Dia da toalha, Orgulho Nerd e Bazingueiros

25 maio 2015

Oláaaa crianças. Essa semana vai ser puxada pra vocês, porque eu vou aparecer MUITO por aqui. Kris tá ocupada e eu vou dar a força que eu puder, não estranhe, não surte, e principalmente:
NÂO ENTRE EM PÂNICO!

Como hoje é o Dia da Toalha, do Orgulho Nerd, seja lá como você chame, resolvi falar um pouquinho sobre o assunto.

O dia 25/05 foi escolhido por ser o dia da estreia do Primeiro filme de Star Wars, em 25 de maio de 1977, segundo muitos. Mas não é tão simples assim. Como tudo o que envolve nerds, muita discussão rola em torno desse dia. Alguns dizem que ele foi inventado por espanhóis em 2006/2007, outros que começou em 1998 com eventos nerd que Tim McEachern organizava em Nova York, muito se fala também sobre ser uma homenagem à morte de Douglas Adams, escritor da série O Guia do Mochileiro da Galáxia (daí a referência da Toalha), mas ele morreu no dia 11/05, então... façam mais sentido, por favor.
Fãs da série Discworld, de Terry Pratchett ainda chamam a data de Glorioso 25 de maio, que entretanto, é menos difundido.

A toalha virou um símbolo da data, pois nos livros da série de Douglas Adams, ela é o item mais importante para alguém que pretenda mochilar pela galáxia , como visto no trecho do livro a seguir:
"Segundo ele, a toalha é um dos objetos mais úteis para um mochileiro interestelar. Em parte devido a seu valor prático: você pode usar a toalha como agasalho quando atravessar as frias luas de Beta de Jagla; pode deitar-se sobre ela nas reluzentes praias de areia marmórea de Santragino V, respirando os inebriantes vapores marítimos; você pode dormir debaixo dela sob as estrelas que brilham avermelhadas no mundo desértico de Kakrafoon; pode usá-la como vela para descer numa minijangada as águas lentas e pesadas do rio Moth; pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo; enrolá-la em torno da cabeça para proteger-se de emanações tóxicas ou para evitar o olhar da Terrível Besta Voraz de Traal (um animal estonteantemente burro, que acha que, se você não pode vê-lo, ele também não pode ver você -estúpido feito uma anta, mas muito, muito voraz); você pode agitar a toalha em situações de emergência para pedir socorro; e naturalmente pode usá-la para enxugar-se com ela se ainda estiver razoavelmente limpa. Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc, etc." — Douglas Adams, Guia do Mochileiro das Galáxias, Cap. 3

Nerds podem discordar de muita coisa, mas se há algo que seja consenso entre a maioria, é que o nerd veio sendo meio generalizado durante os últimos anos, inclusive sendo confundidos com geeks, que são os caras que consomem cultura pop em geral, quando os nerds são aqueles básicos da escola, que sabem tudo e um pouco mais. 
Entretanto, acho que ficou um pouco tarde pra tentar separá-los, até porquê, muitos nerds acabam sendo geeks,e vice-versa. 

Fonte: http://jpegtiras.blogspot.com.br

Se você é muito nerd e muito tr00, sabe muito bem sobre tudo isso, mas nem todo mundo é nerd, e nem todo nerd é tr00. e por isso resolvi colocar um adendo sobre a mais nova onda do verão, que é ser nerd, e a outra mais nova moda do verão, que é chamar os novos nerds de Bazingueiros, (em referência à série que fez de ser nerd algo legal, ou pelo menos socialmente aceitável; The Big Bang Theory.) chorando mimimis de que você sim foi tr00, porque ele apanhava na escola, e era nerd quando ninguém era. (sigh!) 
Gente, eu não vim aqui pra cagar regra, e nem pra dizer que eu sou santa, e nunca atirei nem uma pedrinha nos "novos nerds", ainda mais quando eles imploram...

Aham, Cláudia, senta lá!

A questão é que isso é bem chato, e infinitamente infantil. E daí que era muito mais difícil ser nerd nos anos 90/ início dos dois mil? (tudo era mais difícil nessa época, vamos combinar.) E daí que você não tinha amigos? E. Da. Í?
Amigo, eu nunca fui tão feliz quanto agora, que ser nerd é legal. Todo ano tem mais de 5 filmes ALTAMENTE nerds no cinema para serem assistidos, estão fazendo um Revival de Arquivo X, nunca foi tão fácil dar um jeito de arrumar seu game preferido, tecnologias novas chegam cada vez mais rápido ao Brasil,  e você tá aí chorando, porque os Bazingueiros roubaram seu picolé???
Cara, os Bazingueiros são a razão de tanta felicidade, porque o que manda na indústria literária, cinematográfica, musical, de games e o caramba a quatro é QUANTIDADE, e não qualidade. 
Não faz a mínima diferença se esses caras sabem quem foi Tolkien, ou se reconhecem o Stan Lee nos Cameos dos filmes da Marvel. O que importa é o faturamento que essa gente toda leva aos cinemas, livrarias, etc.
Quando foi que você pensou que iria deixar de ter que mandar fazer suas camisetas mal feitas com capas dos seus livros favoritos na Kodak, e comprá-las online? (Superfaturadas, eu sei). Quando foi que você achou que iria achar seus toy arts no shopping, nas Lojas Americanas? 
É sério que você tá achando ruim que ter acesso fácil a tudo isso é ruim?

A única coisa verdadeiramente tr00 é grana!

O Bazingueiro mau não roubou seu picolé. Ele pegou seu picolé de groselha da carrocinha do tio e te trouxe um Magnum. Para de reclamar. Hauhauhahauhauha.
Gente, eu só passei aqui pra desejar um bom dia do nerd pra vocês. Vivam os nerds, vivam os bazingueiros, e que muitos mais injetem grana na indústria por aí, pra gente ter cada vez mais material pra nossa nerdice.
42 beijos pra vocês!


3 comentários:

  1. hahahaahahha não me considero a super nerd, embora tenha sido CDF durante minha vida escolar e apanhava pacaralho [inclusive de meninos] que me chamavam de 'ela só quer ser a sabichona com esses livros, rata de biblioteca e por ai vai]
    Star Trek e Wars eu via desde pequena, pois Mainha adora essas franquias, e planeta dos macacos idem...
    sinceramente, detesto essa modinha, porque sério - já conheci guria que falava 'sou noob com orgulho, melhor que porra de nerd' pra na semana seguinte assistir TBBT e comprar a camisa do lanterna, se intitulando NERD. ai, meucu.
    Não guento mesmo esses tipinhos. Maaas, ao menos essa 'modinha' realmente facilitou de achar as coisas pra comprar ^^

    ResponderExcluir
  2. Engraçado como as coisas mudam, nerd a algum tempo atras era o tipo que gostava de estudar muito, introspectivo e tal, como o passar do tempo e o avanco da tecnologia dos computadores deixou o estudioso mas estudioso e com gosto para jogos, mas hoje nerd parece ser para alguns apenas aquele que gosta de jogos. Eu sou do estilo antigo, hehehehehehe. Gosto de estudar e jogar e amo os Star wars. Bjocas.
    Blog Com Mãos de seda // Fan Page do Blog // Grupo do Blog

    ResponderExcluir
  3. Hahahaha, muito bom seu post Amanda!! Adorei e concordo contigo. Mas o povo nunca vai parar de reclamar, não adianta. Por isso que não gosto de ser classificada, sou um pouco de tudo, tenho meu lado nerd, tenho meu lado geek, tenho meu lado esportivo, lado vid4 lok4 e assim vai, hahaha.

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥