Resenha: Veneno - Sarah Pinbourogh (Saga Encantadas livro 1) #poisonousbloggerchallenge2016

30 janeiro 2016

"Olar Jovis"
Hoje eu venho trazer pra vocês a primeira resenha do nosso desafio mensal de leitura, ao qual nomeamos de #poisonousbloggerchallenge2016. O tema desse mês foi determinado pela Amandinha: 

Janeiro: Jesus de Genésio - Leia um livro de umx autorx que você nem sabe pronunciar o nome.

Inicialmente eu havia optado por outra leitura, mas em cima da hora eu resolvi optar pela Sarah Pinbourogh, porque eu já queria ler Veneno, tem algum tempo e recebi o box da saga esse mês, através de uma troca que eu fiz no Facebook no finalzinho de dezembro. Agora vou deixar de me prolongar em explicações e publicar a resenha. Espero que vocês curtam.



Ficha Técnica:Edição:
Editora: Única
ISBN: 9788567028262
Ano: 2013
Páginas: 224
Tradutor: Edmundo Barreiros
Sinopse:Sexy, sarcástico e de prender a respiração!
Para os fãs de Once Upon a Time e Grimm, Veneno é a prova de que contos de fadas são para adultos!
Não existe “Felizes para sempre”!
Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais? Então este livro é para você! Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentam? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria “um final feliz” pode se tornar o pior dos pesadelos!
Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, e já é um best-seller inglês. Sarah Pinborough coloca os contos de fadas de ponta-cabeça e narra histórias surpreendentes que a Disney jamais ousaria contar. Com um realismo cínico e cenas fortes, o leitor será levado a questionar, finalmente, quem são os mocinhos e quem são os vilões dos livros de fantasia!

Resenha


O que falar dessa releitura de contos de fadas que mal comecei a ler e já considero pakas? Eu queria fazer essa resenha em vídeo, mas a falta de câmera não me permite, talvez em outra oportunidade eu faça e atualize o post com ela. Agora vamos lá.

Veneno não é um livro que se leia em busca de um ideal, ou de acumular conhecimento/cultura, se é isso que você tem em mente, tente ler uma obra mais densa. Veneno é uma leitura leve, sutil, que se faz pra relaxar, não estou dizendo que não há o que absorver-se na obra, estou dizendo que não é a leitura ideal para quem tem esse intuito. 
Como a junção: título, capa e sinopse deixam claros, essa série é uma releitura dos contos de fadas para adultos. Veneno não é livro pra crianças. um dos fatores  mais marcantes da obra é a desconstrução de vários padrões que acabaram sendo criados a partir da versão "Disney" desses contos de fadas. 


No livro conhecemos uma madrasta que é má, mas que não é má apenas por ser, ela não nasceu assim e a narrativa vai nos mostrando esse aspecto, algo que eu nunca vi sendo abordado em outras obras Paralelamente conhecemos Branca de Neve, uma princesa, bela, simpática e querida por todos, até ai os clichês se repetem, porém quando chegamos na parte comportamental ela foge completamente. Branca de neve leva uma vida livre, usa calças masculinas, ao invés dos espartilhos determinados as princesas, cavalga os cavalos mais perigosos do reino, bebe e socializa com os anões, que correspondem a casta mais baixa do reino. O Embate entre elas não acontece devido a inveja que a Madrasta má sente da bela e jovem enteada, Lilith é tem só 24 anos (quatro anos mais velha que branca de neve) e é tão bela quanto, há inveja, sim, mas nem ela mesma sabe do que é ao longo da narrativa que nós vamos entendendo junto com ela sobre esse sentimento. O famoso espelho, não é um amigo, ele parece mais uma maldição que planta a discórdia, repetindo o tempo todo:

"- Todos a amam, não é? E é tão fácil ver o porquê. É boa, bela e, além disso, livre e selvagem. Ela terá vários príncipes por quem se apaixonar. Não é? Ela não é bonita?"

Os anões nessa versão não trabalham por trabalhar e não cantam de feliz, eles são explorados nas minas do Rei, mas ainda assim conseguem amar a filha de quem os explora.
Na trama ainda interagem personagens de outras fábulas, aos quais eu não vou citar para não roubar aos que resolverem ler o sabor dessas descobertas. E se o correr da narrativa é interessante e inovador, o final é completamente surpreendente e nos faz querer correr imediatamente para a sequência.

Eu curti bastante a leitura, achei que ela correspondeu completamente ao que a autora propôs, gostei da visão dessa nova Branca de Neve, mais livre, dona de si, sem tantos recatos. Na minha concepção a autora conseguiu reescrever esse conto encantadoramente e retirar esse estigma de princesa casta e submissa que a Disney perpetuou durante anos. Gostei também da condução da narrativa, a escrita da Sarah é fluida, e atual, sem muitos enfeites, mas também sem perder a essência dos contos de fadas. 
Sendo assim, se você é do tipo de leitor que gosta de mudanças, surpresas e não é dado a muitos pudores recomendo a leitura, caso contrário digo que pensem, pois sem dúvidas os contos de fadas da Sarah Pinbourogh podem destruir a ilusão da infância dos mais puritanos.

A diagramação do livro está muito bonita, a minha edição do livro é econômica e ainda assim é notável o cuidado que a editora teve com a publicação, os detalhes a cada mudança de capítulo, são um charme a mais no trabalho. A capa é simplesmente incrível e não notei erros na revisão durante a leitura.

Espero que tenham curtido a resenha. 
O desafio de Fevereiro foi proposto por mim e é : Julgue um livro pela capa - Leia o livro com a capa mais bonita da sua estante. Não deixem de vir conferir. Beijos.

18 comentários:

  1. Já tinha ouvido falar dessa trilogia, e apesar das capas não me agradarem, fiquei curiosa com as mudanças que eles fazem na história clássica, mais conhecida... eu curto ver essas versões alternativas dos contos de fadas... quando der, vou ler, pelo menos esse primeiro volume...

    ResponderExcluir
  2. Oii
    Já li os 3 livros dessa trilogia e esse foi o que menos gostei. Os outros têm muito mais ação e aventura, então se prepare pq vai melhorar muiiiito. Não que veneno seja ruim, mas os outros são melhores. Como vc falou a escrita da autora é bem fluída, o que torna a leitura bem rápida. Li os 3 em um final de semana.
    Sou apaixonada por essas capas <3
    beijos
    http://www.notinhasderodape.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Não conhecia a trilogia mas apesar de ser uma releitura de contos de fadas, achei o enredo bastante original. Também achei bem interessante a autora ter preservado alguns aspectos originais dos personagens mas ter modificado totalmente outras.
    Só não gostei muito da capa mas o livro me pareceu bem interessante.
    Abraços!
    https://blogladoescuro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Também não sei pronunciar o sobrenome da autora... rs... Já li toda a série e no geral gostei muito, mas nenhum livro superou Veneno para mim. Odiei o segundo e fiz as pazes com a série no terceiro, mas espero que curta os outros mais do que eu. Também gostei muito do que a autora fez com essa Branca de Neve, ela foi transformada em uma garota bem livre e dona de si mesmo, e a história foi narrada de uma forma que realmente me prendeu.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  5. Olá
    Eu sou fã de tudo que é tipo de releituras, seja ela de clássicos ou de contos de fadas, que é esse casa. Confesso que tinha uma vontade imensa de ler essa série justamente por eu curti livros assim, mas me decepcionei bastante , só li um pouco desse livro e não aguentei e desisti, talvez eu volte a dar outra chance pra ele, mas não agora. Realmente o nome dessa mulher é impronunciavel.
    Bjks

    ResponderExcluir
  6. Oiee ^^
    Na terceira ou quarta tentativa eu consegui pronunciar o nome da autora...hehe' é difícil mesmo *-*
    Li esse livro já faz um tempão, então não me lembro de quase nada do que acontece nele *-* preciso relê-lo logo para poder continuar com a trilogia, já que ainda me falta ler o terceiro. Gosto de histórias que fogem do "felizes para sempre" e não têm aquele brilho todo da Disney, gostei bastante de conhecer as histórias da Sarah :)
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2016/01/melhores-do-ano-2015-resultado.html

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Mal comecei a ler e já considero pakas. Adorei você ter começado sua resenha assim.
    Eu tenho essa trilogia empacada na estante, mas nunca tomo coragem de ler (vai entender).
    Gostei muito da sua resenha e fiquei bastante curiosa com a trama. A bruxa parece mesmo ser má e os personagens parecem ser incríveis.
    É bacana saber que foram preservados alguns pontos originais, isso torna a história mais verossímil.
    Amei sua resenha e fiquei muito curiosa para ler.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Kris.
    Eu li esse livro e gostei bastante, fiquei surpresa com o final. Li também os outros dois livros da trilogia e os achei ainda melhor. O segundo é mais que surpreendente e o terceiro é um tantinho assustador, rs.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  9. Olha já ouvi muita gente falando muito bem desse livro viu?
    Sinceramente já tive curiosidade de ler a série, mas eu não sei se iria
    gostar, porque não curto livros muito pesados e não sei se é o caso desse, mas espero poder fazer a leitura assim que puder para poder conhecer a escrita da autora, pelo menos ler o primeiro livro sabe? Seilá. Enfrentar os meus receios rs

    Mas eu adorei a sua resenha, pois ficou muito bem explicada
    e abordada e espero gostar muito da leitura assim quando eu a fizer.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/resenha-requien.html

    ResponderExcluir
  10. Oi, Kris, tudo bem?

    Eu adoro releituras, e essa em particular chama muito a minha atenção por não ser politicamente correta, sabe? A Saga Encantadas está na minha lista de leituras, só não comprei ainda pq tenho muitos livros esperando para serem lidos! hahahaha
    Parabéns pela resenha.

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    Eu não tinha lido nenhuma resenha desse livro. Uma amiga comprou e quando começou a leitura, ficou encantada e sempre comentava comigo rsrs
    Muito bom ver a "mocinha" não tão ingênua e mostrando uma nova realidade.
    Espero amar como você amou.
    beijos e parabéns pela resenha
    http://conchegodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!

    Eu também tenho esse box, e já li esse primeiro livro. Adorei esse novo universo envolvendo as princesas, que para mim foi muito diferente do qual estou acostumada. Mas, nem por isso deixou de ser uma boa leitura. Pretendo reler Veneno em breve para poder continuar a série. Espero que os próximos livros sejam tão bons quanto o primeiro.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Adorei saber mais sobre o livro. E realmente o que mais me deixou feliz foi que nessa versão a princesa não é tão pura e inocente, aah eu preciso desse livro.
    Nunca li nada da autora, mas já sei que desse livro vou gostar.
    E sem falar que adoro os autores que reescrevem contos, essa realmente deve ser top, mesmo com alguns clichês.

    ResponderExcluir
  14. Oi, acredita que eu tenho esse box fechado e ainda não li? Eu já ouvi dizerem ser ruim e isso me desanimou e me fez deixar mais um tempo parado na minha estante. Ai vendo sua resenha vejo uma opinião positiva, com uma história diferente dos contos criados pela Disney e que me deixa curiosa e fico confusa kk Acho que vou ter que ler para descobrir o que eu acho da obra. E grave mesmo o vídeo quando puder <3
    Beijos
    - Bruna
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  15. Já faz algum tempo que quero ler essa série, pois amo adaptações de contos de fadas. Acho bacana essa desconstrução dos contos padrão Disney, já que, na verdade, esses contos eram originalmente, para adultos, pois não se fazia muita distinção entre a infância e a fase adulta até a Idade Média, sendo adaptados posteriormente por escritores como Charles Perrault, Irmãos Grimm e Hans Christian Andersen e popularizados, mais tarde, pela Disney. Acho que romper com esse padrão é, um pouco, voltar às origens dos contos de fadas. E a capa, hein! Fantástica!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que Veneno está na minha lista de desejados faz tempo, eu perdi a oportunidade comprar o box barato e o arrependimento bateu forte aqui rsrs, eu adorei a sua resenha e o modo como você descreveu o livro, tenho certeza de que será uma leitura prazerosa.

    ResponderExcluir
  17. Sou louca por contos de fadas, adaptações adultas dos mesmos e até mesmo a origem deles! Por esse motivo comprei o box, pena que ainda não tive tempo para ler! Mas adorei sua resenha e estou louca para ler os meus! Dizem que Poder é o melhor deles!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Eu até hoje não sei pronunciar o segundo nome da Sarah hahaha. Mas gostei muito da resenha, e o livro é realmente incrível, essa mudança do conto de fadas da Branca de Neve foi incrível.
    https://nerdbookblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥