Resenha: Encontro com a Morte - Agatha Christie

23 junho 2015




Edição: 1
Editora: L&PM Editores
ISBN: 9788525432278
Ano: 2015
Páginas: 216
Tradutor: Bruno Alexander
Sinopse:
Encontro Com a Morte - Em uma viagem pelo exótico Oriente Médio, parte de um diálogo chega por acaso a Hercule Poirot: “Você entende que ela tem de ser assassinada, não entende?”. Consciente da gravidade da situação, Poirot esperará o momento certo para investigar o caso.
Enquanto isso, uma família de turistas americanos chama a atenção por onde passa em Jerusalém. A matriarca parece exercer um estranho domínio sobre os filhos, criando um clima de tensão que beira o sadismo. Uma jovem e curiosa médica se verá atraída por esse núcleo familiar – sem imaginar as consequências fatais. Quando a situação parece ter fugido ao controle, Poirot compreende o verdadeiro significado do diálogo, conduzindo a trama para um magistral desfecho.

“Duas vezes mais brilhante que Morte no Nilo , que já era brilhante.”
The Observer


Oi Gente, hoje venho novamente trazer uma resenha da diva, Agatha Christie. O Livro da vez é Encontro com a Morte e o detetive da vez é Poirot (meu amor). Agradeço a Editora Parceira L&PM por ter cedido o livro.

A história acontece em meio a férias no Oriente Médio, uma família estranha de americanos passeia pelas ruas de Jerusalém e chama atenção dos outros turistas, por causa domínio quase doentio que a mãe exerce sobre os membros da família. Esse núcleo familiar começa a ser "estudado" paralelamente por dois médicos que também estão de férias por ali, e logo fica claro o sadismo da mãe e a revolta velada dos filhos.
A sombra de um crime iminente ronda aquela família e quando ele acontece ninguém consegue esconder um certo alivio. E é ai que entra em cena Mosieur Poirot que também está de férias por ali e intrigado com a situação resolve assumir as investigações. Todos mentem pra se proteger e qualquer um pode ser o criminoso.


Romances policiais, são sempre um problema ao se resenhar, pois a resolução da problemática se esconde sempre em meros detalhes, por isso é sempre perigoso escapulir um spoiler e acabar roubando a graça da leitura. Por isso me perdoem caso eu venha a ser muito vaga.

Agatha Christie tinha a capacidade de criar um perfil psicológico muito bem estruturado para todos os seus personagens, de modo rápido e conciso, pois seus livros nunca são muito extensos. E as vezes, como é o caso desse livro, a vítima escolhida é tão perversas que acabamos torcendo para que o criminoso, seja quem for, não seja descoberto. Entretanto, quando o detetive responsável pelo caso se chama Hercule Poirot, a impunidade é uma tarefa impossível.

A Trama de encontro com a morte é bem intrincada e dinâmica, de maneira que a leitura flui muito rápido. Como é comum dos livros onde Poirot é o detetive a teia do assassino é muito bem elaborada, e a investigação acaba abordando mais aspectos psicológicos, nesse caso com a ajuda dos personagens médicos (dois psiquiatras, se não me confundo) são criados os perfis psicológicos e apontados vários aspectos interessantes sobre a família protagonista. Toda essa riqueza de detalhes da narrativa é enriquecida  com as belezas exótica da Cidade Santa, o que prende a atenção do leitor e não nos permitem largar o livro antes do fim. O Final, como sempre, é surpreendente.

E eu descobri o assassino \o/
(tipo assim,  o personagem era o primeiro da minha lista de três suspeitos, rsrsrs).
Para mim essa é uma alegria imensa, pois a Agatha sempre me pega de surpresa.
Acho que estou ficando mais sagaz.
E vocês, já leram o livro ou têm curiosidade de lê-lo? Nos digam nos comentários.
Beijos!

12 comentários:

  1. Esse é outro título dela que aina não li xD
    Mas pretendo,a final, minha jornada é comprar todos kkkkkkkkkkkkkkkk
    Melhor que Morte no Nilo: Entao é mto bom MESMO, pq eu amei Morte no Nilo <3

    ResponderExcluir
  2. Olá, eu adoro a Agatha e essa trama que ela deixa bem amarradinha, nos deixando loucos. Ainda não li esse livro, mas como pretendo ler todos (e são muitos), preciso me ligar nas resenha. Parabéns por ter descoberto o assassino!!! Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  3. Acho que ficaria como você se descobrisse o assassino em um livro dessa autora! Hahaha. Parabéns, flor. Gostei do enredo. Tenho vergonha em dizer que nunca li nada da Agatha, mas – em minha defesa – comprei três livros dela para me aventurar. Nenhum deles é esse, mas já anotei a dica. :)

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Kris!
    Apesar de amar romances policiais, não vou com a cara da escrita da Agatha! Sei que muita gente me condena por isso, mas eu não consigo gostar da forma que ela escreve, então não leria mais esse livro dela T_T
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li nenhum livro da autora :o
    Agora fiquei super curiosa querendo saber quem é o assassino também
    Quando eu descubro o assassino antes fico muito frustada
    Aí meu Deus quero ler rsrs
    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. É muito legal quando a gente descobre o mistério, o assassinato antes da revelação final do livro. Para os amantes do gênero policial isso é quase que um gozo.
    A capa desse livro é muito bonita! E o enredo para ser ótimo mesmo, por todos os aspectos apontados por você.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Sempre que vejo uma resenha da Agatha só lembro do meu noivo.
    Ele é apaixonado pelo gênero e pela escrita dela, mas mesmo vendo tudo que você pontuou eu não consigo me envolver.
    Definitivamente não é para mim. :(

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  8. Haha, eu entendo sua felicidade em descobrir o assassino, o legal é essa sensação de poder estar errado e se surpreender horrores no final. Quem consegue isso é um gênio e ela consegue isso, né? <3

    ResponderExcluir
  9. Olá; esse livro eu ainda não li, mas já li outros da autora e gostei. Gostei muito da sua resenha, e entendo o que é ficar contente quando um personagem que não gostamos se dá mal, mas mesmo assim o mistério precisa ser resolvido.

    ResponderExcluir
  10. Verdade, é díficil resenhar livros policiais, por perigo de falar algo que vai estragar a leitura. rsrs
    É um dos meus gêneros favoritos, mas ainda não li nada da autora, preciso mudar isso!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, ainda não li nada da autora, mas todo mundo fala tão bem de seus livros que não vejo a hora de poder ler algum livro dela <3 Gostei da historia deste e espero poder lê-lo *-*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Acredita que nunca li nada dela?! Morro de vontade e resenhas como a sua, só me deixam mais curiosa!
    Adorei a premissa desse livro e vou procurar para comprá-lo xD
    Ótima resenha!
    Beijão!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥