Resenha: Vozes do Retrato - Quinze Histórias de Mentiras e Verdades, de Dalton Trevisan

30 abril 2015

Edição: 8ª - 4ª impressão
Editora: Ática
ISBN: 8508037627
Ano: 2002
Páginas: 64

Sinopse: Os quinze contos deste livro- que constituem algumas das obras-primas da arte de escrever de Dalton Trevisan - não foram reunidos por acaso. São histórias que formam um autêntico retrato de crueldades da vida. Personagens comuns - muitos deles João e Maria - vêem-se enredados em situações de conflito, mostrando a face trágica da convivência humana.
Mentiras e verdades participam aqui do mesmo jogo. Pode um filho matar o pai e sentir alívio? Podem os bêbados deitar-se para morrer na terra como os elefantes? Até que ponto pode uma mulher humilhar-se frente a um homem? Nestas páginas, o notável escritor paranaense demonstra ser um retratista implacável dessas e de muitas outras situações. Seus textos mostram a realidade como ela é. Suas frases curtas e objetivas não se desviam do alvo: relatar as tragédias de pessoas comuns, criando pequenos retratos de uma vida cruel. 

Lançamentos Editora Petit

29 abril 2015

Voltei, galera.
Agora trago os lançamentos da Editora Petit, um livro mais lindo que o outro confiram!




Quando o Amor e o Destino se Encontram
Autora: Izabel Gomes

Nesta história, Elizabete, uma jovem mãe desencarna precocemente, deixando esposo Mário e uma filhinha de sete anos, Mariana, que é paraplégica. Violeta, a mãe de Mário, tem por ele um amor possessivo, não se importando com a neta e o próprio esposo, Joaquim. Porém, a fim de ajudar o filho a cuidar de Mariana, contrata Sofia como babá, uma jovem carismática, que cursa faculdade de Enfermagem. Mas Violeta sente muito ciúmes do filho e evita que a babá se aproxime dele. Sofia tem estranhos sonhos que lhe revelam uma linda história de amor, porém com um trágico final, entre um jovem casal que viveu no século 19, em meio à impiedosa Guerra do Paraguai. A babá procura o seu tio Breno, um professor de Filosofia e profundo conhecedor sobre espiritualidade e espiritismo. Breno a esclarece sobre o cotidiano do ser humano, pela visão espírita. Do outro plano da vida, Elizabete intui a filha, Mariana, que passa a ajudar Mário e Sofia a se comunicarem por meio de cartas. Violeta, quando descobre essa situação, começa a arquitetar um plano para eliminar do caminho Sofia.




O Poder da Espiritualidade
Autor: Willian Sanches

Quem tem medo não é corajoso?
Novo livro do palestrante William Sanches ensina e desafia o leitor a enfrentar a própria insegurança
O paulista William Sanches sempre admirou pessoas corajosas. Aquelas que não se escondem na multidão para não serem escolhidos, aquelas que mostram a cara e se jogam por completo em tudo. Intrigado com esse “tipo” de pessoa ele passou a estudar sobre o tema. E na busca pela resposta, ele chegou a seguinte reflexão: a coragem não é ausência do medo e sim o enfrentamento dele.
Inspirado pelo assunto, William Sanches traz O poder da Espiritualidade, um livro para todas as pessoas, afinal, como o próprio autor afirma, todo mundo é corajoso, mas tem gente que ainda não descobriu isso.
Publicação da Petit Editora, a obra é repleta de orientações e conselhos de Sanches que é um consagrado professor e mestre quando se trata de espiritualidade. William é famoso por ajudar pessoas que estão passando por dificuldades e até doenças. Ele realiza palestras pelo Brasil inteiro e seu público já passou a marca de 500 mil pessoas.
“Não fique esperando a chave certa para abrir a porta, a pessoa certa para ser feliz, o emprego ideal para o qual se dedicar. Quando descobrir o seu segredo interior, as coisas começarão a fluir para você”.




Pescadores de Almas
Autora: Walkiria Kaminski

Pescadores de almas é, antes de mais nada, um relato corajoso e surpreendente da vida e da obra da médium psicopictográfica Walkiria Kaminski, que iniciou o movimento Arte Cura no Brasil. “Quanto à questão de as obras estarem ou não dentro dos princípios estéticos e dos padrões de beleza, é preciso que compreendas que a beleza tem muitas faces. Em nosso caso, aquilo que se pode considerar como feio ou sem sentido é de uma grande conquista para os sofredores, sejam eles encarnados ou desencarnados. A Arte que trazemos conosco é arte curativa” (trecho da obra; transcrição do mentor espiritual da autora).




Evoluir é Simples, Nós é Que Complicamos
Autora: Manolo Quesada

Dividida em nove capítulos, a obra aborda de maneira bastante singela e objetiva como o ser humano pode... evoluir sem complicar! O autor se apoia em vários textos bíblicos, passagens das obras básicas de Allan Kardec e pensadores em geral, e convida a todos a ter uma postura de reflexão e mudança perante sua existência terrena, sempre com o objetivo de progredir, melhorar e evoluir.
Evoluir é simples, nos é que complicamos é um convite para que estejamos abertos às ocasiões e momentos oportunos que a vida nos oferece, tanto para o plano terreno como para o plano celestial, visto que “passamos por diversas fases, todas necessárias, pois precisamos aproveitar todas as oportunidades para efetivar em nós todas as coisas que já temos e que ainda não descobrimos”, assim nos esclarece de modo muito generoso o autor.

E aí curtiram???
Eu adorei, um livro com uma mensagem mais linda que a outra, vou deixar a resenha que vou trazer pra vocês como surpresa. Não deixem de vir conferir depois e deixar suas opiniões sobre os lançamentos nos comentários :*

Lançamentos Editora Butterfly

Oi gente, como prometido hoje eu trago pra vocês os lançamentos da Editora Butterfly, vem conferir!




O segredo de Indie
Autor: Tara Taylor & Lorna Schultz Nicholson

O Segredo de Indie conta a história de uma garota aparentemente comum: ela frequenta a escola, tem um grupo de amigas, toca guitarra e é apaixonada pelo novo garoto que acabou de chegar ao colégio. Porém... ela tem algo diferente.
Desde criança, Indie vê e sente coisas que ninguém mais vê ou percebe: são espíritos e visões sobre seus amigos e sua família. Ela sabe o que vai acontecer com eles e não tem como evitar tais eventos.
Lutando desesperadamente contra esse dom, o esconde de todos, com a esperança de que um dia ele desapareça. Afinal, como toda garota de sua idade, Indie tem um mundo de descobertas pela frente e quer viver exatamente como qualquer pessoa “normal”. Mas será que esse é o seu caminho?
Deixe-se envolver por estas páginas para desvendar os mistérios e os segredos de uma garota comum...

Trilogia Sevenwaters
Autora: Juliet Marillier




Filha da floresta


O domínio de Sevenwaters é um lugar remoto, estranho, guardado e preservado por homens silenciosos e criaturas encantadas, além dos sábios druidas, que deslizam pelos bosques vestidos com seus longos mantos...
Passada no crepúsculo celta da velha Irlanda, quando o mito era lei e a magia uma força da natureza, esta é a história de Sorcha, a sétima filha de um sétimo filho, o soturno Lorde Colum, e dos seus seis amados irmãos, vítimas de uma terrível maldição que somente Sorcha é capaz de quebrar. Em sua difícil tarefa, imposta pelos Seres da Floresta, a jovem se vê dividida entre o dever, que significa a quebra do encantamento que aprisiona seus irmãos, e um amor cada vez mais forte, e proibido, pelo guerreiro que lhe prometeu proteção.




Filho das sombras

Filho das Sombras narra a história da jovem Liadan, que, tal como a sua mãe, Sorcha, herdou a habilidade de falar com os espíritos da floresta, os quais lhe segredam que ela deve permanecer, para sempre, em Sevenwaters, se quiser que as ilhas Sagradas sejam retomadas dos bretões.
A Irlanda está numa avassaladora guerra, onde um misterioso homem é temido e reconhecido como um mercenário feroz. E, assim como sua mãe no passado, ela acaba por ser capturada e sente-se cada vez mais atraída pelo ser das sombras, apesar de saber da maldição da profecia que Seres da Floresta lhe preveniram...




Filha da profecia


Fainne é criada pelo pai, Ciarán, em uma terra distante. Mas ao se tornar adolescente é visitada pela avó, a malévola feiticeira Lady Oonagh, que a obriga a embarcar em uma terrível missão: infiltrar-se na família, em Sevenwaters, e impedir que seu tio Sean e seus aliados reconquistem as Ilhas sagradas, invadidas há gerações pelos escandinavos. Educada pelo pai usando seus dons de magia para o bem, ela agora se vê forçada a usar de artimanhas e maldade para atingir os objetivos de vingança de sua avó.
A grande batalha de Sevenwaters e o destino da humanidade estão agora em suas mãos.


E ai, curtiram??? Eu já tô cheia de vontade de ler todos!
Logo mais eu posto as novidades da Editora Petit, e em breve trago a vocês a resenha do primeiro livro da Trilogia Sevenwaters

Da falta de vergonha na cara, da ressaca literária e muito mais...

28 abril 2015

É isso mesmo, Brasil? Feriado prolongado aí pra ler o mundo inteiro, e a Amanda não vai resenhar nada?
Sim, é.
Mea culpa, mea maxima culpa.
Na verdade, culpa de Mel e Amêndoas.
E também culpa de um feriado glutão na praia, de uma infecção no dente do siso, de babado, confusão e gritaria que tá rolando na minha vida e simsimsim! Um pouco de falta de vergonha na cara. Huahauhuauhauha.
Eu me envolvi tanto com Mel e Amêndoas que não estou conseguindo entrar em outras leituras. Foram umas quatro ou cinco tentativas, todas miseravelmente falhas.
Acho que perdi meus superpoderes de leitora.
Acho que vou chorar e me enforcar no pé de couve. Acho que quero ler Mel e Amêndoas de novo.
Quero roubar O Poeta da Madrugada da Kris. Quero dormir e só acordar quando minha vida estiver parecendo algo minimamente normal.
Parece que está tudo estagnado na vida, e olha que eu tô fazendo terapia, eft, passe, macumba, dando três pulinhos e o escambau pra tentar sair disso. A única coisa que fluía era a leitura, e agora ela parou também.
Eu não sei se isso é macumba, Lei tríplice,  feitiço, karma ou o quê, minha gente. Mas estejam avisados: eu vou sair disso, e aí ninguém me segura.
Se preparem, porque eu voltarei resenhando até o chão!
 E de preferência rica, sem depressão e com um boymagya do lado. Huahauhauahua





Divulgação : Novidades Birutas!

25 abril 2015

Genteeeeeee!
Cês tão todos sabendo que eu tô enlouquecida com essa parceira e seus livros lindos, né? 
Pois fiquei mais doida ainda quando vi que a Biruta está com mais dois lançamentos. Huahauhauahuahau!
Dêem uma olhada nas capas e sinopses lindas dessas duas fofuras:

Lançamento - Antônio Descobre Veredas


Antônio é um adolescente como os outros: cansado da escola, dos amigos e da maneira infantil com que seus pais o tratam. No entanto, um trabalho da escola sobre o livro Grande Sertão: Veredas o coloca em contato com um grupo de jovens, do extremo sul da cidade de São Paulo, que conquistou sua independência e criou uma comunidade inspirada em Veredas.
Esse encontro vai mexer com os valores e a maturidade de Antônio. Vamos acompanhar de perto como será sua transformação, sua relação com as pessoas próximas e aquilo que ele aprenderá com a leitura da obra?
















Lançamento - O dia em que Felipe sumiu


​Um lago poluído intriga uma turma de crianças curiosas. Como é o mais dramático e preocupado de todos, Felipe acorda um dia e resolve começar sozinho sua caçada para descobrir como e por que o lago ganhou toda essa sujeira. Foi bem nesse dia que Felipe sumiu!
Em sua busca vão seus pais, seus três amigos (Dora, Farelo e Hipotenusa), seu cachorro banguela – o Tobias, um capitão de polícia e um cabo meio atrapalhado e de intelecto duvidoso. Mas, afinal, quem dará fim a toda a angústia da família?

Conheçam esse divertido mistério da autora Milu Leite!
















É muita fofura, muita lindeza, muito amor!

Beijos dessa pessoa duplamente Biruta que vos fala. Huahuahauhauha!

Maratona Literária #24HorasX2 - Andamento

Oiee gente, eu resolvi participar da maratona #24HorasX2 e nem deu tempo de avisar por aqui.
Ai, vocês devem estar se perguntando: What a fuck? Calma que eu explico.



A Maratona 24 Horas (x2): Robôs vs. Unicórnios, é organizada pelos dois Vitors, o que publica o Geek Freak e o Vitor Martins.

A Maratona 24 Horas (x2) é um desafio de LEITURA INTENSA durante 24 HORAS, e está acontecendo hoje e amanhã. Mas pra algumas pessoas ele vai ser de 48 horas pois podemos escolher o time e o dia que queríamos participar.

Eu sou #TeamUnicornio

Novidades - Parceria com as editoras Petit e Butterfly

24 abril 2015

O olá leitores, agora a tarde eu recebi uma maravilhosa notícia e tive de vir correndo compartilhar com vocês, fomos selecionados para parceiros de duas editoras que eu gosto muito, pois fazem o diferencial no mercado literário nacional, A Petit Editora e a Butterfly Editora.

Conheçam agora um pouco mais dessas duas editoras, que eu terei o maior prazer de a partir de apresentar as novidades a vocês.
 




Petit editora

A Petit Editora iniciou suas atividades em 1982, na cidade de São Paulo.

No ano de 1990, seus fundadores, resolveram direcionar a editora para atender, com exclusividade, a demanda por obras espíritas, pois naquela época, o livro espírita estava restrito apenas aos centros espíritas.

A partir de então, os fundadores da Petit, profissionais da área de comunicação publicitária e conhecedores do marketing editorial, iniciaram suas primeiras edições, as quais chamaram a atenção do mercado editorial pela criatividade de suas capas e a qualidade de seus projetos gráficos.

Esse foi o ponto de partida para colocar o livro espírita nas livrarias comerciais e então atrair os leitores, colocando assim o livro espírita em local de destaque no meio livreiro. O livro espírita tem um cuidado a mais, pois passa por avaliadores doutrinários que analisam as obras para que estas levem a mensagem ao leitor de forma compatível com a grandeza de seu conteúdo. Em meio a essa trajetória, cada um dos profissionais que dela participa contribui com sua vibração pessoal e temos uma certeza, acrescenta emoção aos corações dos leitores. A Petit Editora acredita que a maior recompensa a essa dedicação será sempre o reconhecimento público pelo trabalho realizado, compromisso esse estampado ao lado da logomarca escolhida para representar 30 anos de trabalho e dedicação: Porque ler vai mais além...










Com dez anos de sucesso, a Butterfly Editora é um selo da Petit Editora.

A proposta editorial da Butterfly é abrir um espaço para que a imaginação literária possa alçar voo alto sem medo de ser diferente. A borboleta – ágil e multicolorida –, um símbolo de transformação representada em nossa logomarca, projeta-se no espaço, agitando-se em liberdade, independente, voando na direção de seus sonhos, vislumbrando um amplo horizonte de harmonia e beleza.

Nesta metáfora, que certamente reflete o desejo de todos nós, espelhamos nosso objetivo: movimentar sentimentos, agilizar ideias, provocar raciocínios e reflexões... Para que esse objetivo converta-se na realidade que você vê nas lojas, obras selecionadas – do Brasil e de outros países – são transformadas em livros que procuram seduzir o leitor, pela riqueza do seu conteúdo e pela beleza de suas capas.

No Brasil, fomos a primeira editora a falar de bullying e de crianças índigo. Romances e trilogia de sucesso encantam nossos leitores... Nosso grande potencial é identificar temas que não apenas agradem ao público, mas que também agreguem valor e inspiração ao seu dia a dia.

Ao identificar o selo Butterfly, tenha a certeza de que verá o desafio de juntar o entretenimento, a sabedoria, a informação e a filosofia de um novo ideal para nosso público.

Aceite nosso desafio. Leia o diferente.
 
Em breve postarei para vocês os lançamentos da editora.
Vocês já a conheciam, já leram algum livro delas, qual, curtiu? Não deixe de compartilhar conosco suas opiniões elas são de extrema importância.
Beijos!

Contextualizando - Utopia x Distopia

Não, essa não vai ser a luta do século. Hoje vamos fugir da sequência de resenhas no blog e vamos conhecer um pouco mais de dois gêneros literários bem famosos entre os leitores. A Utopia e a Distopia. Acho que quase todo mundo já ouviu falar deles e sabe que um antagoniza o outro, mas hoje vocês poderão entender mais disso em um contexto histórico.



Hoje você está presenciando o nascimento da nossa nova coluna: Contextualizando e espero que gostem.

Clique em Leia mais e enjoy

Resenha: O Poeta da Madrugada - Alceu Valença

23 abril 2015




Ficha Técnica

Edição: 1
Editora: Chiado Editora
ISBN: 9789895127726
Ano: 2015
Páginas: 108

Sinopse:
O Poeta da Madrugada - Um dos mais expressivos representantes da música popular brasileira, Alceu Valença faz agora sua estreia como autor em O Poeta da Madrugada, simultaneamente lançado no Brasil e em Portugal.
A publicação reuni poemas escritos desde 1969 até os dias de hoje, além de letras de músicas como Cambalhotas e Sino de Ouro.

Quando O Poeta da Madrugada chegou, foi como se ele tivesse trazido dentro de si o brilho de uma manhã de primavera. Assim que abri o envelope, meus olhos se encheram de luz e a minha alma de viço. Larguei tudo o que eu estava fazendo para devora-lo!

Sentiram a poesia???
Pois, é. Essa resenha vai ser toda assim, porque O Poeta da Madrugada é poesia pura, em sua forma mais brutal, encantadora e avassaladora. Esse livro é Música Pros Olhos.

Vem comigo...

Resenha: Mel e Amêndoas de Maha Akhtar

22 abril 2015

Edição: 
Editora:Planeta
ISBN:  9788542201307
Ano: 2013
Páginas: 448

SinopseO destino e as histórias de seis mulheres acabam se cruzando em um salão de beleza em Beirute, e elas compartilham momentos de solidão, felicidade, medo e frustração. Mouna Al-Husseini, a atrevida proprietária do salão Cleópatra, luta para sobreviver com o pouco dinheiro que ganha, além de ter de aguentar a rispidez de sua mãe, que a repreende por nunca ter se casado. Já Amal, sua tímida assistente, mantém um segredo a sete chaves. Do outro lado do balcão, suas novas clientes desenvolvem um sentimento de profunda amizade, apesar de suas diferentes procedências sociais, religiosas e culturais; Imaan Sayah, uma importante diplomata libanesa, Nina Abboud, vítima da guerra que ainda não conheceu o verdadeiro amor, Lailah Hayek, uma ex-Miss Líbano infeliz no casamento, e Nadine Safi, esposa de um ex-embaixador e dona de uma calorosa personalidade.


Resenha: Presságio - O Assassinato da Freira Nua de Leonardo Barros

20 abril 2015



Ficha Técnica
Edição: 1
Editora: Novo Século
ISBN: 9788576798040
Ano: 2012
Páginas: 224
Sinopse:  
Alice tem 26 anos e, desde a adolescência, é atormentada por presságios. Desacreditada por psiquiatras, ela é considerada psicótica, até que uma de suas visões a possibilita desvendar um misterioso homicídio. A polícia atribui a autoria do crime ao Beato Judas, um assassino serial de freiras, mas a descrição do suspeito não se parece em nada com o homem que ela viu em sua premonição. Agora, Alice terá de correr contra o tempo para provar que não é louca e para evitar que o assassino faça uma nova vítima. Suspense, misticismo e sensualidade se misturam neste fantástico thriller policial que parece ter a capacidade sobrenatural de manter seus leitores alucinados da primeira à última página.

Resenha

Olá leitores, hoje eu trago a vocês mais uma resenha de livro nacional. E dessa vez o livro é um Thriller que mescla suspense e fantasia, num enredo sensual, ousado e misterioso que acaba por proporcionar uma leitura fluída e bem interessante.

A História começa com uma ocorrência policial, onde a vítima é uma freira, a irmã Bianca. Ela foi violentada e brutalmente assassinada, as investigações começam e o provável suspeito do crime fica bem claro. Na sequência outro crime acontece e é aí que conhecemos Alice, uma jovem de 26 anos que carrega um estranho fardo. Ela é uma espécie de oráculo que tem visões quando alcança o êxtase. Ela procura inúmeros psicólogos e em todos recebe sempre o mesmo diagnóstico, porém consciente de que não está louca, ela nunca os aceita.

Resenha: A Máquina de Contar Histórias - Maurício Gomyde

17 abril 2015



Ficha Técnica
Autor(a):
Maurício Gomyde
Gênero:
LITERATURA NACIONAL
Páginas:
192
ISBN:
9788581635040
Sinopse:
Na noite em que o escritor best-seller Vinícius Becker lançou A Máquina de Contar Histórias , o novo romance e livro mais aguardado do ano, sua esposa Viviana faleceu sozinha num quarto de hospital. Odiado em casa por tantas ausências para cuidar da carreira literária, ele vê o chão se abrir sob seus pés. Sem o grande amor da sua vida, sem o carinho das filhas, sem amigos... O lugar pelo qual ele tanto lutou revela-se aquele em que nunca desejou estar.
Vinícius teve o mundo nas mãos, e agora, sozinho, precisa se reinventar para reconquistar o amor das filhas e seu espaço no coração da família V.
Uma história emocionante, cheia de significados entrelaçados pela literatura, mostrando que o amor de um pai, por mais dura que seja a situação, nunca morre nem se perde.

Resenha


Oi gente, eu recebi a oportunidade de ler a máquina de contar histórias em parceria com o autor Maurício Gomyde. Já fazia um tempo que eu tinha interesse de fazer essa leitura, pois só ouvir falar bem do livro por blogueiras que eu curto e respeito muito a opinião literária, como a Val do Torpor Niilista, por exemplo. Inicialmente fiquei relutante com a história, mas em seguida ela conseguiu me conquistar completamente.

A Máquina de contar histórias conta a história de uma família enlutada e em meio ao caos, em busca de se reencontrar e refazer os laços que o tempo acabou por romper com negligencia, descaso, abandono e muita mágoa.
Vinícius é o patriarca da família V, um famoso escritor que passa a vida para escrever e lançar seus livros, viajando de lugar em lugar, de lançamento em lançamento e acaba assim deixando de lado a sua família quando ela mais precisa.
Sua esposa Viviana está morrendo no hospital, acompanhada por Valentina sua filha mais velha. Ela tem leucemia em fase terminal e pode partir a qualquer momento. Enquanto isso Vinícius está viajando para divulgar seu último livro, entre festas e noites de autógrafos. Na noite em que Viviana parte ele está incomunicável e apenas no dia seguinte recebe a notícia partindo rapidamente para casa.

Resenha: Intenso Demais - Trilogia Rock Star, de S.C Stephens

15 abril 2015




Edição:
Editora: Valentina
ISBN: 9788565859240
Ano: 2014
Páginas: 464
Sinopse:
O QUE FAZER QUANDO VOCÊ SE APAIXONA PELO CARA PERFEITO, MAS JÁ ESTÁ AMANDO O CARA CERTO?
Há quase dois anos, o namorado de Kiera, Denny, é tudo que ela sempre quis: apaixonado, carinhoso e totalmente dedicado. Quando os dois se mudam para outra cidade a fim de começar uma nova vida – Denny no emprego de seus sonhos, Kiera numa conceituada universidade –, tudo parece perfeito. Mas então, um imprevisto separa o feliz casal. Sentindo-se sozinha, confusa e carente, Kiera se aproxima de Kellan Kyle, o sexy e sedutor vocalista de uma banda de rock. No começo, ele é apenas um amigo em cujo ombro ela pode chorar suas mágoas, mas, à medida que sua solidão aumenta, o relacionamento ganha força. Até que, uma noite, tudo muda... e nenhum deles jamais será o mesmo.
Ela ultrapassou perigosos limites e agora não há mais volta. Traição, amor e paixão. Chegou a hora da decisão de uma vida.

A  Lilian Farias, do Blog Poesia na Alma mandou pra mim!!! Vem ver!!!!

Resenha

“O que fazer quando você se apaixona pelo cara perfeito, mas já está amando o cara certo?” é a pergunta estampada na capa de Intenso Demais.
A história do triângulo amoroso começa quando Keira e seu Namorado Denny, juntos há dois anos, decidem morar  juntos em Seattle, para que possam continuar próximos enquanto o rapaz consegue a vaga de estagiário na empresa dos sonhos. Sem ter muito dinheiro, os dois dividirão uma casa com Kellan, amigo de infância de Denny.
A partir daqui, não há como fazer a resenha sem spoilers, por mínimos que sejam. Acreditem. Eu odeio, mas não há outro jeito: Ou é spoiler, ou é resenha superficial sem sentido, e se há algo que eu odeie mais do que spoiler é resenha superficial sem sentido.
Bem, aqui vai:

Resenha: Fingindo - Cora Carmack

14 abril 2015






Ficha Técnica
Edição: 1
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581636665
Ano: 2015
Páginas: 336
Tradutor: Ana Death Duarte
Sinopse:
Por quanto tempo você consegue prender alguém?
Com seus cabelos coloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam... E eles nem sonham que a filha vive assim.
Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado.
Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida.
Um faz de conta com data marcada para terminar... E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você.

Olá People!
Hoje trago pra vocês a resenha de um livro que recebi através da parceria com a editora Novo Conceito e que eu simplesmente amei. Fingindo é um New Adult de linguagem e temática modernas, com um enredo sutil e envolvente. Ele faz parte de uma trilogia, que apesar de ser uma sequência pode ser lido aleatoriamente. Eu por exemplo, não li Perdendo-me (mas quero muito) e isso não influenciou em nada a leitura de Fingindo.

Resenha

Cade é um personagem reminiscente de Perdendo-me, ele foi o melhor amigo de Bliss e era perdidamente apaixonado por ela, agora está longe de casa tentando o mestrado na universidade de Belas Artes. Ele é praticamente o cara perfeito, inteligente, culto, estudioso, simpático e lindo. Mas, seu coração ainda está machucado pela decepção amorosa. Até o dia em que está num café e uma ruiva tatuada senta-se repentinamente em sua mesa.

Resenha: Filhos de Lilith - O Despertar de Elaine Velasco

13 abril 2015


Olá leitores, hoje eu trago para vocês a resenha do livro nacional que fez renascer a minha esperança na literatura vampiresca: Filhos de Lilith - O Despertar da autora Elaine Velasco e lançado pelo selo Madras Teen.

A História começa nos mostrando um jovem rapaz que cuida carinhosamente de uma jovem reclusa em um quarto, com medo da luz e medo de sair. O rapaz se chama Carlos e a jovem é Alice Layil e ela estava desaparecida durante um bom tempo, sua família a busca desesperadamente, só que ela se recusa a dar noticia a eles pois teme que dessa forma possa também estar dando noticias do seu paradeiro ao seu raptor.

Alice havia sido raptada por um belo e misterioso rapaz chamado Alejandro, ela não se recorda muito do seu tempo no cativeiro, a não ser do dia de sua fuga, o mesmo dia em que ela salvou a vida de Melissa e acabou indo parar na casa de Carlos, o namorado dela. Os três são antigos conhecidos dos tempos de colégio onde Carlos nutria um amor platônico por Alice, o que torna a relação desse triângulo conturbada e extremamente a flor da pele.

Resenha: Um Perfeito Cavalheiro - Júlia Quinn

11 abril 2015




Ficha Técnica

Edição:
1
Editora:
Arqueiro
ISBN:
9788580412383
Ano:
2014
Páginas:
304
Tradutor:
Cássia Zanon
Leia a Sinopse no Skoob




Resenha


Oi Gente, hoje trago para vocês mais uma resenha da série os Bridgertons da Julia Quinn. Dessa vez vou falar do livro três – Um Perfeito Cavalheiro. O Romance conta a história de como Bennedict, o segundo filho da família bridgerton (dá pra notar pelo nome) se apaixona.
O Tema que a júlia abordou dessa vez foi diferença social e pela época em que o romance se passa, vocês supõem o peso que isso tem na história, né?
Então, quando eu terminei de ler O Visconde que me amava (livro dois), eu li logo o primeiro capítulo e notei que a história se tratava de uma releitura do conto de fadas “Cinderela” e por isso adiei a leitura. Temi que o uso dessa temática, tão rebuscada dos contos de fadas, me pudessem fazer decepcionar com a autora.
Ledo engano.
Até que um dia decidi ler e pensei: “Que seja o que a Deusa quiser” e não me arrependi. A Julia como sempre me surpreendeu, com o rumo maravilhoso que ela deu a trama, a deixando com a cara de algo que só Julia Quinn poderia escrever. Simplesmente amei! (só pra variar)

Agora deixa eu contar um pouco dessa trama pra vocês!

Gritaram-me gorda!

10 abril 2015

Ai, çocorr, me chamaram de gorda! Vou lá comer uma coxinha que passa!
Eu tinha sete anos, sete anos apenas...
Victoria Santa Cruz que me perdoe pela quase heresia.
Mas é que eu resolvi falar sobre minha relação com a balança, e a construção dessa relação é muito parecida com a do poema cantado (de dar arrepios) "Gritaram-me Negra" dessa mulher maravilhosa. Longe de tentar comparar minha vivência com a dela, o título e citações desse texto são apenas uma forma singela de homenagem.
Pois bem, gritaram-me gorda. Não apenas um dia na rua. Em casa, na igreja, na escola, em todo lugar que ia... eu era a gordinha.  Gorda baleia saco de areia.

Lançamentos de Maio da Novo Conceito

09 abril 2015

Olá leitores, hoje eu venho apresentar a vocês os próximos lançamentos do Grupo Editorial Novo Conceito.

Confiram: 


E aí curtiram? Acho que alguém reparou que "A Lista" está nas postagens de lançamento pela segunda vez, não é?  Pois, é. O Lançamento foi adiado e o livro só estará chegando nas livrarias em Maio.
Vocês se interessaram por algum dos Lançamentos?
Não deixa de contar aí nos comentários.
Beijos.

Cansei de Ser Fit: Petit Gateau e minhas vontades grávidas

08 abril 2015

Eu não sou apenas gorda. Sou uma gorda com requintes de crueldade. Tenho vontades extremamente específicas, que se não forem sanadas EXATAMENTE da forma como minha mente gorda maquinou, não me abandonam de forma alguma.

Pra vocês terem uma ideia, eu estava com vontade de COXINHA, mas não era uma coxinha qualquer, era a coxinha da rotisseria da rua onde morava meu ex namorado, que eu considero a melhor do mundo. Daí que por 8 meses (tempo que ele se mudou + tempo que efetivamente terminamos) eu comi todas as coxinhas da Terra, MENOS a coxinha da Pasta Nobre... O resultado foi que ontem a gordinha rolou por quase três km a pé da psiquiatra até o bendito lugar onde fazem minha preciosa coxinha, pra que eu pudesse enfim parar de comer todas as coxinhas do mundo sem me saciar.

Esse tipo de história é recorrente na minha vida. Dias em que eu acordo com DESEJO de panquecas assim, assim e assado, macarrão de um formato ESPECÍFICO, e todo tipo de bizarrices, e se não for desse jeito meu filho nasce com a cara de qualquer coisa. Porquê minhas vontades são insuportavelmente de grávida, e não há meio termo com elas.


Todo esse prelúdio pra dizer que : sim, domingo de páscoa e me atacam as malditas lombrigas de grávida, me dizendo que todo chocolate de páscoa seria em vão, se ele não viesse em forma de uma coisa cremosa, com um recheio melequento e quentinho.

Resenha: Proibido - Tabitha Suzuma

07 abril 2015




Ficha TécnicaEdição: 1
Editora: Editora Valentina
ISBN: 9788565859363
Ano: 2014
Páginas: 304
Tradutor: Heloísa Leal
 Leia a sinopse no Skoob

Resenha: Sombras do Medo - Camila Pelegrini

06 abril 2015

Ficha Técnica
Edição: 1
Editora: Garcia Edizioni
ISBN: 9788565490764
Ano: 2014
Páginas: 200
Leia a Sinopse no Skoob

Resenha


Sombras do Medo é uma distopia fantástica que nos passa uma mensagem muito forte através da metáfora em que baseia-se o mistério presente na trama. Recebi o livro através da parceria com a autora e quero desde já agradecer a Camila a oportunidade de conhecer o seu mundo.

Como é de praxe numa distopia, após anos de devastações causadas pelo homem o planeta Terra se deteriorou, e o pouco de área verde que restou foi monopolizado por uma "elite" que se autointitula de SINGULARES. Essa casta subjugou outros seres humanos de origem mais humilde e os nomeou de ORDINÁRIOS, os forçando a trabalhar arduamente, entre outras coisas, na construção de um muro em volta das ultimas cidades que ainda detinham o que sobrou da natureza, em troca de pouquíssima água e comida. E é nesse cenário de desigualdade social que a trama se desenrola.

Ane é uma jovem ordinária, doce, caridosa e determinada. Que mesmo trabalhando duramente todos os dias, a noite ainda tem forças para ajudar quem precisa. Ela vive com sua mãe Amanda e ambas são muito queridas entre os ordinários.
Henri é um forasteiro, que chegou a vila de ordinários que Ane mora alegando que perdeu os país na construção das muralhas de outra cidade e por isso partiu em busca de outro lugar pra viver. Ele é lindo, misterioso e detém o incrível poder de tirar Ane do sério.