Resenha: Proibido - Tabitha Suzuma

07 abril 2015




Ficha TécnicaEdição: 1
Editora: Editora Valentina
ISBN: 9788565859363
Ano: 2014
Páginas: 304
Tradutor: Heloísa Leal
 Leia a sinopse no Skoob




Quando eu acabei de ler Proibido, tive que correr pra fazer o esboço da resenha, pois não queria perder todas as nuances de sentimentos que a leitura me proporcionou. No entanto demorei muito pra publicar a resenha, pois fiquei com medo de não conseguir exprimir em palavras tudo o que queria, mas hoje eu irei tentar e espero conseguir.

Por isso eu peço a vocês que vão ler essa resenha, abram seus corações, dispam-se conceitos e preconceitos religiosos, pois essa é uma leitura que vai além de simplesmente uma temática polêmica, ela nos fala de amor na sua forma mais simples, daquele que simplesmente acontece e não dá a oportunidade de se escolher a quem vai se amar.

É normal eu me apegar aos personagens de um livro, mas eu terminei a leitura de proibido entre lágrimas, com as mãos trêmulas, um aperto no peito, um nó na garganta e com essa sensação...
que não sei nem explicar, mesmo hoje quando estou apenas me lembrando.

Se eu tivesse que resumir Proibido em uma palavra seria: ARREBATADOR, mas uma palavra só não seria capaz de representar tudo o que essa leitura proporciona. Eu já queria fazer essa leitura a muito tempo, tanto pela temática intrigante, quanto pelas resenhas encantadas que li. E não me arrependi.
Acredito que de inúmeras que li apenas uma foi negativa e a blogueira baseou-se na sua religião para criticar o livro, o que eu acho absurdo e muito preconceituoso.

POR FAVOR, TIREM SUAS RELIGIÕES DA MINHA LITERATURA!


Foi incrível a maneira que a Tabitha conseguiu criar uma história tão cativante e poética sob uma temática tão polêmica e descriminada. Um pecado tão hediondo aos olhos da sociedade que acabou sendo criminalizado.

Conhecemos uma família nem um pouco convencional, onde dois adolescentes criam os três irmãos mais novos, após terem sido abandonados pelos pais. O pai partiu para outro continente com uma nova mulher e a mãe que embora ainda viva com eles (em alguns momentos), os negligencia tendo os trocado a muito pelo álcool e por relacionamentos casuais. O que fez com que Lochan e Maya tenham que se virar desde cedo, assumindo o papel de pais dos irmãos mais novos, além de tentar esconder do mundo o descaso da mãe na esperança de assim evitar que o serviço social acabasse os separando.

E sendo assim Lochan e Maya perderam suas infâncias e acabaram se tornando adultos prematuramente. E essa cumplicidade criada como um casal a criar os filhos, acaba despertando neles um amor que vai além do fraternal. Um amor que só as almas gêmeas poderiam ter e assim começam as lutas interiores, em busca de entender a si e entender a esse sentimento. Que parece tão certo, mas existe pela pessoa errada.

Proibido nos apresenta uma história do amor em sua mais cruel forma; Do amor lindo, natural e avassalador. O livro em momento nenhum é apelativo, ou pervertido, a Tabitha conduz a história de uma maneira tão singela, que nos leva a partilhar todos os pensamentos do casal e se questionar incessantemente "E se fosse comigo?" Ela brinca com os sentimentos do leitor, nos leva ao paraíso, para em algumas linhas depois nos lançar no mais profundo abismo. Nos faz amar e querer tanto a felicidade dos protagonistas e desprezar completamente outros personagens.

Ao mesmo tempo ela não nos deixa esquecer que os dois apesar de tão prematuramente amadurecidos, ainda são só crianças que não tiveram a opção de viver a infância e nos questiona na voz dos próprios personagens. Se esse amor não foi induzido pela situação em que eles foram forçados a viver. Se eles psicologicamente não usaram disso pra suprir a carência mutuamente. Se aquilo não era um crime e se sim quem era o culpado por ele? Como a sociedade encararia esse relacionamento?

A figura da mãe relapsa me causou um asco tão pungente, que é até difícil definir o grau. E ela foi o algoz do livro do início até o fim, elucidando também os riscos que o despreparo de um núcleo familiar pode causar.
E  levando a leitura culminar num final tão intenso que me lançou num estado de torpor, onde há tempos uma leitura não me permitia chegar.

Eu recomendo essa leitura, sem sombra de dúvidas e indico a todos que conheço, sempre que posso. Porém não deixo de dizer que para fazê-la é necessário que se faça despido de preconceitos , caso contrário é melhor que nem a faça. Pois uma leitura descriminaria dele seria praticamente uma heresia.
Para mim Proibido é um livro tão intenso que é a representação mais forte do amor proibido, desde Romeu e Julieta, pra falar a verdade Romeu e Julieta se o lessem iriam chorar por eles, ao perceber que o motivo que impede o amor deles não chega nem perto do que se põe entre Lochan e Maya.

Proibido abala muros que existem dentro de nós e nem nós mesmos sabíamos!
Já fazem três meses desde que o li e ainda o sinto em mim.

21 comentários:

  1. Adorei a resenha!!! Com certeza vou ler!!! Ja tinha visto a capa em vários blogs, mas com essa indicação que deu não vou conseguir não ler ou vou morre de curiosidade! Adorei de mais! Mil beijos
    Bah

    ResponderExcluir
  2. Kris, sua resenha me deixou sem ar, segurei o fôlego até o final da leitura, como pode algo que é visto como um tabu ser tão surpreendente a ponto de prender a gente, eu acompanho um caso parecido na série de livro das Crônicas de gelo e fogo, o relacionamento dos irmãos gêmeos Cersei e Jaime, que começaram a se envolver romanticamente ainda crianças, porém eles não tiveram as mesmas dificuldade que os irmãos desse livro, fiquei muito curiosa para ler, realmente é um livro para ler com a alma e o coração aberto, adorei, é uma verdadeira crítica a sociedade que vivemos.
    beijos

    ResponderExcluir
  3. Sou louca pra ler esses livro, amo os livros da editora Valentina.
    Fiquei mais afim do livro ainda, adorei a resenha,
    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Kris,
    que resenha maravilhosa!!!!
    Fiquei louca de vontade de ler esse livro e, naturalmente, além do conteúdo do livro ser muito convidativo, você soube expor isso de maneira apaixonada.
    Quero muito esse livro! \õ/
    beijos, gata

    ResponderExcluir
  5. Amei sua resenha! Esse livro está na minha wishlist há um bom tempo, mas vou comprar o quanto antes por causa da sua resenha! Me deu MUITA vontade de ler e estou muito curiosa para acompanhar a história! Fora que essa capa é muito linda ♥

    Beijos!
    Meu Conto de Fada

    ResponderExcluir
  6. Nossa, sempre achei essa capa lindíssima mas não dava muita coisa pela história. Agora, lendo sua resenha, já fiquei louca pra ler antes mesmo de você começar a falar sobre a história, só por ter visto como foi envolvente e maravilhoso pra você! Achei o tema muito legal e acho que faria bem o meu tipo de livro, apesar de não estar acostumada a ler livros nesse estilo. Vou tentar ler assim que puder <3 Beijosss!

    ResponderExcluir
  7. eu lembro da gente conversando aquele dia e tu falou que a leitura te perturbou demais. é tão bom ler um livro que nos deixa com essa sensação, né? de soco no estômago...
    quando eu tiver chance vou ler...
    e menina, depois de Cercei e Jaime, o povo já tá se habituando com incesto kkkkkkkkkkkk
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu não tinha me interessado por esse livro, mas a sua resenha foi maravilhosa!
    Ainda não sei se leria, porque incesto não é realmente um tema que me agrade. Eu acho muito estranho e até inimaginável, assim como pensei sobre Jaime e Cersei em GOT. Mas vou tentar ao máximo deixar isso de lado e ler o livro, pois parece ser realmente profundo e levar a muitas reflexões!

    ResponderExcluir
  9. Confesso que não seria um livro que eu leria assim de cara. Mas gostei da sua resenha. Está muito suave e objetiva. Sem falar nas emoções que você nos trouxe. Cada dia que venho aqui te admiro mais. Parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Eu quero, eu quero, eu quero! Quase infartei lendo sua resenha ( sim sua resenha é envolvente, e as palavras que você usou quase me grudaram na tela-- a tenho pressão alta T.T ). Simplesmente adorei! A proposta do livro parece muito boa . Parabéns pela resenha, ela esta definitivamente intensa.

    ResponderExcluir
  11. Ta ai um livro que me deixou na curiosidade. Adorei sua resenha. Suas palavras ressaltaram o quanto você se envolveu com a obra. Eu sempre fui curioso por histórias que mexessem com tabus da sociedade. Esse é um livro que lerei um dia (mesmo romance não sendo meu forte).
    Parabéns pela resenha, está fantástica.
    Beijos

    Academia Literária DF

    ResponderExcluir
  12. Oi Kris! Eu já vi a capa de Proibido rodando face inumeras vezes, mas nunca tinha lido nenhuma resenha sobre. temática forte, né amora? sua resenha quase que nos coloca no livro e a gente sente o que o livro te passou, o sentimento forte que ele despertou em ti. Como você disse, temos que nos desapegar de conceitos e pré-conceito para lê-lo, pq visto aos olhos da lei o tema fala de incesto, aos olhos da igreja; de pecado, e aos olhos da sociedade algo imensurável. É aquele assunto que qdo as pessoas vão falar sobre, sussuram e logo apontam o dedo............. Fiquei curiosa, juro que fiquei. Espero poder ler em breve. bjjs
    Eykler
    www.amorascompimenta.com

    ResponderExcluir
  13. Menina sou tão preguiçosa pra ler livros, leio revistas mensais, mas livro fico a desejar.
    Por isso valorizo as resenhas...para ficar por dentro dos lançamentos e queridinhos do momentos.
    O tema me chamou atenção, é forte, mas sua analise foi muito bem feita
    Blog ArroJada
    Divulgação de Blogs

    ResponderExcluir
  14. O livro beira a perfeição, Kris!
    A autora pegou uma concepção ideológica e construiu um dos melhores romances que li... Esses dois jovens estão marginalizados e ocupando o lugar de adultos, a situação social e familiar deles já não permite que eles sejam irmãos. Eles são pai e mãe, quem cuida daquela família, então, nada mais justo que o sentimento que nutre um matrimônio cresça da relação...
    http://www.poesianaalma.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oláá
    Faz um bom tempo que esse livro foi lançado e desde então eu quis ler esse livro, espero ter oportunidade logo pois adoro o enredo e essa capa, é um tema bem polêmico mas que arriscaria com certeza.
    Ótima resenha.

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/
    Catharina
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Adorei e resenha! O livro se torna interessante por fugir um pouco dessa "zona de conforto" da maioria dos romances.Com certeza vou tirar uma hora para lê-lo.Parabéns pela resenha, e adorei o blog ^^.

    ResponderExcluir
  17. Oi Kris, tudo bem?
    Faz tempo que quero ler esse livro mas confesso que nem a sinopse eu li e essa é a primeira resenha que leio.
    Fiquei bem curiosa para ler e ter minha própria opinião de como a autora abordou um tema tão delicado, não deve ter sido fácil para eles descobrir esse amor.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  18. Kris lindona não criei coragem ainda para ler esse livro acredita, uma leitura sobre um amor real e sobre circunstâncias fora do comum, com jovens tendo que assumir responsabilidade tão cedo. Sei que vai me abalar psicologicamente com esse livro, acho que por isso estou evitando a leitura. A capa é linda e delicada assim como o tema abordado. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem? ^^

    Muito bem colocada sua resenha e, concordo com você sobre a questão de ler com a mente aberta. Acho que todos as as leituras deveriam ser feitas assim.

    O livro parece ser bem intenso, mas ainda não conseguiu despertar muito a minha atenção. Quem sabe venha a lê-lo no futuro.

    Parabéns pela resenha.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Uau! Este mexeu mesmo! Quando ele foi lançado foi o que mais me interessou da editora, e pelo visto não foi a toa. Uma pena que ainda não o li para ficar abalada como você.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  21. Oie, tudo bom?
    Todas as resenhas que li ressaltam a poesia da história e como a trama é cativante e tocante. Fora de toda a polêmica, acredito que a autora conseguiu trazer um assunto diferente que conseguiu conquistar os leitores. Proibido já está na lista de desejados e espero ser arrebatada pela narrativa.
    Beijos,
    https://livrosyviagens.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥