Resenha: A Lista - Cecelia Ahern

29 outubro 2015



Autora: Cecelia Ahern
Editora: Novo Conceito
Ano: 2015
ISBN: 9788581636832
Páginas: 384
Sinopse:Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente.
Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira.
Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas.


Resenha

Pessoalmente, sou grande fã da Cecelia; leio os livros dela como quem devora uma barra de chocolate na TPM, e gosto de como seus personagens sempre evoluem bastante ao longo das histórias. Além disso, tem a Irlanda, país pelo qual sou ardentemente apaixonada e que sempre presta como um cenário riquíssimo.

Dito isso, confesso que, a princípio, "A Lista" não foi exatamente um page-turner para mim. A única personagem a me cativar, logo no comecinho, foi a inteligente Constance - e ela morre antes mesmo que a historia realmente comece (não, não é spoiler, relaxa!). Se eu fosse menos persistente, teria posto este livro naquela famosa pilha dos eternamente inacabados.

Felizmente, continuei. Não só porque agora tenho uma pauta para a resenha (rs), mas porque senti que a insistência valeu a pena. Kitty, a protagonista que se mostra tão "sem-gracinha" nos primeiros capítulos vai, aos poucos, se tornando uma mulher com a qual eu me identificaria: confusa e um pouco perdida diante das dificuldades mas disposta a arregaçar as mangas e mostrar seu valor diante daqueles que duvidam dela, ao mesmo tempo em que sua própria auto-estima está mais pra baixo que bumbum de cachorro.


Kitty deve, então, descobrir qual o significado de uma lista de cem nomes aparentemente aleatórios, deixada por Constance como pauta para a matéria de sua vida, aquela que ela sempre quis escrever mas nunca teve a oportunidade.

Desacreditada, sem emprego e lidando com um processo de difamação (e a culpa por ter destruído a vida de um homem), ela vai, aos poucos, nos apresentando a Birdy (uma senhora que fez uma aposta há muitos anos), Eva Wu (a discreta mulher que sempre sabe o que as pessoas desejam), Archie (homem de passado duvidoso, com um segredo ainda mais inacreditável), Ambrose (insegura pesquisadora especialista em borboletas), entre outros personagens encantadores e singulares, tentando traçar entre eles o link que Constance certamente teria feito.

Eu achei as histórias tão interessantes que, no fim, quando a ligação é feita e as coisas se encaixam, eu já nem estava dando mais tanta importância para isso, e queria era saber se cada objetivo seria alcançado e se tudo daria certo.

Gostei muito do livro, embora tenha achado que alguns pontos ficaram sem nós. Adoraria um spin-off para cada nome da lista e é um daqueles livros que deixa gostinho de "mas já acabou?" no final.

Um comentário:

  1. Cara, com vc resenhando assim deu até vontade de ler. Eu sei que não é meu tipo de livro, mas achei tão bacana o que vc falou sobre a evolução da Kitty e a forma que a personagem vai cativando aos poucos...

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥