Resenha: O Vale dos Mortos - Rodrigo de Oliveira

30 dezembro 2014

Edição: 1
Editora: Faro Editorial
ISBN: 9788562409073
Ano: 2013
Páginas: 304
Sinopse:
2017... UMA PROFECIA ESQUECIDA DO LIVRO DO APOCALIPSE, REITERADA POR OUTROS PROFETAS MODERNOS, RESSURGE...
Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, eles asseguram que o corpo celeste passaria a uma distância segura de nós. E todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer...
Então 2/3 de todas as pessoas no Planeta caem desmaiadas, vítimas de um estranho surto... "E abriu-se o poço do abismo, de onde saíram seres como gafanhotos com poderes de escorpiões. E os homens buscarão a morte e a morte fugirá deles." - Apocalipse 9, 2-6.
E um grupo luta para sobreviver num mundo dominado pelo mal.

Com passagens por São Paulo, Brasília, Estados Unidos, China e França, O Vale dos Mortos baseia-se na profecia de que um planeta intruso ao sistema solar, ao raspar por nossa orbita, fatalmente desencadearia a transformação em grande parte da humanidade, não havendo lugar seguro e ambientes sem infecção, pois ela ocorreria simplesmente pela aproximação do astro. Pegos de surpresa, e tentando entender o que acontecia enquanto buscavam se salvar, um casal e seus filhos iniciam uma jornada para restabelecer alguma condição de vida no que restou de seu próprio mundo.

Uma história com muita ação, suspense, que vai deixar você eletrizado.



Resenha

O Vale dos Mortos é uma obra nacional, que partiu de uma temática muito em alta atualmente, Zumbis, que com o grande sucesso da série The Walking Dead, trouxe de volta esses que já são personagens antigos dentro do universo dos filmes de Terror. Porém o livro vem trazendo inovação.
O Enredo traz características bem particulares e uma delas é apresentar inicialmente o Porquê da infestação (pois já estávamos cansados dessas epidemias que começam ninguém sabe como), e para embasar o motivo da infestação o autor usa de recursos como várias profecias que vão da Bíblia à V.M. Rabolu, passando por Nostradamus.

E então somos apresentados ao Brasil no ano de 2017, tudo está em paz, até os astrônomos descobrem no espaço um novo planeta, que se move rapidamente em rota de colisão com a terra. O Caos toma conta do planeta e o medo ronda a todos, porém poucos dias antes da "tal" colisão, os cálculos apontam para uma mudança no curso do astro, agora apelidado de Absinto, que mostra que ele não mais irá colidir com a terra e apenas passará muito próximo. Proporcionando assim um espetáculo capaz de ser visto à olho nu por toda a terra. E a paz volta a reinar.
Mas, as pessoas nem imaginam que aquele planeta causará a humanidade, um sofrimento talvez pior do que o choque e o fim da humanidade, quando o planeta chegar ao seu ápice de proximidade com a Terra, uma antiga profecia irá se cumprir:

E Naqueles dias os homens buscarão a morte, e não a acharão; e desejarão morrer, e a morte fugirá deles. -Apocalipse
E é aí que a história segue os rumos da distopia e nos encontramos em meio ao caos, junto a uma pequena família que assiste dentro de um shopping center a varias pessoas passarem mal e desmaiarem ao mesmo tempo, para acordar em seguida com olhos brancos e vazios devorando seus semelhantes mais próximos.

E nessa sequência a história nos mostra, outra inovação. O Rodrigo nos faz rodar o mundo, num tour onde vemos como o fenômeno atingiu os chefes políticos dos países que detém as maiores economias mundias e também do Brasil. As teorias de quem serão os supostos presidentes em 2018 foram bem interessantes, assim como plausíveis.
E após vermos tudo isso, voltamos a São José dos Campos e continuamos a acompanhar a saga daquela mesma família na tentativa de se salvar. A Família é composta por Ivan, Elisa e seus filhos Aninha e Matheus. E temos então a perspectiva de um apocalipse zumbi mais próxima da nossa realidade que já tivemos.

Também achei muito interessante, as medidas tomadas por Ivan, para se proteger. Acho que elas são as primeiras que todos pensam, quando divagam com a possibilidade de um apocalipse zumbi: Invadir um Shopping em busca de suprimentos, invadir uma base militar em busca de armamentos. Não posso negar que de fato tudo corre de uma forma muito light para os nossos mocinhos, comparada as outras histórias de zumbi, tudo corre muito mais fácil, porém eu não achei isso improvável, pois se justifica na base de que zumbis não pensam e agem por instintos. Então vários humanos pensando e calculando seus atos, conseguiriam sim lidar com a situação. Apenas tendo que controlar seus extintos mais primitivos que tendem a ficar mais aflorados em uma terra sem lei. Seja de uma boa maneira como Elis, que sai adotando todos os órfãos que encontra pelo caminho, como boa mãe que é. Seja de uma maneira negativa como outro personagem...

Quer entender por que eu disse isso? Leia o livro! Você não vai se arrepender, é uma história de tirar o fôlego e eletrizante à extremos. Você verá humanos tentando sobreviver em meio ao caos, tentando extremamente proteger seus entes queridos e elevando seus próprios extintos ao limite. O que acaba fazendo com que os mortos-vivos sejam um problema controlado e os vivos se tornem o perigo real.
O livro levanta questões que envolvem liderança, poder, maternidade e sociedade, e tudo isso no domínio do caos

Recomendo a leitura, é maravilhosa e intensa, só lembre de respirar enquanto lê!

Galeria



4 comentários:

  1. poxa, fiquei super a fim de ler. Não imaginava que o livro tivesse um enredo tão interessante.
    Parece ser mesmo uma leitura de tirar o fôlego.
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Cara eu odeio The Walking Dead e tudo o que é relacionado com zumbis por incrível que pareça.. apesar disso achei a resenha super interessante e pelo que parece o livro conseguiu surpreender :D Talvez eu até pegaria pra ler só por curiosidade.. mas parabéns ao autor que buscou uma história diferente das que já existem por aí, enfim, saiu do óbvio e isso é muito bom. Beijos

    Mutações Faíscantes da Porto

    ResponderExcluir
  3. Menina, não consigo ler esse estilo. Não é preconceito, mas fico apavorada, dá dor de barriga. :(
    Acho que tenho problemas!
    A resenha é boa, deu vontade de arriscar, mas, talvez, se a capa não causasse pânico... :(

    ResponderExcluir
  4. Olá :) Resenha ótima! :D Fiquei com vontade de ler esse livro. Nunca li livros que possuem "Zumbis" como assunto principal, tenho curiosidade em ler livros assim. :D
    Achei super legal e interessante o assunto desse livro, pela sua resenha da para perceber que é um livro muito bom. :) Parece até filme. kkk ^^ .. Bejinhos.. *--*
    http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥