Resenha: Não Pare! - FML Pepper

04 agosto 2015





Edição: 1
Editora: Valentina
ISBN: 9788565859660
Ano: 2015
Páginas: 280
Sinopse:
Não Pare! - Uma vida normal e tranquila seria tudo que uma adolescente odiaria ter, certo? Não para Nina!
Por que tinha que viver como uma nômade (ou fugitiva!), mudando de cidade ou país a cada piscar de olhos? Por que não podia saber nada sobre o paradeiro de seu pai? Por que sua mãe era tão neurótica e supersticiosa?
Milhares de perguntas. Nenhuma resposta.
O que significavam aqueles estranhos calafrios, acidentes e mortes que insistiam em acontecer ao seu redor? Teriam eles alguma ligação com o seu defeito de nascença? Ou seriam causados pelo selvagem bad boy de hipnotizantes olhos azuis-turquesa que costumava aparecer nos momentos mais assustadores? Nina jamais poderia imaginar que aquele garoto sombrio de corpo escultural e fisionomia atormentada lhe abriria os olhos para um universo paralelo. Só ele tinha as respostas para os seus mais íntimos questionamentos, mas cobraria um preço muito alto para fornecê-las: A vida dela.


Resenha

Oi Gente!
Pra quem não sabe, eu também sou colunista lá no Poesia na Alma e há algum tempo, eu resenhei esse livro lá e eu queria trazer a resenha pra vocês aqui também, então espero que gostem!
Eu comecei a Não Pare!ler não sem criar muitas expectativas, pois, às vezes, livros muito famosos me frustram e acabei achando que a leitura foi agradável, porém bem clichê em relação aos YAs de Fantasia que já li.

Nina é uma jovem comum, porém tem uma diferença que para ela é uma ‘deficiência’, sua pupila é incomum e ao invés de ser arredondada como a nossa, ela é vertical como a de um réptil e por isso ela usa uma lente especial desenvolvida pela própria mãe, que se especializou nesse ramo para poder melhorar a vida da filha. Só que a relação entre elas é um tanto conturbada, devido as mudanças constantes de país. Segundo Stela (a mãe) por motivos de trabalho, mas para Nina o motivo é que ela é super protetora, já que as mudanças sempre acontecem após a garota ter se envolvido em algum acidente.
Após um novo acidente em Amsterdã, elas se mudam da Holanda para Nova York nos EUA. O que leva as duas a terem mais um atrito. Nina prevendo uma nova mudança em breve, tenta manter-se afastada dos colegas da escola, mas não teve muito êxito nesse intento e acaba deixando Melly se aproximar. Novos acidentes começam a acontecer e, num deles, ela é salva por um garoto do colégio chamado Kevin, por quem ela começa a se interessar. Na escola há também outro garoto chamado Richard e com esse o relacionamento de Nina é totalmente oposto ao dela com Kevin, eles se detestam.
Os acidentes passam então a acontecer com frequência e eles agora são precedidos por uma forte tortura, só que, dessa vez, Nina os mantém em segredo para evitar que Stela queira se mudar novamente. Ela então decide arrumar emprego e tentar levar uma vida normal, coisa que nunca teve, só que ela nem imagina que até mesmo essa vida incomum, a qual ela estava habituada, está prestes a acabar.

Eu li o livro rapidamente, em apenas uma noite, porque esse é um hábito que eu tenho e também porque a escrita da Pepper é bem fluida, assim como os acontecimentos do livro são bem rápidos e prendem a atenção. Vocês devem estar pensando que eu ia dizer que não havia gostado da história, só que não, eu gostei da história, sim! E quero ler o segundo livro em breve. Só que eu falei que a leitura tinha muitos clichês presentes em YAs de Fantasia, e realmente achei isso. Desde de a Jovem anônima, que de uma hora para outra, vê o mundo que ela conhece abalado por algo sobrenatural, onde ela é sempre o centro das atenções ou pela mocinha desastrada (ou perseguida, nesse caso) que está sempre em constante perigo e precisando ser salva. Esse tipo de plot é em recorrente em livros do gênero, já vimos isso em Crepúsculo, na Saga Imortais e posso citar uma dezena de outras histórias. Isso, não é necessariamente ruim, mas acaba levando o leitor a comparação.
Porém, a FML Pepper agregou na história vários diferenciais que acabaram tornando a sua narrativa bem mais original e esses clichês se tornaram detalhes. A Escolha dela por criar seres fantásticos diferentes, universos paralelos e toda uma nova mitologia para esses, foi uma jogada que agradou. O ritmo do livro é bem rápido, o que faz com que a leitura também seja, a história envolve tantos mistérios que faz com que seja impossível ao leitor não ficar curioso pelo livro II.

Os personagens são bem desenvolvidos, como eu falei, para explicar os seres míticos que criou a autora desenvolveu toda uma mitologia, bem elaborada e interessante. Eu me envolvi na leitura da história, mas não consegui me conectar muito bem com a Nina. Em vários momentos a achei muito burrinha, não enxergando e/ou percebendo várias coisas que eram mais claras que água. A começar pelo extremo cuidado de Stela, que estava claro que não era algo gratuito, entre outros que eu não posso citar para não dar Spoiler. Não vou falar de outros personagens, pelo mesmo motivo. Eu quero ler o segundo livro, pra matar a minha curiosidade.

Enfim, se você é o tipo de leitor que curte Young Adults no estilo Crepúsculo, você com certeza gostará de Não Pare!; se você é um leitor que faz parte da turma dos que odiaram a Saga, pode seguir em frente essa não é uma leitura para você! 

A edição da Valentina está muito bonita, não percebi erros de revisão ou nenhum outro problema.
Espero que tenham curtido a resenha. Não deixem de deixar seus comentários, beijos. 

10 comentários:

  1. Ah eu tenho esse livro na minha estante mas ainda não li.
    Depois de ler essa resenha super positiva sobre o livro, deu vontade de começar a ler imediatamente, mas vou terminar de ler Maze Runner e depois começarem a ler Não pare!
    Adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu acompanho a FML desde a época em que os livros só existiam em e-book.
    Tenho o Não Pare aqui, mas ainda não tive tempo de lê-lo.
    Espero gostar do livro. Pela sua resenha, acredito que vá ser uma ótima leitura!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. não me animei pra ler, Kris. Ele lembra muito Crepúsculo e livros do tipo, então passo longe da leitura... xD

    ResponderExcluir
  4. kk Você adivinhou minhas palavras! Eu não curto muito Crepúsculo... Acho legal alguns filmes, mas não me interessei pelos livros e já escutei falar muito desse livro.

    Atenciosamente Um baixinho nos Livros.

    ResponderExcluir
  5. Estou doida pra ler esse livro mas com a falta de oportunidade está difícil viu, pois com muitos livros pra ler fica complicado colocar tudo em dia. Mas sei que lerei em breve pois ele está em minha lista de leituras. Espero gostar =)
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  6. Oi querida!
    Eu li este livro em e-book, mas quero muito o físico!!
    E eu realmente achei que você não tinha gostado, ainda bem que gostou!! A escrita da Pepper é fora de série! Amo!!
    Beijos!!
    umlugarparaleresonhar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Kris, tudo bem?
    Eu adorei esse livro!
    Achei genial a sacada da Pepper em criar esses seres sobrenaturais e ao contrário de você, demorei uma semana para ler, pois lio e-book e estava no meio de uma crise de enxaqueca que me atrapalhou.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  8. Oi, flor.
    Concordo com você que Não Pare! traz elementos diferenciados para o gênero e, por isso, merece ser lido por quem aprecia um bom romance juvenil. O que mais me fez gostar desse livro, no entanto, foi o tipo de seres e de contexto que a autora criou. São incríveis! :D

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Olá; estou com bastante vontade de ler essa trilogia, por ter visto muitas resenhas bem positivas sobre os livros. Admiro o sucesso que a FML Pepper conseguiu alcançar na literatura nacional.

    ResponderExcluir
  10. Oie, tudo bom?
    Me desculpe, mas acho leviano comparar com Crepúsculo porque não vejo nenhuma relação com a saga vampiresca, a não ser os seres sobrenaturais. A obra da Pepper é eletrizante, envolvente e bem escrita. É um estilo que leio pouco, mas a série conseguiu me conquistar bastante. A Nina é inocente demais mesmo, mas apesar desse detalhe, a história vale muito a pena.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥