Resenha: Entre Nós - Cátia Mourão & Johnatan Souza (Saga Mais Além da Escuridão #1)


Oi gente, essa semana eu estive completamente ausente do blog, mas apenas porque a universidade tem tirado meu sangue e essa semana isso chegou ao ápice. Tive trocentos trabalhos para entregar/apresentar na verdade ainda tenho alguns e uns novos foram acrescentados na minha lista, mas tentarei usar o fim de semana pra programar algumas resenhas que já deveriam ter sido postadas mas que eu ainda não tive tempo.
Então sem mais delongas vamos a resenha de hoje:





Ficha Técnica:
Edição: 3
Editora: Ler Editorial
ISBN: 9788567765112
Ano: 2015
Páginas: 212
Classifiquei 3/5
Sinopse:
“Entre Nós” é o primeiro livro da série “Mais Além da Escuridão”. A saga tem como personagens centrais os vampiros Donovan Hunter e Carlie Marie, e o anjo caído Johnatan Fallen.
Neste primeiro livro Carlie vive sob a proteção de Donovan desde sua conversão. Durante sua ausência ela conhece Johnatan por quem se apaixona, dando início a um romance turbulento, cheio de intrigas e ciúmes.
Com o retorno de Donovan, ela se vê dividida entre o vampiro que é sua única família há quase um século e o anjo caído com quem ela descobre o amor.
Os conflitos gerados nesse triângulo e a aparição repentina de antigos inimigos colocarão sua existência e a de seus amigos em perigo.
Batalhas, paixão, segredos que serão revelados e personagens que surgem inesperadamente dão a tônica dessa nova série de literatura fantástica.

Tag: Complete a Frase.

A Andressa Petrova (que nome chique) do Minha Fuga da Realidade me marcou numa Tag,
Eu nem gosto, né???
Bora responder, e não marcar ninguém porque eu sou assim. Se quiser, pega a Tag e passa. Huahauhauhhau.


  • 01: Sou muito...  Louca? INSTÁVEL? Diferente? Não sei, mas minha psicóloga diz que eu sou o máximo.
  • 02: Não suporto... Cara, tanta coisa... Pra abreviar a história, gente burra. Mas aquele burro que não é o sem estudo, é uma burrice assim premeditada, uma vontade de ser imbecil e retrógrado que mora no coração de certos viventes.
  • 03: Eu nunca... Vish, eu nunca o quê? Nunca saberei o que responder a esta pergunta... sei lá! Huahauhauauahua. 
  • 04: Eu já briguei... Muito pouco, na escola, mas de forma efetiva. Eu sou uma pessoa naturalmente pacífica. Mas quando você estraga com o meu pacifismo, eu vou arrebentar a sua cara.
  • 05: Quando criança... Eu queria um monte de coisas estranhas para uma criança, que hoje não fazem o menor sentido mais pra mim. Tipo passar na USP ( com 6 anos!) e ser advogada ( WHUT?)
  • 06: Nesse exato momento... Eu queria estar em qualquer lugar, tomando uns bons drink, com quem eu amo, sendo rica, sei lá... uma outra vida, porque esta tá difícil.
  • 07: Eu morro de medo... De ter medo de ter medo. Mentira, de falhar. Tanto que estou estagnada, e estar estagnada também é falhar. 
  • 08: Eu sempre gostei... Do que quase ninguém gosta.
  • 09: Se eu pudesse...   Eu matarra mil.
  • 10: Fico feliz quando... Cara, faz tanto tempo desde a última vez que eu fiquei feliz de verdade... eu nem sei mais. 
  • 11: Se pudesse voltar no tempo... Eu faria tantas coisas de modo diferente que nem sei começar a dizer.
  • 12: Adoro... Falar adoro. Mas assim: ATÓRON!
  • 13: Quero muito viajar... Pra países diferentes, Croácia, Istambul, Sérvia. Mas também pro Mediterrâneo, num cruzeiro, tomando uns bons drink (de novo) e sendo rica (aiai, sonho).
  • 14: Eu preciso... De uma vida nova. Alguém tem uma aí?
  • 15: Não gosto de ver... Seção de Comentários. Do Facebook, de portais jornalísticos, enfim. Qualquer lugar onde pessoas do item 2 possam mostrar sua item doizice. Tá dando vergonha de viver no mesmo mundo. 

Resenha: A Donzela sem Mãos e Outros Contos Populares, Adaptação de Helena Gomes









Edição: 1ª
Editora: Escrita Fina
ISBN: 9788563877802
Ano: 2013
Páginas: 112
Sinopse:
Amparadas pela refinada arte do premiado ilustrador Kako, as cinco histórias recontadas de A donzela sem mãos e outros contos populares, novo lançamento da Escrita Fina Edições traz a marca e o talento da autora Helena Gomes. Ora seguindo as versões originais, ora se afastando delas, a autora empenhou sua pena (ou, nos dias de hoje, o teclado do computador) para dar sentido às lacunas deixadas pela tradição oral e pelos folcloristas que as recolheram — sem, contudo, desvalorizar a magia responsável por conquistar gerações e gerações de leitores ao longo dos séculos.Tendo como fontes valiosas os inevitáveis irmãos Grimm, os estudos e a tradição literária de Monteiro Lobato, Câmara Cascudo, Sílvio Romero e Figueiredo Pimentel, e o olhar psicanalítico de Clarissa Pinkola Estés e Bruno Bettelheim sobre os contos de fada, Helena Gomes traz neste título histórias que, em sua esfera fantástica, espelham o mundo real: cada vez mais violento, marcado por relações de aparência, com gente sem escrúpulos para atingir seus objetivos, e situações, por vezes, sem perspectiva de redenção.

Você conhece o "Prêmio Darwin" ?

Oi gente, hoje venho mostrar que o Conversas de Alcova também é cultura. Cultura inútil, mas ainda assim cultura, hauhaha.
Vocês já ouviram falar do Prêmio Darwin???
Não, não estou falando da Medalha Darwin, vem comigo que eu vou te explicar!


Prêmio Darwin também chamado de Nobel da Estupidez é uma honraria irônica póstuma  concedida a seres humanos que após cometeram erros absurdamente idiota e conseguiram se matar e assim não conseguiram passar adiante seus genes (ruins) prestando um bem a evolução. E mostrando assim a sabedoria da seleção natural.

Puro humor negro sim, ou claro? Vocês devem estar pensando e porque essa louca resolveu falar disso, foi porque eu lembrei depois de ver essa matéria aqui

Dia da toalha, Orgulho Nerd e Bazingueiros

Oláaaa crianças. Essa semana vai ser puxada pra vocês, porque eu vou aparecer MUITO por aqui. Kris tá ocupada e eu vou dar a força que eu puder, não estranhe, não surte, e principalmente:
NÂO ENTRE EM PÂNICO!

Como hoje é o Dia da Toalha, do Orgulho Nerd, seja lá como você chame, resolvi falar um pouquinho sobre o assunto.

O dia 25/05 foi escolhido por ser o dia da estreia do Primeiro filme de Star Wars, em 25 de maio de 1977, segundo muitos. Mas não é tão simples assim. Como tudo o que envolve nerds, muita discussão rola em torno desse dia. Alguns dizem que ele foi inventado por espanhóis em 2006/2007, outros que começou em 1998 com eventos nerd que Tim McEachern organizava em Nova York, muito se fala também sobre ser uma homenagem à morte de Douglas Adams, escritor da série O Guia do Mochileiro da Galáxia (daí a referência da Toalha), mas ele morreu no dia 11/05, então... façam mais sentido, por favor.
Fãs da série Discworld, de Terry Pratchett ainda chamam a data de Glorioso 25 de maio, que entretanto, é menos difundido.

Resenha: Para Sir Phillip, Com Amor - Júlia Quinn






Ficha Técnica
Edição: 1
Editora: Arqueiro
ISBN: 9788580413625
Ano: 2015
Páginas: 288
Tradutor: Cássia Zanon
Sinopse:

Para Sir Phillip, Com Amor - Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências.
Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos.
Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar?
Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços.
Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro. 

Antes de começar a resenhar o livro eu preciso deixar claro que: Se houve algo de ruim em fazer essa leitura foi apenas a saudade que eu ficarei dos personagens até que o próximo livro seja lançado. Por favor Editora Arqueiro Pleeease!

Enfim, vamos a resenha.

Lançamento: O Mundo encantado das Cores - Editora Butterfly

Oi gente, a Editora Butterfly também se rendeu ao encanto dos livros de colorir e está lançando no dia 29 de maio o livro O Mundo Encantado das Cores.

Confiram:






O mundo encantado das cores traz para você a oportunidade de redescobrir o prazer de imaginar e criar.
São diversas imagens com temas variados: animais, flores, mandalas, borboletas, pessoas, objetos e figuras abstratas.
Com essas imagens, selecionadas com muito carinho e impressas em papel de alta qualidade, você poderá fazer lindos quadros ou até mesmo presentear com uma de suas pinturas quem você ama.
E cada imagem é acompanhada de um pensamento, para você refletir enquanto colore.
Escolha suas cores preferidas e descubra um mundo de possibilidades.
Seja bem-vindo ao mundo das cores!
Pra comprar Acesse: Editora Butterfly

Resenha: Supernova- O encantador de flechas, de Renan Carvalho




Edição:
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581636795
Ano: 2015
Páginas: 440
Sinopse: Imersa em uma ditadura implacável, a isolada cidade de Acigam sofre com a ameaça da guerra civil. De um lado, a Guilda, um grupo que utiliza os ensinamentos da Ciência das Energias para exigir direitos para a população. Do outro, um governo tirano, resguardado por soldados especialistas em aniquilar magos — nome vulgar dado aos praticantes da tal ciência. No meio desse conflito vive Leran, que, após ser tragado para a rebelião, tenta aprender mais sobre sua misteriosa habilidade de encantar objetos com a energia dos elementos.
Com uma narrativa envolvente e reviravoltas incríveis, Supernova: O Encantador de Flechas é um livro que vai arrebatar os fãs de fantasia.

Resenha

Quando recebi meu exemplar em casa, suspirei pesadamente. Logo imaginei que seria mais um infanto-juvenil copiado de tantos outros.
Só de olhar a capa e ler a sinopse, a preconceituosa aqui pensou: lá vem mais uma distopia adolescente, provavelmente uma mistura sem sal de Harry Potter e Jogos Vorazes.
Não poderia estar mais equivocada (\o/ YAY!!!). A má impressão não resistiu à primeira página, e logo estava apaixonada, tamanha a habilidade da escrita do Renan.
Logo no princípio do livro, o autor deixa claro que, apesar de envolver magia, a revolta da trama é focada na luta financeira e política entre o Governo e os comerciantes que, apenas por acaso, também são  magos.

Divulgação: Vango - Entre o Céu e a Terra de Thimotée de Fombelle

A Editora Melhoramentos tem o prazer de nos apresentar Vango - Entre o Céu e a Terra.
"Um romance que celebra a amizade entre as nações e como ela pode triunfar sobre o totalitarismo.” – Books for Keeps

Salvar a pele e, ao mesmo tempo, descobrir a própria identidade: esses são os grandes desafios de Vango. Ao ler esse thriller histórico, ambientado no conturbado período entre as duas grandes guerras mundiais, somos impelidos a fugir com esse rapaz órfão de 19 anos que desconhece sua origem e tenta entender por que a polícia e um franco-atirador estão em seu encalço.

A narrativa começa na solenidade em que Vango e outros seminaristas seriam ordenados padres na Catedral de Notre-Dame, em Paris. O assassinato do padre Jean, seu protetor, desencadeia a perseguição ao rapaz, suspeito do crime, que empreende uma fuga espetacular ao escalar nada menos do que os famosos vitrais da catedral. Essa cena é apenas um exemplo da aventura de que é feita toda a saga, em que acompanharemos nosso protagonista em situações e lugares improváveis – pulando de um trem em movimento, escondido na copa das árvores num bosque da Escócia ou dependurado num zepelim sobre um vulcão.

Resenha: Elevador 16 - Rodrigo de Oliveira







Ficha Técnica Edição: 1
Editora: Faro Editorial
Ano: 2014
Páginas: 70
Sinopse:
Estamos em 2017.
Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, eles asseguram que passaria a uma distancia segura. E todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer...
Mas não podiam estar mais enganados.
No dia em que o planeta estaria mais visível, enquanto todo mundo se preparava para observar o fenômeno a olho nu, um grupo seguia para um compromisso chato: trabalhar num sábado na empresa de processamento de dados, pois estavam com muitos projetos atrasados.
Na hora do almoço, 16 pessoas entram no elevador... mas ele para entre dois andares. As comunicações não funcionam, nem alarmes, nem celulares, ninguém aparece para ajudar. E eles não sabem que, em todo o mundo, algo muito estranho aconteceu. Em poucos segundos, 10 pessoas caem num surto coletivo, como que desmaiadas. Entre o desespero, tentativas de busca por ajuda, um deles começa a abrir os olhos, mas eram olhos vazios, olhos do mal...

Resenha

Há quem chame de conto, eu classifico Elevador 16 como uma novela, pois um conto pra mim tem no máximo 15 páginas e o livro em questão tem 70, mas enfim nomenclaturas são irrelevantes e o importante num livro é sempre a história.

Resenha: A Rainha da Primavera - Karen Soarele (Coleção as Crônicas de Myríade)

Oi gente, hoje eu trago pra vocês uma resenha encantadora e especial pois é a resenha do nosso primeiro livro em parceria com a autora Karen Soarele.
Venham conhecer a minha opinião sobre a obra e espero conseguir mostrar para vocês o quanto eu gostei do livro e despertar em vocês a vontade de lê-lo.






Ficha Técnica

Edição: 2
Editora: Cubo Mágico
ISBN: 9788565337045
Ano: 2014
Páginas: 100
Sinopse:
A Rainha da Primavera - Quando os estandartes inimigos se aproximam, apenas a magia do escolhido é poderosa o suficiente para proteger o reino de Hynneldor. Contudo, a princesa herdeira desapareceu há muitos anos, e aqueles que ousaram procurá-la jamais retornaram. Mas a esperança é uma arma poderosa, e a descoberta de uma jovem na misteriosa Ilha de Ashteria pode mudar o destino de todos.


Resenha: Dominados - Mila Wander

Oi gente, hoje eu venho trazer a resenha do nosso primeiro livro, lido em parceria com a Qualis Editora. Essa foi uma leitura que em partes me agradou e em partes não. Por isso não foi uma resenha muito fácil de fazer, espero conseguir ser bem clara pra vocês.
Me acompanhem!





Ficha Técnica
Edição: 1
Editora: Qualis editora
ISBN: 9788568839027
Ano: 2015
Páginas: 490
Sinopse:
Dominados - Laura Diniz está concorrendo a um cargo na diretoria da Construtora Marcos Delacox.
Henrique Farias também.
Laura Diniz é orgulhosa, ambiciosa, poderosa e viciada em desafios.
Henrique Farias também.
Laura Diniz é uma dominatrix fatal.
Henrique Farias é um dominador intenso.
O JOGO DE PODER E SEDUÇÃO SÓ ESTÁ COMEÇANDO...

Lançamentos Editora Vida e Consciência

Oi gente, eu sei que a Mandy, já passou por aqui hoje e interagiu com vocês, mas eu não podia deixar de vir trazer pra vocês as novidades da nossa querida parceira a Editora Vida e Consciência.
Confiram:






A hora é agora – Zibia Gasparetto

Zibia Gasparetto escreve sobre questões atuais, englobando temas como felicidade, solidão, depressão, mediunidade, vida após a morte, poder da fé, violência e corrupção. São textos para refletir e perceber que a vida sempre trabalha a seu favor, contudo, a melhora de seu espírito ainda é uma responsabilidade sua. À medida que aprende, você conquista seu progresso. Ninguém pode fazer isso por você. A hora é agora!


 




Verdadeiros laços - Rose Elizabeth Mello

Três amigas inseparáveis e de personalidades distintas veem suas vidas tomarem rumos completamente opostos após serem confrontadas com acontecimentos inesperados. Em meio a encontros e desencontros, sorrisos e lágrimas, Rhanya, Maria Clara e Laura aprenderão que o amor e a amizade podem superar qualquer obstáculo e que os verdadeiros laços de afeto são capazes de atravessar o tempo, pois jamais são desfeitos. Uma história encantadora sobre o poder da amizade sincera e os verdadeiros valores da vida.
 

 




Coragem para viver – Marcelo Cezar

Você tem ideia de como você se vê? Já parou para refletir sobre suas crenças a respeito de amor, trabalho, relacionamento, dinheiro, família e sexo? Coragem para viver conta a história de pessoas que, dominadas pelas ilusões do mundo, tomaram medidas extremas para solucionar seus problemas e chegaram ao fundo do poço, mas cada uma, à sua maneira, deu a volta por cima e redescobriu o verdadeiro gosto pela vida. 

Como sempre me vejo babando por cada capa, e sem saber escolher que história eu quero ler, pois uma sempre me chama mais atenção que a outra. Como eu não canso de dizer, amo essa temática espírita que é tão envolvente, cativante e nos traz sempre tão belas lições de vida!
Espero que tenham curtido e Beijos.

TAG - Confissões de um Bibliófilo

Xemt, eu tô respondendo Tag SIM. Mijulguem, eu adoooooro isso! E ainda mais que foi a Val quem me marcou nessa, tá boa que eu não ia fazer. ( Tiamu Val! <3)
Vamos à Tag, então, né filha? Para de surtar!
1 - Qual é o gênero de literatura que você se mantém longe?  

"Hot" tem que ser sensacional pra eu não odiar. As cenas de sexo são tão surreais, é tudo tão absurdo... enfim, Young Adult e o Tal do Sick Lit também não costumam me agradar, não. Aliás, qualquer livro que na sinopse já se pareça com 26548948414844187 outros, eu tô descartando.
  
 2 - Qual é o livro que você tem na estante e tem vergonha de não ter lido? 

Nenhum, eu acho. Eu costumo ler o que já tá em casa antes de comprar mais, porque sou pobre, mesmo. Mas um livro que tá na estante do mundo, e eu tenho vergonha de não ter lido é o Laranja Mecânica. Preciso consertar isso....
  

3 - Qual é o seu pior hábito enquanto leitor(a)? 

Vish, vários. Abandonar leitura que eu não gosto pela metade, ler páginas isoladas do livro pra decidir se eu gosto, ir morar na Lua quando to lendo e não lembrar nem de tomar banho, que dirá escutar a mãe contando a história que aconteceu no trabalho, e zás.

Parceria L&PM Editores

Oi gente, hoje eu venho com muita alegria apresentar a vocês a nossa nova editora parceira a L&PM Editores. Uma editora que é muito querida por nós, não só porque lança livros maravilhosos de autores renomados, que nós amamos como Agatha Christie, Charles Bukowski, Jack Kerouac (que eu ainda não li, mas só ouço falar muito bem), Martha Medeiros, entre outros. Mas também porque a L&PM foi a percursora no lançamento de livros em formato Pocket (de bolso) e assim popularizaram o acesso a literatura, distribuindo livros mais baratos, para quem não pode (ou não quer) gastar muito.

Então vocês podem imaginar o grau de animação dessa que vos escreve, né?
Pois é! Podem esperar que em breve eu trarei novidades da editora pra vocês.

Agora conheçam um pouco mais da editora :)

Resenha :Mafalda vol. 1 a 10, de Joaquín Salvador Lavado- Quino











Edição: ***
Editora: Martins Fontes
ISBN: ***
Ano: 2001
Páginas: ***
Sinopse: O caráter universal das tiras de Quino faz com que, no mundo inteiro, as crianças de hoje e as que sobrevivem em cada um de nós se identifiquem com a personagem na oposição às injustiças dos homens, no inconformismo com o absurdo das ditaduras, na perplexidade diante do irracional cotidiano. Nesta edição, os álbuns são encadernados e em cores feitos para colecionadores. Os títulos foram dados pela própria Martins Fontes inspirados em algumas tiras de cada volume.



Minha opinião:

Há muito tempo eu venho tentando fazer fusquinha da minha coleção da Mafalda (Velha, suja e arrebentada, de tanto que já foi lida.) pra vocês.


E acho que só isso mesmo, porque quem sou eu pra meter bedelho na obra do Quino, né gente?
Se você vive neste planeta, com certeza já viu essa menininha, mesmo que não saiba bem quem ela é.
Eu sempre me espanto com a forma como as tirinhas de Quino simplesmente não envelhecem. A política, o mundo as pessoas no geral continuam tão ruins quanto eram há 50 anos atrás.

Resenha: Kitty - Elle S.

Oi gente, hoje eu venho trazer pra vocês a resenha da minha ultima leitura. Kitty, chegou sorrateira e me ganhou facilmente, tenho certeza de que ela vai conquistar vocês também. Então me acompanhem na leitura dessa resenha e venham se apaixonar por essa gatinha, também!

Feliz dia das Mães e Resenha: Os Segredos de Colin Bridgerton – Julia Quinn

Primeiramente antes de começar a resenha quero parabenizar tosas as leitoras que são mães assim como eu.




E a resenha que eu trago hoje é a do 4° livro da série Os Bridgertons, que traz a história de uma família enorme e super unida que tem tudo a ver com a ocasião.

Parabéns Violet Bridgerton ♥
 


Ficha Técnica
Edição: 1
Editora: Editora Arqueiro
ISBN: 9788580413076
Ano: 2014
Páginas: 336
Tradutor: Cláudia Guimarães
Sinopse:
Os Segredos de Colin Bridgerton - Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres.
Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade.
Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum.
Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente.
No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz.
Em "Os segredos de Colin Bridgerton", quarto livro da série Os Bridgertons, que já vendeu mais de 3,5 milhões de exemplares, Julia Quinn constrói uma linda história que prova que de uma longa amizade pode nascer o amor mais profundo.

Quase uma resenha: Offline e os famigerados livros de colorir.

Daí que eu finalmente estou conseguindo voltar a ler, mas não sem um pequeno "empurrãozinho" do universo.
A digníssima senhora minha mãe, que andava tendo problemas com a GVT, resolveu cancelar o contrato. E foi assim: pá pum, de uma hora pra outra, eu era uma pessoa desconectada e  sem TV.
Ok, vamos lá: sem TV, tudo bem. Sem internet, a gente aguenta, mas eu ia ficar SEM TV NEM INTERNET, sozinha em casa. Sim. Eu, a pequena pessoa com depressão/ síndrome do pânico/ ansiedade/ bipolaridade/ tem mais algum CID psiquiátrico pra me atribuir?
Surtemos  Oremos.
OK. Respira, pega um livro pra ler, vai dar tudo certo, se a NET tiver agenda pro técnico vir aqui ainda essa semana vai ser SUSSA. RELAXA.
RELAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAXAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.
O livro de quase 400 páginas não dura nem o dia todo, liga minha irmã tão maravilhosa (às vezes) dizendo que tem uma surpresa. Eu já sabia o que era.
Eu e minha irmã sempre dividimos Almanacão de Férias da Mônica, e eu já estou na quarta ou quinta caixa de lápis aquarelável (gente, tão dizendo que nem se acha mais deles, tamanha a febre dos livros de pintar), desde que deixei de ser oficialmente criança. Nada mais natural pra nós do que ficar pintando até meia noite num dia sem TV.
Eu morria de curiosidade de ver como eram esses livros, se tinha só desenho mesmo, se o formato de livro não ia atrapalhar na pintura (atrapalha), então resolvi mostrar, a quem interessar possa, como são esses dois, pelo menos.

Aqui vai.

Nova Parceria Dill Ferreira autora de Xeque-Mate

Oi gente, hoje eu venho apresentar pra vocês mais uma autora que firmou parceria com o blog recentemente, Eu já deveria ter feito essa postagem, mas acabei me confundindo e esqueci de postar (na verdade pensei que já tinha postado - anta).
Mas, tem nada não posto agora sobre a fofa da Dill.



Dill Ferreira nasceu em Caiapônia Goiás, em 11 de julho e reside há mais de 20 anos em Rio Verde, no mesmo estado. Escritora dos gêneros romance e infantil, Dill Ferreira possui 04 obras publicadas. Seu primeiro livro Casamento por Aparências recebeu o premio Interarte Goiás, como um dos melhores romances do ano de 2.012. NEO Acadêmica da Academia de Letras de Goiás. Dill Ferreira é Formada em Administração de Empresas, casada e tem um filho.
Acompanhe a autora Blog da Autora | @dillfferreira |Facebook| Skoob|Wattpad









Editora: Modo
Ano:
2014
Páginas:
316
Sinopse:

Depois de conhecer o belo e misterioso Marcus, no badalado Carnaval carioca, e ser abandonada por ele, Thaissa retoma sua rotina carregada de boas lembranças e um desejo intenso de algo que ficara inacabado e a atormentava constantemente. Enquanto tentava, sem sucesso, esquecer-se das carícias e dos beijos que partilharam surge a sua frente o novo sócio da empresa de seu pai. E ele é nada mais nada menos que Marcus, o homem que tumultuava seus pensamentos. Começará aí um jogo de paixão, luxúria, mágoa e intrigas. Em que o destino, usando de suas artimanhas, lhes colocará frente a frente para o confronto final. Onde vencerão juntos, ou ambos sairão perdedores. Quem será o grande vencedor nesse jogo de amor? 



Outras Obras Publicadas:
Casamento por Aparências - (romance)
Amor, Indeciso amor - (romance)
Niquito, o cão jardineiro - (infantil)

E aí já conheciam a autora? Interajam conosco comentando ^_^
Beijos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...