Resenha: Neve na Primavera - Sarah Jio

16 junho 2015




Autora: Sarah Jio
Gênero: Drama
Edição: 1
Páginas: 336
ISBN: 9788581637211
Classifiquei 4/5
Sinopse:
SEATTLE, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho.
Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade.
Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve.
Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos,
Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.


Resenha

Claire é uma das melhores jornalistas de um dos maiores jornais de Seattle porém há poucos meses atrás ela sofreu um grave acidente que mudou completamente a sua vida e a maneira que ela enxerga o mundo, atingindo também a maneira que ela se relaciona com as pessoas ao seu redor. Sendo assim ela está indo mal no trabalho e seu casamento está a caminho da ruína.

Certo dia ao acordar ela se surpreende ao perceber que houve uma tempestade de neve em plena primavera e se surpreende mais uma vez ao receber antes do horário comercial a ligação do seu chefe a encarregando de cobrir o fenômeno, conhecido como "O Inverno das amoras pretas" que acontece pela segunda vez em 80 anos. Inicialmente Claire não se anima em nada por ter que fazer uma matéria sobre uma coisa tão trivial quanto uma tempestade de neve, mas ao se aprofundar mais pesquisas sobre a tempestade que ocorreu em 30, ela se depara com a história de Vera Ray uma pobre mãe que teve seu filho, Daniel, roubado dos seus braços.


Vera foi uma pobre mãe solteira e sem mais ninguém na família, que fazia o que podia para se virar e sustentar o filho, nos anos da crise mundial. Que viu seu mundo ruir, quando teve seu único bem roubado, o filho Daniel. A Policia não deu a importância necessária ao fato,  afinal quem se importa com pobres? E definiu então, que o garoto de apenas 3 anos havia fugido de casa. E dai em diante, a vida de Vera nunca mais foi a mesma.

Claire sabe o que é perder um filho. E sendo assim, decide que aquela será a sua matéria.
Ela descobrirá o que aconteceu com Daniel e com sua mãe Vera Ray.
Só que ela nem imagina, que essa história tem mais a ver com a sua própria história do que ela poderia imaginar.



Como eu sou mãe, a simples leitura da sinopse desse livro me fez querer lê-lo. E Por isso mergulhei de cabeça na leitura e senti o prazer de me deparar com uma trama, que mais do que drama, também me trouxe uma boa dose de mistério. A Narrativa é feita em primeira pessoa e varia entre dois pontos de vistas e dois tempos, entre Vera em 1930 e entre Claire em 2010. A Escrita da Sarah é fluida e a leitura corre rápida, a trama é instigante e nos faz querer devorar uma página após a outra. Os personagens da trama são muito bem construidos psicologicamente, assim como a autora teve um tato incrível para descrever seus conflitos interiores, fazendo do livro uma obra dinâmica, onde vários pontos fortes foram abordados.

O mistério do livro é sutil e eu o desvendei já nas primeiras 100 páginas, mas isso não foi um problema. Pois, como eu disse o mistério é apenas um dos elementos, nesse enredo tão rico criado pela Sarah. Esse foi meu primeiro contato com a autora e eu fui completamente conquistada, pois ela foi capaz de compor com vários elementos muito densos uma leitura rica, forte e ao mesmo tempo delicada como uma poesia.

A Edição da Novo Conceito está linda, achei a capa sutil e muito referente ao enredo, a revisão também está muito agradável. A única coisa que não me agradou muito, foi a adaptação do título que do original seria "O Inverno das Amoras Pretas" e se encaixa mais com a história. Eu, particularmente, acho que as editoras deveriam tentar manter sempre os títulos das traduções fiéis aos originais, principalmente quando esses têm um valor sentimental pra trama. Como é o caso desse livro onde a autora se inspirou na música "Blackberry Winter" da Hillary Kole.


No mais, a leitura é maravilhosa, super recomendo!
E vocês já conheciam o livro? Pretendem ler?
Deixem suas opiniões nos comentários.


18 comentários:

  1. Olá
    adorie ver a resenha desse livro, tipo, eu ainda não tinha visto nada desse livro alem da apresentação de lançamento, achei bem legal a capa e o titulo é bem sugestivo, estou precisando ler livros nesse estilo atualmente
    Bjks
    Passa Lá No Meu Blog - http://ospapa-livros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Eu não me incomodei com a mudança no título porque achei bem condizente com a história, ficou contextualizado.
    Eu não tenho o hábito de ler sinopse, mas a dedicatória já me preparou pra emoções e empatia pela personagem.
    Com certeza foi uma leitura muito agradável e válida.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  3. Oie, Kris!
    Gostei da sua resenha!
    Eu já tinha visto o livro, mas não tinha lido nenhuma resenha sobre. A história parece ser muito interessante. Eu não tenho filhos, mas serei um jornalista futuramente e essa coisa de desvendar mistérios e cobrir matérias muito me interessa.
    Se eu tiver a oportunidade, mesmo não sendo muito meu estilo, vou colocar esse livro na minha lista para ler. E concordo com vc. As editoras tem de tomar mais cuidado quando vão adaptar um título.

    Beijos
    Academia Literária-DF

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Adoro livros que conta histórias de naos diferentes.
    Meu único problema com o lvro seria desvendar o mistério bem antes isso me deixa fula da vida rsrs. Como esse elemento não é o todo livro talvez eu me aventure nesse leitura

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Ainda não tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro e agora já foi para minha lista!
    A premissa parece interessante, e não posso deixar de concordar: o título original é mil vezes melhor hahaha!
    Adorei sua resenha, obrigada pela dica viu :')
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  6. Primeiro preciso falar que capa linda e o título do livro então?! já por aí gostei do livro, lendo a sua resenha vi que é um livro lindo e tocante, também sou mãe e acho que vou me encantar quando ler, beijos
    http://www.vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi,
    Já li outras resenhas desse livro e ainda não decidi se leio.
    A história não me encantou tanto e fico com medo de não gostar.
    Sua resenha foi a mais convidativa que li e acho que darei uma chance pra ele.

    Coração Leitor

    ResponderExcluir
  8. Oi Kris, tuso bem?
    Só pela sinopse eu não leria o livro.
    Mas agora que sei que a narrativa é fluída e os personagens são bem construídos fico tentada a incluir na lista de desejo!
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  9. Oi! Tudo bem?!

    Minha resenhista solicitou esse livro para ela, espero que ela goste. Após ler sua resenha, me arrependi de não ter pedido para mim, rsrs. Gosto de coisas sutis. E realmente, acho que as traduções deviam ser mais fiéis. Algumas traduções perdem todo o feeling da coisa.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  10. Primeira resenha que leio e me encantei na hora, tanto pela trama, como por sua resenha!
    Adorei mesmo o enredo, parece uma história linda. Espero poder ler em breve!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Eu vi sobre esse livro, mas não quis ler logo quando vi a sinopse. Não me faz uma leitura atual, nem próxima. Histórias assim são muito bonitas, mas realmente não suporto ler. Vou acabar largando o livro no meio dele. Mesmo que ele tenha um mistério por trás. Enfim, sua resenha ficou linda demais! Parabéns

    http://teoremasdamimosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oláá
    Adorei a resenha, já li algumas sobre o livro e cada vez fico mais curiosa, pois foram só elogios e temos ai um enredo lindo, gostei muito. Espero poder ler em breve e gostar tanto quanto você ;)

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Eu já tinha ouvido falar do livro, mas com as resenhas que ando lendo não estou tão empolgada pela leitura.
    O tema parece ser bom para quem gosta de ler mistério, mas pelo que você disse nem é tão difícil assim desvendar a história...
    Acho que eu não leria.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  14. Oiee

    Estou com este livro para ler em breve mas ainda tenho receio de não gostar tanto, já li um livro da autora e achei bem mediano porém a escrita me agradou porque foi uma leitura bem rápida e pelo visto esse também é.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oii, tudo bem?
    Já li outra resenha desse livro e adorei, parece ser uma história muito interessante. Tô bastante curiosa para saber se a Claire descobre o que aconteceu com Daniel.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  16. Oie, tudo bom?
    Esse livro está na minha lista de leitura e confesso que sua resenha só aumentou minhas expectativas. Gosto dessas narrativas divididas entre duas épocas distantes. Tenho um bebê e acredito que a história vai me emocionar.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi! Segunda resenha que leio do livro hoje, em ambas pude saber mais sobre a obra e me preparar para a leitura, estou animada e confesso que não imaginava que seria algo para emocionar.
    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  18. Oi Kris,
    Adorei a resenha, me lembrou os mistérios de Coben.
    Tudo que é mistério tem o dom de nos chamar atenção, ainda mais um mistério envolvendo bebês... Já foi para minha wishlist.
    Um beijo!
    Blog Monykisses
    Blog Os Literatos

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥