Alice no País da Leitura #3: Estevão, O Desconectado - Vivian Saad

24 fevereiro 2016




Estevão, O DesconectadoEdição: 1
Editora: Hyria
Autora: Vivian Saad
ISBN: 9788566442052
Ano: 2015
Páginas: 32
Sinopse: Estevão é um garoto como vários outros de uma geração que já "nasce" conectada. Como muitos deles, Estevão não consegue desconectar! Conectado ao tablet e desconectado da vida, Estevão passa pelas fases da infância e do início da adolescência “grudado” ao seu aparelho. Isto faz com que ele perca momentos, pessoas e experiências que nos fazem entender o mundo e a nós mesmos. Mas quem sabe Estevão não pode ter uma segunda chance? Estevão, o desconectado mostra que a tecnologia é boa sim, quando usada sem exageros e com consciência.
Oi Gente, hoje eu e a Alice, minha princesinha, vinhemos trazer pra vocês a nossa primeira resenha em parceria com a editora Hyria, na coluna dela aqui no blog.
Porque afinal, quem melhor que uma criança para passar o feedback de um livro infantil, não é?



A nossa coluna Alice no País da Leitura funciona assim, eu apresento o livro a Alice e vou anotando as reações dela sobre os livros, no que ela tem mais interesse, sobre o que ela comenta, se as ilustrações a fazem ter alguma noção da história antes mesmo da leitura. Na sequência nós fazemos essa leitura e eu avalio o interesse dela sobre a estória, se ela se identifica, as conclusões que ela tira sobre essas leituras e depois trago tudo isso aqui para vocês. Para completar dando o meu feedback de mãe sobre a publicação. 


Primeiro vou deixar a colunista se apresentar a vocês:

Um vídeo publicado por Kris - Conversas de Alcova (@ladycereja) em

Agora apresentação feita, vamos a resenha:

Uma das coisas que eu percebi que mais chamaram a atenção da Alice em relação ao livro foram as cores, o livro é bem colorido e isso é algo que atrai bastante a atenção de crianças dessa idade, que a gente bem sabe o quanto é complicado fazer com que elas fiquem quietas, né?
Na sequência o estilo e as disposições das ilustrações, pois ela já conseguiu distinguir alguns elementos e emoções expressadas nos rostos dos personagens antes mesmo de termos feito a leitura e que ela conhecesse a estória.


Já na leitura ela se identificou bastante com o personagem, já que assim como ele, ela já gosta muito de joguinhos digitais e se  deixar, não os larga um segundo. Assim como gostou bastante das rimas e da disposição entre as palavras e as ilustrações o que a permitiu assimilar através dos desenhos que parte da estória é aquela. Ela conseguiu até decorar alguns trechos.

Como mãe eu gostei bastante de Estevão, O Desconectado principalmente devido ao tema que a Vivian abordou, que é o excesso de inclusão digital na vida das crianças. Eu acredito que esse seja um tema bastante didático, não só para as crianças, como também para os pais, que muitas vezes negligenciam isso e permitem esse excesso. 

Por isso eu acredito que essa obra chegue até nós país como um bom auxilio, porque nós país sabemos que essa geração Y não quer lagar o tablet, o celular, o notebook e grande parte disso graças a nossa própria influência, já que muitos de nós usam o computador como objeto de trabalho, mesmo dentro de casa. 
E Estevão, O Desconectado chega para nos ajudar exatamente nessa hora de conversar com nossos filhos e elucidar para eles desde cedo, que esse contato com o mundo digital deve ser comedido, que eles precisam de manter o contato humano, de brincar na rua, conhecer outras crianças, conversar com eles mesmos e com a família e observar o mundo e a natureza ao nosso redor que é sempre tão rica.

Então dá pra sentir né? Toda a influência positiva que o livro pode trazer?
Portanto, eu e a Alice recomendamos essa leitura para outras crianças.

A autora

Estevão, o desconectado é o primeiro texto infantojuvenil escrito por Vivian Saad, que já participou de diversos projetos como ilustradora. Bacharel em Design Gráfico pelo Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, já ilustrou livros infantis e de colorir para as editoras Nhambiquara, Metanoia, Pingo de Letra e Livrobits. Membro da AEILIJ, participou do XXI Salão Internacional de Desenho para Imprensa em Porto Alegre e do catálogo da Universidad de Palermo, Buenos Aires, “Impacto Latino - Las mejores ilustraciones latinoamericanas 2014.



Beijos, espero que vocês tenham curtido a nossa coluna ;)
E não deixem de interagir conosco nos comentários ♥

15 comentários:

  1. ADOREI!!

    Muito inteligente a coluna!! Quem melhor para resenhar né? Parabéns, ficou incrível! Parabéns pela filha linda e inteligente! <3

    Bju!

    ResponderExcluir
  2. Muito original a sua ideia! Sua filha é uma fofa. ahahaha
    Boa dica, vou por na lista de livros para ler com o meu irmãozinho! (:

    paradonaestante.blogspot.com.br
    facebook.com/paradonaestante

    ResponderExcluir
  3. Oiiiii

    Menina nunca tinha visto uma resenha pelo ponto de vista de uma criança, que ideia incrível, além de incentivar ela a ler vc ainda acaba passando uma lição para ela. Parabéns viu, muito criativo.


    Bjos
    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa, adorei! sua filha é fofa com seus quase cinco anos =D
    Acho super importante incentivar a leitura e também incentivo meu filho a ler, desde ue estava na barriga rs. Gostei muito desse livro e acredito sim, que ele traga um grande incentivo para as nossas crianças, uma boa história e que achei uma boa dica para comprar pro meu filho.

    ResponderExcluir
  5. Olha eu achei uma fofura sua filha. Parabéns por incentivar ela a ler livros, porque é bastante dificil quando uma criança não se interessa. Gostaria muito que meu sobrinho de 5 anos também sossegasse para poder ler assim como eu, mas ele é meio imperativo sabe? Então tem que ter calma com ele por enquanto, mas eu quero muito poder passar não só pra ele, mas para minha sobrinha também alguns livros e começando por livros de imagens né, pois assim chama mais atenção da criança também. Achei super legal amiga. Parabéns. Que sua filha pegue firme como a mãe ai para poder quem sabe um dia postar aqui no blog rs

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/02/resenha-escola-de-viloes.html

    ResponderExcluir
  6. Oláaaa
    Mds, que menina linda! Manda um xero pra ela.
    Interessante você fazer a resenha com sua filha, geralmente os adultos acham livros infantis meio bobos, se esquecem que os livros não são feitos para eles.
    O tema do livro é bem interessante, tem algumas crianças na família e eu fico um pouco irritada quando eles ficam muito tempo no celular, na idade deles eu brincava na rua, fazia bolo de barro e comia tijolo kkkkkk
    Gostei demais, vou procurar para comprar e dar aos meus primos =D
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  7. QUE FOFURA É ESSA ALICE! Adorei a apresentação dela, flor. Parabéns por influenciá-la a ler. Eu gostei do livro, não esperava que tivéssemos uma obra infantil que já abordasse o excesso da tecnologia na vida das crianças. Anotei a dica, pois vejo como as crianças atualmente sofrem para aprenderem a brincar sem o uso de tablets ou sem os celulares dos pais. Como é importante influenciá-los de modo diferente, como você tem feito com a Alice através dos livros.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Mellllllllllll dellllllllssssss, como não morrer de amor com esse post??? Adorei a originalidade e anotei a dica para presentear nos proximos aniversarios infantis que estarei. Amei do começo ao fim!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Kris,
    Sua filha é uma linda, quero ela pra mim, posso pegar 'emprestada'.
    Gostei de vê-la com apenas 4 anos e um livrinho na mão.
    É, verdade, é muito difícil controlarmos essa geração Y, mas fico feliz em saber que ela se identificou com o personagem e ficou atraída pela leitura.
    Eu acho o livro uma boa pedida para crianças, vou indicar para minha prima!
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Que menina mais linda! Fiquei muito feliz com essa sua ideia, pois assim incentiva a nós a indicarmos livros para os pequens. Eles precisam desde cedo a pegar o hábito pela leitura, e por isso, precisamos de muitas indicações \o/
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  11. Oiee ^^
    Ainda não conhecia esse livro, mas parece mesmo ser uma ótima leitura para as crianças, principalmente por elas estarem sempre perto de aparelhos tecnológicos, né? E pelo jeito, é assim que as próximas gerações serão também. Fico feliz que a Alice tenha gostado do livro :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá,
    Achei super interessante esse post, ficou bem criativo e eu como mãe, ameiiii
    Sobre o livro, percebo que meu filho ama livros com bastante desenhos, bem coloridos e esse é assim. Meu filho, mesmo ainda pequeno, já ama tecnologia. Hoje é super normal uma criança já saber usar esses aparelhinhos rs. Eu procuro controlar o tempo que meu filho fica na internet, mas eles sempre querem mais. Gostei bastante da forma que autora faz e vou procurar para comprar.
    obrigada pela dica.
    beijos
    Conchego das Letras

    ResponderExcluir
  13. Que coisa mais fofa! Que menina linda! Adorei a ideia da coluna com as impressões dela. Gostei muito do livro também. Eu sou apaixonada por literatura infantil, e acho que os autores desse gênero estão cada vez caprichando mais, há obras infantis belíssimas e que encantam, inclusive, os adultos. A capa é uma graça e as ilustrações parecem ser ótimas também.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  14. Essa foi a coluna mais criativa que já vi em todos os meus anos de blogueira.
    A Alice é a coisinha mais fofa que já vi na vida <3
    Então, sobre a resenha quero comentar um ponto: as crianças de hoje em dia o que mais as atraem são os jogo digitais até o bebês se deixar é só no que mexem sei disso por causa dos meus primos. Quando eu era pequena o meu sonho era ter vários itens da Barbie e não um celular ou jogos digitais só fui ter um computador aos 17/18 anos. Acho que hoje em dia as crianças estão deixando de ser crianças muito cedo além de também estão perdendo muito dessa fase de brincar na rua com os amigos. Sinceramente? Preferia o meu tempo quando eu brincava de esconde esconde, pega pega.

    Blog
    Blog Miih e o Mundo Literário

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    A Alice é uma gracinha *----*
    Gostei bastante da resenha, mas não seria um livro que eu leria no momento. Gosto super de livros infantis, porque eles são uma ótima distração e são mega rapidinhos de se lerem. Porém, dessa vez deixarei a dica passar.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥