la e é com uma maestria que ela nos conduz de uma maneira poética, quase lúdica pelos cantos mais sensíveis, rotineiros e até mesmo sombrios da sua vida. E ai nós podemos conhece-la melhor e nos identificar com ela em alguns pontos. Ao acompanharmos o  cotidiano da nossa narradora acabamos conhecendo também Caroline, uma vizinha e elas são tão completamente diferentes que acabam aos poucos se aproximando e se tornando amigas, mas não posso me aprofundar muito no relacionamento delas duas e dar detalhes, ou eu roubaria de vocês a oportunidade de se deleitarem com as emoções agridoces dessa obra.

A Lista é uma história breve, têm um pouco mais de 70 páginas, que podem ser lidas de uma única sentada e que com certeza lhe levaram a refletir e pensar em organizar melhor as suas listas da vida e a entender o peso que pode ter deixar algumas coisas para amanhã.
O trabalho gráfico da editora autêntica está extraordinário, o livro tem capa dura, e folhas amareladas, a revisão não possui erros ortográficos.
Recomendo a leitura, principalmente aos que apreciam obras breves e reflexivas.

Espero que tenham gostado da resenha, beijos.


10 comentários:

  1. fiquei curiosa pra ler, Kris... bem curtinho mas parece ser rico no que vai nos passar... a capa eu achei linda, ainda mais dura :D
    deve ser uma boa leitura mesmo... queria saber mais sobre as personagens que vc falou heheheh
    bjs :D

    ResponderExcluir
  2. Oiii Kris, tudo bem?
    Fiquei bem curiosa para realizar a leitura deste livro, parece ser aquele tipo de obra, poucas páginas e um conteúdo e palavras que nunca vamos esquecer. Me apaixonei!
    Beijão

    ResponderExcluir
  3. Kris, fiquei encantada com o fato de mesclar prosa e poesia.
    A curiosidade bateu forte, principalmente sobre as personagens e espero ter a oportunidade de lê-lo em breve.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  4. Poxa, acho que passo a leitura. Talvez em um outro momento. Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá :)
    Achei bem interessante essa junção de prosa e poesia. A edição parece está linda e livros com capa dura me encantam <3
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Kris, fiquei super interessada nessa leitura, já tinha visto algo sobre nessas últimas semanas. Minha última leitura também foi um livro contendo poesias e fiquei encantada.
    Versão capa dura? Já quero!

    Super beijo
    Literaleitura

    ResponderExcluir
  7. Oie.
    Achei interessante esse livro pelo fato de eu adorar fazer listas.
    Tenho uma lista para todo o tipo de coisa, acredite.
    Gosto bastante de poesia, então claro que irei gostar dele.
    Adorei a sua resenha, super direta!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Hello!
    Não conhecia a obra e nao tinha lido nenhuma resenha.
    Não sou mto de ler poesias ou prosa, falta de costume.
    A arte está linda mesmo, mas dessa vez eu vou deixar passar a dica.
    Nao me interessei pelo livro.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oxente, se tu não lê poesia e nem prosa, o que é que tu lê pra manter um blog literário?

      Excluir
  9. Olá! Essa é a primeira resenha que vejo do livro e só por ela já me senti envolvida pela narrativa. Com certeza é uma daquelas obras que certamente marcam pelos personagens e seus questionamentos. Excelente resenha! Um grande beijo!
    www.lostgirlygirl.com

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥