Vício em séries: Os mistérios de Miss Fisher

25 março 2015


Olá crianças!!!
Hoje vou fazer um Vício em séries que é MUITO vício.
Isso porque já faz algum tempo que eu simplesmente desisti de acompanhar séries, mas esta é MARA!!!!
Olha aí a sinopse da coisa toda!


SINOPSE: A Honorável Srta. Phryne Fisher é uma mulher intrépida, glamourosa e moderna dos anos 1920.
Depois de muitos anos na Europa, após uma infância pobre, e diversas mudanças pós 1° Guerra que a levam ao patamar da nobreza, Phryne volta a Melbourne, Austrália, em parte para começar uma nova vida em sua cidade natal, mas também para garantir que Murdoch Foyle, o homem que seria responsável pelo desaparecimento misterioso sua irmã mais nova, nunca saia da cadeia.
Com sua pistola dourada, afiada adaga e acima de tudo inteligência, Phryne encontra justiça para aqueles que não podem se ajudar. E assim, aos poucos, muitos se unem a sua causa.
A série é baseada nos 18 romaces policias da afamada escritora australiana Kerry Greenwood.


CA-LA-RO, que é baseada em livro, néam? Parece A maldição do leitor! Huahauhauahu.
Agora me diga: A sinopse é tosca? Sim. as atuações de alguns atores chegam a beirar o ridículo? Obviamente. Mesmo com tudo isso, a série é boa? ABSO - Fucking- LUTELY!
Vamos às explicações: A história se passa na Austrália, o que já começa sendo bem legal, já que quase toda história de detetive se passa na Inglaterra, e a gente sabe que a Terra da Rainha já tem detetives maravilhosos, e não precisa de mais gente bisbilhotando nada por lá, né meu povo.

A personagem principal é Maravilhosa, inteligente, poderosa e forte, mas não é misândrica. E isso é uma outra coisa bem original, porque normalmente quando a personagem feminina é muito forte, os autores resolvem descambar pra misandria, e a Miss Fisher não é assim. Ela apenas sabe que não é inferior a homem nenhum, e prova isso com uma elegância que só os anos vinte poderiam proporcionar.
Já que tocamos neste ponto, temos os figurinos, assim como toda a ambientação da série. O figurino da série inclusive já foi premiado na Austrália.

Miss Fisher é um sem fim de plumas e paetês, completamente diva e melindrosa.
Já nasceu no sapatinho boneca, sambando nas inimiga.









Late mais alto que daqui eu não te escuto!
Fisher ( a lindona Essie Davis) é simplesmente deslumbrante, e não tem vergonha disso, sua inteligência supera até mesmo sua aparência teatral, e eu adoro isso.

Em contraponto, sua assistente Dot Williams, que é uma moça católica e certinha, com interesses amoroso pelo policial Hugh Collins,  usa um figurino muito mais recatado, mas nem por isso menos esmerado. A série é um deleite para os olhos, e isso se deve muito ao capricho da produção com os detalhes. As roupas combinam com as características psicológicas de suas personagens, e são extremamente lindas.

 Ainda ajudando Miss Fisher em alguns casos, com uma sagacidade que supera a dos adultos, temos a menina Jane ( mesmo nome da irmã perdida de Phryne), "protegida" de Miss Fisher, que é uma criança esperta na dose certa, sem aquele ranço de criança excepcional estilo novela da Globo, sabe?
São essas pequenas originalidades, esse cuidado e o comedimento em certos pontos que em outras produções costuma - se perder a mão, que me conquistou.

No quesito mistérios, a série não perde em nada para tantas outras séries de detetives, mas se diferencia pela personalidade cativante de Phryne Fisher, tão a frente de seu tempo, sem deixar de ser uma dama.
Não é nenhum Game of Thrones, mas é uma série gostosa e bem feita, com boas personagens femininas e visual incrível. A única parte chata é que passa no GNT em horários meio alternativos, logo cedo ou muito de madrugada ( no começo, achava que se tratasse de mais uma série pornô das madrugas da GNT e nem assisti, só fui ver o que era porque estava passando às nove da manhã. Huahauhauh.)
Como é coisa da Austrália, a internet é meio nebulosa em relação a Miss Fisher (tentei achar um trailer pra vocês, mas não tem unzinho que tenha alguma qualidade que dê pra postar), mas ainda assim eu encontrei links pra baixar e para assistir por Streaming. Então, se você se interessou, dá uma procurada, porque vale muito a pena.

É isso crianças. Beijos. 

7 comentários:

  1. Cara morri de rir com a sua resenha ao mesmo tempo que fiquei encantada com esses figurinos.. hahaha realmente parece ser bem interessante pelo fato de se passar na Austrália e é a primeira vez que conheço uma série de lá rs. Vou procurar conhecer com certeza, estava mesmo precisando ver séries novas.. adorei Amanda, parabéns e super beijo!

    Mutações Faíscantes da Porto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huahuahauahu. Que bom que riu e gostou. Eu acho super delicinha, não é uma mega produção, mas é tão gostosinha...

      Excluir
  2. Só pelo início da resenha saquei que era post teu, Mandy ahhahahahah
    E vou anotar a indicação. Fiquei gamada no figurino pq adoro essa época, me lembra mt Kiki de Montparnasse <3
    Gostei tbm do fato de se passar na Austrália e ser uma mulher decidida e de personalidade forte...
    quantas temporadas tem???
    http://torporniilista.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Huahauhauhaha. Meu retardo é inconfundível Val. Então, ela tem três temporadas, e tá rolando um bafão se vai ter a quarta u não, pq o canal que produz tá com problemas financeiros. Mas ela é babado mesmo.

      Excluir
  3. Uau adorei saber desta serie vou procurar por ela já porque series com personagens femininas assim tão diferenciadas são minhas prediletas... bjs <3
    http://florroxapoemasepoesias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imaginei que você gostaria, ela é bem diferente e à frente de seu tempo. Uma linda lacrativa. hauhauhaua

      Excluir
  4. Nossa, que interessante! Não conheço muitas séries que não sejam americanas, fiquei com vontade de ver! Amei a resenha ^^
    bjos

    casteloanimado.blogspot.com

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥