Resenha: Entre Quatro Poderes - Grupo (Sic)

30 janeiro 2015

Olá galera,
Hoje eu venho trazer para vocês a resenha de um livro parceiro, espero que vocês curtam.
A obra aborda um tema não muito comum, na verdade até, um tema que as pessoas costumas evitar:
A Corrupção. E foi muito feliz em sua abordagem ao assunto, o livro é bem reflexivo e quem sabe até um pouco educativo.
Então me acompanhem!


Edição: 1
Editora:
Novo Século
ISBN: 9788542803518
Ano: 2014
Páginas: 248

Leia a Sinopse no Skoob




Resenha

A Nota do autor no inicio do livro diz: "Que Fique claro: essa obra é totalmente ficcional." Mas, bem que poderia dizer: Estrelando em uma prefeitura, perto de você! Porque é incrível, mas durante toda a leitura e encontrei semelhanças entre a políticas de Suares e a política da cidade onde nasci e a da cidade onde moro atualmente. O que me leva a crer que esse é o retrato da política geral no nosso país. O que me enoja ainda mais e reforça a minha concepção de não apoiar partido algum para não fazer parte dessa barbárie.

Então, agora deixando a revolta um pouco de lado, vamos falar sobre o livro em si. O que inicialmente eu poderia classificar com uma única palavra - Incrível!
Incrível, porque pelo tema do ser a política, a leitura poderia ter a tendência a ser chata, enfadonha, mas não o é. Muito pelo contrário, o livro é bem ativo e divertido, ao mesmo tempo em que é reflexivo e revoltante. Outro fato é que pela obra ter sido escrita por 4 pessoas, o enredo poderia ser confuso, desconexo, mas também não o é. A escrita do livro se encaixa perfeitamente, os autores tem o mesmo estilo e acabam por si completar, no final parece que foi a obra foi escrita por uma pessoa e não por um grupo.

O Enredo começa nos mostrando o atual prefeito de Suares, "Churrasco", encurralado na prefeitura pela polícia federal e prestes a copiar a atitude de Getúlio Vargas. E na sequência somos levados a um Flash-back literário que nos mostrará tudo o que houve, até que culminasse naquela situação.
Suares, um pequeno município no interior de São Paulo é dividido entre dois partidos políticos, que podemos chamar de um "Sujo" e o outro "Mal Lavado".

E Churrasco é um jovem garoto que cai nas graças do líder do partido "Mal Lavado", que como o nome deixa a perceber, não é limpo, mas é melhor que o sujo. Eles têm um esquema de tramoias, mas ainda preservam algum ideal. Churrasco tem também um irmão chamado Cláudio, o qual cresceu com ciúmes dele, por perceber que o pai direcionava a Churrasco mais afeto. E por esse motivo Cláudio decidiu casar-se com a mulher que ele sabia que Churrasco amava, Estela a filha de José Vieira, Líder do partido "Mal Lavado".
Sendo assim, Zé Vieira não se opôs ao relacionamento, mas nunca negou sua maior afeição a Churrasco, o que mais uma vez alimentou o ciúme de Cláudio. Porém nas vésperas da eleição o partido "Sujo" causa uma grande baixa no partido "Mal Lavado" o que causa revolta e indignação entre o povo, alimenta o senso de justiça e os ideais.

Porém alguns ideais são frágeis e se deixam subornar. Manipulado pelo irmão oportunista, Churrasco se deixa corromper, porém há uma pessoa não se corrompeu e nem esqueceu e ela cobrará a justiça. Mas, há também um antigo ditado sempre diz: "Que a corda arrebenta do lado mais fraco". Só que o lado mais fraco pode não ser o que você está pensando...
Vai ter de ler, pra descobrir!

A leitura foi espetacular, interessante, divertida. Fluiu rapidamente e me fez absorver uma grande lição. Recomendo!

A quem interessar lá na página do blog tá rolando uma promoção do livro e marcador Clique Aqui !

Galeria



Acompanhem o livro nas redes sociais para saber das novidades e promoções
Facebook | Skoob | Site Oficial

Beijos ♥

6 comentários:

  1. Obrigado pela parceria. Para nós autores de primeira viagem tudo é difícil: Editora que não ajuda; mídia que não ajuda; pessoas que não acreditam no projeto. Neste cenário, blogs igual ao seu são nossa grande oportunidade. Parabéns pelo trabalho desenvolvido e mais uma vez obrigado pela parceria.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, achei super interessante.. principalmente depois que você diz que apesar de se tratar de política, não é um livro chato. Talvez eu não compraria, mas se tivesse a chance de pegar emprestado iria olhar só por curiosidade mesmo haha beijos

    Mutações Faíscantes da Porto

    ResponderExcluir
  3. Não sou a maior fã de política e consequentemente de nada que a envolva. Sei lá, tenho um certo repudio e só de pensar em gastar meu tempo lendo algo sobre isso, já me cansa. Gostei muito da sua resenha, foi bem explicativa quanto ao livro :)
    Abraços

    www.dezenoveprimaveras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Gostei muito da resenha esse livro me parece ser muito bom, eu já anotei o nome do titulo quando eu tiver tempo vou procurar para comprar beijos

    ResponderExcluir
  5. Nossa ao ver o livro a gente pensa logo que seria algo sobre política e não tem o interesse em ler. Mas vencendo essa primeira impressão a gente se depara com uma leitura gostosa e uma história ótima sobre o que acontece a nossa volta.
    Gostei muito.
    Bjks
    www.maevaidosa.com

    ResponderExcluir
  6. Eu já fui mais politizada, na fase da Faculdade, querendo ou não (Serviço Social) a gente acaba se enveredando e pasme na época acabei gostando. Mas agora, realmente, é desanimador em se tratando de analisar a realidade do nosso país... Eu imaginei que seria um livro cuja história se arrastaria de chata, mas sua resenha já tirou esta idéia, me parece ser bem interessante, acho que resgataria meu 'rompimento' com a política, traçando paralelos entre a ficção e o que vemos neste Brasil imenso...Adorei sua resenha. Anotado pra minha lista 'to read'...
    Bjinhooo
    Alê
    #ClickFB
    Diva Todo Dia

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥