Resenha: A Essência Divina do Amor - Eduardo Rossato

31 agosto 2015



Ficha Técnica
Edição: 1
Editora: Petit Editora
ISBN: 9788572532969
Ano: 2015
Páginas: 280
Sinopse:
A essência divina do amor - Orlando e Frederico são muito amigos. Cego pela inveja, Orlando, num acesso de fúria, mata o amigo, que era casado com Ana e com quem tinha um filho. No futuro, André e Clara, os amantes reencarnados, terão de enfrentar muitos desafios para provar que seu amor é verdadeiro e ultrapassa o tempo e a vida terrena. Caberá a Bernardo, o espírito reencarnado de Orlando, saldar suas dívidas com a existência passada.

Resenha

Oi gente, hoje eu trago para vocês a resenha de um dos romances espíritas, mas lindos que eu tive o prazer de ler ultimamente. Eu fiquei perdidamente apaixonada pela escrita do Eduardo Rossato.  A maneira que ele desenvolveu a história mesclando as duas vidas dos personagens, ambas em um tempo passado, com a história real de Florianópolis foi encantadora. O autor permeia vários momentos da narrativa com evocações à acontecimentos e personalidades reais e assim, acabamos recebendo através desse romance não apenas, uma instrução espiritual e evolutiva, como também uma aula de história, onde somos apresentados a personagens que foram muito importantes no cenário social brasileiro, mas que provavelmente de quem nunca ouvimos falar. 

O livro se inicia em meados de 1748, na vila de Desterro, atualmente conhecida como Florianópolis, que inicialmente povoada por paulistas, portugueses e escravos, recebe também uma grande quantidade de imigrantes açorianos. Dentre esses está Orlando um jovem que carrega a melancolia da saudade da sua terra, assim como a esperança de um dia mudar de vida, torna-se então o melhor amigo de Frederico jovem brasileiro e bem sucedido que casou-se recentemente com uma moça também açoriana, Ana e com ela já tem um filho bebê. Ao perceber que as coisas andam muito bem na vida de Frederico, tanto financeira, quanto emocionalmente, Orlando passa a alimentar uma grande inveja do amigo e culmina por mata-lo secretamente para assim poder ocupar seu lugar, nos negócios e na família. 
Anos depois os três reencarnam na mesma cidade e quer o destino lhes colocar frente a frente para remediar os males que aconteceram no passado.
Agora eles estão em 1929, a cidade já tem seu nome atual Florianópolis, e é o cenário de um imenso apartheid social. Nessa encarnação Frederico, que agora se chama André é filho de uma família rica e Ana, que nessa encarnação se chama Clara, é uma jovem humilde que vive com o irmão em um cortiço e trabalha para se sustentar. E essa diferença social é um dos grandes abismos que separa o casal nessa encarnação, porém é devido a ela que Orlando, hoje Bernardo, tem a oportunidade de consertar os seus erros do passado, ajudando a unir o que um dia ele separou. 
Paralela a essa trama acompanhamos as obras do grupo espírita organizado por Dona Diná, que com a ajuda financeira de uma alma caridosa, leva junto com os seus amigos que formam a caravana da sopa, o alento que só um alimento pode dar a um faminto.  

Como eu mencionei anteriormente, A Essência Divina do Amor foi uma das histórias mais bonitas que eu li ultimamente e não só pelo romance amoroso que ela contém, mas por todos os ensinamentos que ela se propõe a passar. Essa é uma história de arrependimento, retratação, mas sobretudo de perdão e segundas chances. Lógico que sempre regada com muitos ensinamentos sobre amor, caridade e bem estar social para todas as pessoas. Uma das coisas mais interessantes é que esse romance não é uma psicografia, e escrito pelo próprio Eduardo Rossato e é tão completo e bem elaborado quanto os que nos enviam de outros planos. 

"Não misture religião com assistência social... Nunca tente converter alguém com um prato de comida. O nosso papel é ajudar nossos irmãos infelizes com um pouco de alento, e não converter ninguém. (...) Nossos benfeitores alertam que se alguém nos procurar pedindo o pão, que demos o pão! Mas se nos procurar em busca do pão espiritual, aí sim estaremos de braços abertos para orientá-los e recebê-los em nosso grupo, mas sem converter ninguém. (...) Mesmo porque, temos a nossa crença e , por mais que a amemos, ela não deve ser melhor que as outras." 

Recomendo a leitura, se você já é leitor do gênero tenho certeza de que vai adorar e se ainda não é, mas quer conhecer esse tipo de leitura A Essência Divina do Amor é ótimo para lhe iniciar. Pois a escrita do Eduardo apesar de muito instrutiva é clara e fluída. Espero que tenham gostado da resenha. Conversem conosco nos comentários, beijos.

Para adquirir seu exemplar visite - Editora Petit

14 comentários:

  1. Ótima resenha :) gostei da indicação!
    Beijokas da Camila e Carol

    Vamos Papear 

    ResponderExcluir
  2. Achei a capa e a sinopse lindas, ainda não conhecia o livro e a sua resenha está maravilhosa.
    Eu não costumo ler livros assim, mas sempre é gostoso dar uma chance para novas leituras, né?
    Eu nunca tinha visto um romance envolvendo encarnação, mas achei a história bastante reflexiva e com muitos ensinamentos. Adorável!
    Bjs Kris!!

    ResponderExcluir
  3. Achei bacana o autor ter feito essa pesquisa histórica pra enriquecer sua narrativa... mesmo não curtindo romances espíritas, achei isso admirável... Muito ruim quando os autores botam a história num período 'de bolo', sem se ater a detalhes históricos e contextualização...
    o bom é que a leitura dele tbm flui, né??? ^^
    bj, Kris :D

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Adoro romance espírita. Livros assim geralmente traz alguma lição e nos faz refletir bastante.
    Esse parece ser ótimo, o tipo de leitura marcante e emocionante.
    Entrou para minha listinha!
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  5. Olá, adorei a premissa do livro, apesar de eu não ser muito fã do gênero. Parabéns pela sua resenha que está muito bem construída!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da sua resenha, flor. Destacou tudo o que aprecio em uma história: qualidade contextual, boa caracterização dos personagens, enredo que nos mantém cativos e, claro, valores que a obra transmite. Foi para a minha lista!

    Beijos, flor!
    http://myqueenside.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu não sou muito de ler livros espíritas, mas eu gostei da sinopse desse livro desde que as divulgações começaram e, quanto mais resenhas eu leio, mais vontade eu tenho de ler o livro. Não vou me decepcionar com ele, to quase com certeza completa sobre isso!
    beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Não gosto de livros com temática religiosa, apesar da história ser promissora. Vou deixar passar essa dica.

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  9. Kris, eu não sou leitora do gênero, ainda, mas sei que vou gostar da históira.
    Gostei dessa mescla das vidas dos personagens.
    Deve tornar tudo mais encantador, espero ter o prazer de ler o livro e gostar tanto quanto você.
    Adorei.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  10. oi ^^ pow não sou muito de ler livros espiritas pq não fazem mt meu estilo e se fosse ler não gostaria pq não consigo me empolgar com esse tipo de leitura sabe.
    pelo menos foi uma boa leitura pra vc pq olha ultimamente ando lendo uns livros de romance que andam um saco viu.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  11. Oi ^^

    Adoro livros espíritas e este eu ainda não tive o prazer de ler.
    Pelo que pude notar através da tua resenha, eu vou acabar me apaixonando por esta história <3

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Infelizmente o livro não faz muito meu estilo de leitura, mas vou anotar a indicação, quem sabe um dia não muito de opinião e começo a gostar desse gênero

    www.gordinhaassumida.com.br

    ResponderExcluir
  13. Ola anjo. Nao curto muito livros relacionados a espiritualidade, mas a premissa me pareceu boa. Acho que darei uma chance a ele depois. 😁 Gostei da resenha.

    Beijão da lari. 😘
    http://brilliantdiamond-bg.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  14. Oie!!
    Achei a sinopse bastante interessante e confesso que sou uma pessoa que acredita muito em vidas passadas.
    Nunca li nenhum livro espírita e creio que esse poderia ser um bom primeiro livro.
    Adorei sua resenha.
    ;**

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥