Resenha: Xeque-Mate - Dill Ferreira

02 junho 2015





Ficha Técnica
Edição: 1
Editora: Modo
ISBN: 978-85-8405-011-6
Ano: 2014
Páginas: 316
Minha Classificação 3/5
Sinopse:
Depois de conhecer o belo e misterioso Marcus, no badalado Carnaval carioca, e ser abandonada por ele, Thaissa retoma sua rotina carregada de boas lembranças e um desejo intenso de algo que ficara inacabado e a atormentava constantemente. Enquanto tentava, sem sucesso, esquecer-se das carícias e dos beijos que partilharam surge a sua frente o novo sócio da empresa de seu pai. E ele é nada mais nada menos que Marcus, o homem que tumultuava seus pensamentos. Começará aí um jogo de paixão, luxúria, mágoa e intrigas. Em que o destino, usando de suas artimanhas, lhes colocará frente a frente para o confronto final. Onde vencerão juntos, ou ambos sairão perdedores. Quem será o grande vencedor nesse jogo de amor?



Resenha

A História começa na Marquês de Sapucaí no Rio de Janeiro, em pleno desfile das escolas de samba no carnaval. Thaissa está fazendo turismo com alguns amigos, quando acaba conhecendo no camarote, onde está um belo e misterioso homem. Partilha com ele uma boa conversa e troca com ele alguns beijos. Na noite seguinte eles se reencontram em um baile de carnaval e mais uma vez rola um clima, levada pelo carnaval Thaissa se permite desfrutar um pouco mais da companhia do delicioso desconhecido e o clima entre eles esquenta ao ponto de rolarem umas carícias mais ousadas, até que o cara some, sem mais nem menos e a deixa a ver navios.
No dia seguinte Thaissa volta para Goiania e o carnaval torna-se apenas uma lembrança. Porém a chata lembrança do homem misterioso que a abandonou sem motivo aparente, não sai da sua cabeça. E qual não é a sua surpresa quando descobre, dias depois que ele é o novo sócio do seu pai na empresa?
Ele se chama Marcus e também se surpreende em encontrar a moça de quem fugiu no carnaval, por pensar se tratar de mais uma aventureira, em busca de aventuras carnavalescas com qualquer um, apenas porque ela não mostrou resistência aos seus avanços. Mas a convivência entre eles, o mostrará que não se deve julgar alguém que não se conhece e que ela não era nada perto do que ele imaginou.

Xeque-Mate é uma ótima pedida para quem está afim de ler um romance leve e erótico ao mesmo tempo. A Trama é sutil e retrata os encontros e desencontros de um conturbado casal, que luta não apenas com as suas diferenças de ideias e personalidades, mas que também precisam lidar com as invejas e intrigas de Leticia, uma das sócias da empresa, que também já foi amante do pai de Thaissa e que agora quer conquistar Marcus a qualquer preço. E para isso ela usa dos mais perversos ardis, chegando até mesmo a colocar o bem estar de Thaissa em risco.

Thaissa é uma personagem legal e decidida, com quem é fácil se conectar (principalmente pelo dedo-podre que ela tem, que me lembra o meu). No inicio da história, após a volta do carnaval, ela está saindo com Humberto, um jovem pediatra filho de um amigo do seu pai, ele é lindo, gentil e bondoso, mas ela não consegue sentir nada por ele pois não tira Marcus da cabeça. (Eu gostava dele)
Já de Marcus, sinceramente, eu não gostei nenhum pouco. Apesar de lindo e altamente interessante, mostra desde o inicio da história uma personalidade altamente machista e repressora. Do tipo que julga uma mulher, pelo simples ato dela ceder aos seus próprios desejos, quando ele também o fazia. Ao decorrer da trama, ele vai tentando mudar, mas o máximo que ele conseguiu comigo foi elevar sua nota de 0 à 5, numa escala que iria até 10.

A escrita da Dill é moderna e fluida, a trama é sensual e ao mesmo tempo sensível, as cenas mais quentes são leves, do tipo que excitam sem constranger. De modo que a leitura corre bem e prende a atenção do leitor. O que eu, infelizmente, não posso deixar de citar é que a revisão deixou muito a desejar, o que é uma pena, pois um livro nacional tão legal, merecia ter sido tratado por mais cuidado pela editora, pois os erros acabaram por prejudicar o andamento da leitura.

No mais, a leitura é bastante agradável e eu a recomendo para fãs de romances, que buscam um entretenimento mais leve. O livro é ideal pra intercalar, duas leituras mais densas, pois pode proporcionar um bom momento de prazer.

Vocês já conheciam a obra? Curtiram?
Deixem suas opiniões pra gente nos comentários.
Beijos!

16 comentários:

  1. Kris, eu já tinha ouvido falar do livro bem por alto.
    Quando terminei a sinopse já queria o livro.
    Sua resenha despertou ainda mais minha vontade, pois amo livros com pegada hot sem excessos.
    É uma pena que a revisão não foi bem feita.
    Mesmo assim gostaria de ler.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  2. Olá
    a autora arece ser muito boa, rsrs, acho essa capa bem linda (para o genero)rsrs
    está na minha proposta de leitura, mas ando sem dinheiro nos últimos dias, espero
    compra-lo o quanto antes
    Bjks
    Passa Lá No meu Blgo - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Como ficou bela sua resenha Kris. Adorei sua forma de descrever a obra e seu linguajado, ótimo.
    Muito obrigada pela oportunidade de ter minha obra sendo comentada aqui.
    Beijos à todos!

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua resenha! Já conhecia o livro, mas nunca tinha lido opinião sobre ele.
    Acho que vou gostar de leitura, ainda mais sabendo que é um erótico leve. Espero poder ler e breve!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  5. Pela sinopse achei que era mais erotizado. Gostei bastante da premissa vou colocar na minha pequena grande, lista de leituras.
    beijos
    http://mytinybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi! Sua resenha tá ótima, Kris, mas saber que o protagonista é um machista opressor me desanima muito ;/

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Oii Kris, tudo bem com você?
    Eu já li o livro e fiz resenha dele também, minha nota também foi 3, os erros prejudicaram muito, também achei o Marcus machista, e eu também gostava do Humberto, haha, acho que eles faziam um bonito casal né? Tão fofos. Tomara que numa próxima edição melhorem a revisão.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  8. Oi Amada! Eu curti muito essa leitura também, meu livro preferido da Dill agora! Parabéns pela resenha, vc realmente escreve belamente! Deu vontade de reviver essa história! Ótima resenha! Beijos
    Paula Juliana
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/06/resenha-neve-na-primavera-sarah-jio.html

    ResponderExcluir
  9. Infelizmente não é um gênero que eu gosto muito, e essa premissa não me cativou, achei bem mais do mesmo, entende? Mas gostei da resenha e de sua sinceridade com a obra.
    Beijos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Kris.
    Gostei da resenha. Conheci a autora em um evento que teve aqui na minha cidade. Você sabe que esse não é meu estilo né? rs
    Uma pena que a obra tenha erros. Infelizmente as editoras ainda tratam muito mal as obras de um autor nacional e isso tem de mudar urgente.
    Beijos

    Academia Literária DF

    ResponderExcluir
  11. Oie kris já tinha lido sobre a Dill e também elogiaram muito o trabalho dela .. é uma pena mesmo isso que vc citou sobre não terem dado a devida atenção a obra e a autora .. quem sabe vendo a repercussão ele não se tocam desta necessidade.
    http://florroxapoemasepoesias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Não gosto de livros eróticos desde o BOOM de 50 Tons. Todo mundo que escrever sobre o gênero agora que 'virou moda'. Difícil era curtir o erotismo quando era um tabu no meio literário.

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  13. Oieee!
    Antes de falar da resenha, deixa eu surtar porque tem um GATINHO ALI EMBAIXO!! QUE LINDOOOOOOOOOOOO!! *_____*
    Bom, não sou muito fã de leituras eróticas, mas pelo que você disse, o livro é bem leve nessas partes, então não deve ser nada demais, por isso acho que eu leria sim. A história parece bem envolvente e a gente deve se identificar bem com Thaissa!! Poxa, sacanagem da editora não tratar essa obra com mais carinho, achar erros é sempre chato!
    Beijos

    LuMartinho |Face

    ResponderExcluir
  14. Oi, Kris!
    Já li um livro da autora e apesar de ter gostado da história os erros de revisão acabaram me decepcionando. Pela sua resenha percebi que acontece a mesma coisa neste livro o que me faz desistir da leitura, além de que os eróticos tem me cansado ultimamente e quando me decido me aventurar no gênero tem que valer à pena! :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
  15. Oie, tudo bom?
    Gosto de livros do gênero e acredito que leria o livro pela fluidez da escrita da autora, citada por você na resenha. Não gostei desse Marcus e acredito que ele me incomodaria...rs. Uma pena os erros de revisão.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi oi, como vai?
    Ainda não conhecia o livro e achei bem interessante essa proposta de romance "iniciado" no carnaval.
    Não sou a maior fã de romance, mas como estou tentando sair da minha zona de conforto, vou anotar esse!
    Acho que também vou me identificar com a personagem principal e não vou ir muito com a cara do homem, já que machismo não é uma coisa que me agrade, nem minimamente.
    Mas darei uma chance, só espero que os erros da revisão não me atrapalhem...
    Beijos!

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥