Resenha: Lugar Nenhum, de Neil Gaiman

12 novembro 2014

Edição: 2ª
Editora: Conrad
ISBN: 9788576164081
Ano: 2010
Páginas: 336
SinopseRichard Mayhew é um jovem escocês que vive uma vida normal em Londres. Tem um bom emprego e vai se casar com a mulher ideal. Uma noite ele encontra na rua uma misteriosa garota ferida e decide socorre-la. Depois disso, parecer ter se tornado invisível para todas as outras pessoas. As poucas que notam sua presença não conseguem lembrar exatamente quem ele e. Sem emprego, noiva ou apartamento, e como se Richard não existisse mais. Pelo menos não nessa Londres. Sim, porque existe uma outra - a Londres-de-Baixo. Constituída de uma especie de labirinto subterrâneo, entre canais de esgoto e estacoes de metro abandonadas, essa outra Londres e povoada por monstros, monges, assassinos, nobres, parias e decaídos - e é para la que Richard vai.



 Minhas opiniões sobre o livro

Se você segue o blog, já deve ter percebido que aqui é tudo Neil Gaimete. (embora Kris seja bem mais que eu. Huahuahuahauh)
Lugar Nenhum é o tipo de livro que explica o porquê desse babado todo em volta de Gaiman.
Pra quem leu minha resenha do livro "Os filhos de Anansi", este livro tem praticamente a mesma premissa: Garoto extremamente comum com uma noiva que parece demais pra ele e um emprego chato descobre mundo mágico e tem vida mudada completamente."
E... as semelhanças terminam aí, pois Lugar Nenhum é totalmente especial e magnético, e tem aquele quê que falta em "Os Filhos de Anansi". 
Richard é um personagem que é extremamente humano, e apesar da sua chatice, é um personagem cativante e divertido. Door, a garota ferida, é uma criatura extremamente incrível, e tudo o que você quer é que a absurda Londres de Baixo se torne real algum dia, para que você possa vê-la de perto, mesmo com todos seus defeitos e perigos.
Hunter e Marquês De Carabas, outros personagens que se unem à Richard e Door na sua empreitada, também são fascinantes, e tudo se encaixa tão perfeitamente que a gente se imagina dentro de toda aquela bizarra situação.
O livro é recheado de Jogos de Palavras, quase como Alice no País das Maravilhas. É como se Door fosse o coelho branco que leva Richard até esse lugar incrível que é Londres de Baixo. 


Cada detalhe, cada personagem, cada piada de Lugar Nenhum é finamente orquestrado, e resulta num livro que é um deleite pra alma.
Sabe aqueles dias em que tudo o que a gente quer é sumir??? 
Este é o livro perfeito pra esse momento, pois nos transporta de onde estamos com maestria.
Pequenas doses de ação aparecem, sem deixar o livro ficar monótono; A magia é dosada com pitadas de realidade cruel, sem deixar que tudo se torne infantil; Personagens extremamente humanos e a quem podemos nos comparar misturam-se a outros completamente malucos e fantásticos.
Em suma, o livro é delicioso, e um belo exemplo do que Neil Gaiman é capaz de fazer.
Se você ainda não sacou qual é a desse povo pra cima desse tal de Neil, (Sério cara? Quer dizer, você nunca nem assistiu Coraline???) 
Lugar Nenhum é o livro perfeito pra te trazer pro lado Neil Gaimete da Força.
Vem com a tia, que você passa de ano!!!!

Esse post é válido para o

18 comentários:

  1. Ouwnnnnn que fofo!
    o que gosto desse blog é a falta de modismo. amo isso!
    Posso conhecer livros novos; livros bacanas que não são impostos pela mídia, a literatura de verdade... O título do livro já me cativou. Quero ler, vou marcar no skoob quando voltar ao normal, pq hj está um lixo fazer qualquer coisa por lá!
    Está tudo lindo a resenha ficou mágica!
    Parabéns!
    http://poesianaalmaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nhaaaaaaaaaa Obrigada! *-*
      Lê sim, é lindo!!!

      Excluir
  2. Que louco, um Londres subterrâneo :O, bem legal as "criaturas?" e coisas que vivem lá também. o que será que aconteceu com Richard? É bastante ficção, mas não duvido de que haja subterrâneos por aí, é claro que assassinos e monges o/,.... ou não. Me lembrou também Alice, e gostei da Door, queria saber mais sobre ela Hunter e Marquês, que se reúnem com Richard se reúnem no subterrâneo, mas o que eles procuram? Qual o ponto assim, tipo, que eles estão em busca? A leitura parece ser bem agradável, queria ler :)
    Beijos Amanda, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thayna, eu tava falando com a Kris outro dia sobre isso. Eu não me aprofundo no enredo pq eu sou a campeã de não saber quando parar e dar spoiler. Hauhauhauhauhauah.
      Mas é bão, vai por mim.

      Excluir
  3. Olá :) Gostei muito da resenha! Gostei do assunto do livro, aparenta ser bem legal e divertido.
    Que bom que esse livro te lembrou o "Alice no País das Maravilhas", :D então, o livro deve ser muito bom mesmo. kkk :D Beijos!
    http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Gabi, eu achei a história linda.Espero que um dia vcs todos leiam também pq é maravilhosa e envolvente. Beijos.

      Excluir
  4. eita, esse é epenas mais um dos que desejo ardentemente em minha estante e vida. HAHAHAH
    NeilGaimente com orgulho <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neil Gaimete alwayyyssss! Hauhauhauahuahauh. ADOGO!

      Excluir
  5. É a primeira vez que vejo esse livro, não conhecia antes, a sinopse é bem legal!

    PS: estou com um blog novo, pode me ajudar com a meta por favor?

    http://chuvas-deinverno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca, o livro é ótimo. Parabéns por ter começado seu blog.

      Excluir
  6. Awn, fiquei super curiosa para ler, a capa é linda, o título é interessante e sua resenha está muito boa. E depois do "quase como Alice no País das Maravilhas" nem se fala, fiquei curiosa haha
    Um beijo.

    Pretty Things!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, eu posso até ter viajado. Mas pra mim Lugar Nenhum é isso aí. É um novo Alice no País das Maravilhas, de tão lindo, envolvente e divertido.
      Beijão.

      Excluir
  7. Oi Amanda ! Em primeiro lugar quero te parabenizar por conseguir fazer uma resenha tão gostosa de se ler e tão divertida kkkk
    Já li O oceano no fim do caminho de Neil Gaiman e confesso que me apaixonei !!! Quero muito ler Coisas Frágeis também , mas não conhecia esse que você citou , fiquei super curiosa.

    Amei a resenha
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, obrigada pelo carinho Carolina. Que bom saber que minhas bobageiras te divertiram. Hauhahau.
      Eu adoro O Oceano no Fim do Caminho também, coisa mais linda!!!

      Excluir
  8. Oi Amanda!
    "Vem com a tia que você passa de ano" hahahahah
    Nunca li nada do Neil Gaiman e sempre vejo algo aqui no Conversas de Alcova.
    Vou seguir a sua dica e vou começar por Lugar Nenhum! Eu quero *-----*

    Beijos
    ​​​​​LiteraMúsicas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menino!!!! Eu tenho que parar com essas bestage! Hauhauhauahuha. Mas ó, Lugar Nenhum é bom mesmo, né besteira não, ta! Huahuahauhauhau

      Excluir
  9. Esse é um do Gaiman que falta pra mim. Aliás virei fã muito recentemente e faltam MUITOS livros dele pra mim! hehehehe
    Sua resenha me deixou querendo comprar o livro ontem!

    Samara - www.infinitoslivros.com

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥