Resenha: O Anjo - Ricardo Reys

09 novembro 2014

Título: O Anjo
Edição: 1
ISBN: 9788566031287
Editora: Verve
Ano: 2013
Páginas: 196
Sinopse:
Há sete deles. São os melhores, os mais completos, os mais mortíferos. Todos com nomes de anjos, todos juízes do céu e do inferno, que punem com a morte aqueles que a paz ameaçam. E numa fria manhã no Canadá, Anjo Gabriel vê-se obrigado a deixar a filha, que acabou de conhecer, bem como a vida de pai que acabara de abraçar, a fim de partir na mais perigosa missão que já lhe foi dada. Justamente aquela que ele nunca conseguiu completar. Perseguições em alta velocidade, tiroteios incessantes, romance, drama e suspense numa sedutora aventura que o arrastará por todo o mundo. Um mundo oculto. Um mundo perigoso. Um mundo em que somente os anjos sobrevivem.


Resenha

Oi gente,
Mesmo em meio ao corre-corre do ENEM, cá estou eu roubando um pouquinho do meu próprio tempo. Trago para vocês a resenha dessa que foi a minha ultima leitura e que tirou meus dois pés do chão do que era a minha zona de conforto.

O livro é "TIRO, PORRADA E BOMBA". E eu curti, muito.

Então, o livro em questão se chama O Anjo (dã, vocês notaram isso no título do post.) e obra do autor Ricardo Reys, nosso parceiro. E desde já quero agradecer ao autor ter-nos cedido os exemplares do livro (Mês que vem vai rolar promoção ♥), e também toda a atenção e simpatia que nos proporcionou.
Então, prosseguindo, ao contrário do que o título do livro possa nos fazer supor, ele não é sobre esses seres míticos, nem tampouco sobre uma guerra entre o céu e o inferno.

Anjos é o nome dado a um grupo de sete membros de uma grupo de contraterrorismo, os melhores no que fazem e que atendem por nomes de anjo.
O Anjo que nos acompanha nessa aventura é Gabriel, que anos antes simulou a própria morte na esperança de poder assim preservar a vida de alguém que amava, mas que agora precisa voltar dos mortos por causa da ameaça terrorista de alguém que se denomina Lúcifer, que promete por em cheque a paz mundial, liberando uma arma biológica que devastará nações.
Mas Gabriel, não irá permitir e então embarca numa perigosa aventura, onde se depara com pessoas do passado e se vê no meio de intrigas que envolvem mentiras, vingança e muita sedução.

Eu gostei muito do estilo da escrita do Ricardo Reys, que acabou por envolver no seu texto vários recursos de roteiros cinematográficos, como por exemplo o sinal / que indica que a ação do livro parou.
O que nos faz muitas vezes ter a clara impressão de estarmos lendo um filme de ação, como por exemplo missão impossível, ou adrenalina e isso é ótimo. Nos faz prender a respiração ao ler e imaginar as cenas eletrizantes. Eu só me enrolei um pouco com os nomes das armas, mas depois que se pega o jeito a coisa flui. Eu recomendo e é uma ótima leitura pra fugir da rotina.



Beijos e Boa sorte pra quem vai encarar, como eu, logo mais o segundo dia de maratona do ENEM.




9 comentários:

  1. Nossa. Parece mesmo uma premissa de missão impossível ou carga explosiva. Esse negócio de dar nomes de anjos foi show. Vou procurar esse livro com certeza. Eu gosto muito de ação (principalmente nos filmes) e pelo que você escreveu ai, ação é o que não falta. \0/
    Quando eu achar/ler esse livro te digo o que eu achei :)
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os tiroteios do livro me fizeram lembrar você.
      Acho que vc iria adorar, viu?
      Beijos.

      Excluir
  2. Muito boa a resenha. O livro parece ser muito bom, amo esse gênero, prefiro o suspense, mas adoro ação... Muito bom, parabéns pela parceria e pela resenha!!

    Resenhando a Arte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro é maravilhoso, Leonardo.
      Obrigada pela visita.

      Excluir
  3. Oi Kris!
    Tiro, porrada e bomba? Ri muito kkkkk
    É uma premissa bem interessante e esse clima ação que o autor Cris deve ser mesmo envolvente.

    Adorei a resenha.
    Beijos
    ​​LiteraMúsicas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hauhauha, foi a expressão que veio na minha mente na hora de descrever a ação, hauhauha, porque a leitura é bem eletrizante meeesmo.
      Não é o meu meio literário favorito, mas me ganhou incondicionalmente.
      Beijos

      Excluir
  4. Parece que tem bastante ação no livro, legal o nome ser dado a um grupo, logo que vi já achei que era com céu e inferno e etc. Achei bem diferente o que o autor fez, esse negócio de grupos a mandado de anjos. Anjo Gabriel, sedução? Quero saber mais sobre essa coisa de sedução hihi.
    Beijos Kris, Achei a capa bem maneira.
    ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  5. Eitaaaa, que livro babadeiro!!! Eu quero ler Kris, pirei nessa história de grupo anti terrorismo.
    Eu adoro filme de ação, tiro porrada e bomba. Quero ler esse livro NOW!

    ResponderExcluir
  6. Olá :) Adorei a resenha! :D Essa é a primeira resenha que li sobre esse livro, me fez ficar com muita vontade de ler, achei o assunto fascinante e interessante, achei muito diferente e inusitado do autor colocar nomes de "seres angelicais" nos personagens, apesar da história não se tratar de assuntos sobre anjos. rsrs :D nossa, a leitura deve ser ótima e de tirar o fôlego. Vou marcar no meu skoob. :D rs Beijos!
    http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥