Resenha: A Guardiã - Ane Viz #BookTour

11 novembro 2014

Título: A guardiã
Subtítulo:
Edição: 1
ISBN: 9788582735534
Editora: Editora Multifoco
Ano: 2014
Páginas: 130
Sinopse:
“É possível retomar o controle de sua vida depois que ela parece ter saído de suas mãos?” A vida de Lílian muda com a morte de sua melhor amiga a levando a uma grande confusão. Em meio a isso, se depara com o amor que não é como sempre imaginou. E agora ela está pronta para lutar e ser a guardiã que sempre sonhou. Lílian é uma garota comum, ou quase, que aprenderá que existe muito mais coisas que ela não conhece. Um nova vida com um rumo totalmente diferente quando ela se vê diante de um problema que não tem a solução. Vê seu destino ser drasticamente mudado e fugir completamente de suas mãos. Será ela capaz de poder guiar novamente sua própria vida e provar que pode ser e será a melhor guardiã de todas?
Resenha:

Eu recebi a oportunidade de ler o livro através do Book Tour que foi organizado pela própria autora.
Então eu quero em primeiro lugar agradece-la pela oportunidade.

O Livro já começa em plena ação, onde Lilian está a lutar com Décès coisas que depois viremos a saber que se tratam de vampiros e logo em seguida por alguma razão, logo sua melhor amiga é a principal vítima do ataque e vem a falecer. O que pelo fato delas serem as melhores amigas, acaba por abalar as estruturas emocionais de Lilian que em seguida acaba mudando de escola, apenas para concluir os poucos dias que restam antes da sua formatura. Nessa outra escola ela faz outro amigo Jay e acaba conhecendo o irmão de uma amiga de infância, por quem ela nutria uma paixonite desde a infância, mesmo só o tendo visto até esse momento por fotos e acaba por se apaixonar de verdade.

A premissa do livro é boa, mas eu achei que a história poderia ter sido melhor desenvolvida.
Nosso primeiro contato com a história é no que eu achei o Clímax do livro,
o que acabou me deixando num momento importante da história, sem entender direito o que estava acontecendo e por que e me perguntando:  "O que estou fazendo aqui?"
O livro é narrado em primeira pessoa pela Lilian e uma coisa que me incomodou um pouco, foi o fato dela ficar explicando o tempo todo o que significavam as expressões turcas e francesas que ela usava.
A leitura veio me prender apenas depois do meio do livro, que é quando o Salvatore e o Jay aparecem e animam mais as coisas, foram os dois personagens que eu mais gostei na história.

Os personagens do livro são de três espécies: Os Décès que são vampiros maus que matam pessoas, Puissance que são vampiros bons que podem controlar os elementos e os Guardiões que são uma espécie de híbridos de humanos e vampiros que protegem os Puissace. Não tenho certeza se a história se passa nesse universo, ou em um universo paralelo. A história acabou deixando algumas coisas sem explicação, e eu não tenho a informação sobre se haverá uma continuação, mas o final do livro me fez crer que sim.
Gostei dos personagens, são do tipo que nos fazem se apegar, a capa é bonita e a revisão estava boa, apenas alguns errinhos de digitação.

Classificação

Essa postagem e válida para o


10 comentários:

  1. Logo no início já parece ter um draminha, mas depois que vi também sobre vampiros estalei mais meus olhos hihi ♥, Lílian deve ter ficado bem traumatizada com sua melhor amiga morrendo e sendo vítima... Gosto de explicações em livros e bem detalhes, mas nem sempre é legal, ainda mais sobre coisas que as vezes não queremos saber. Achei maneira os tals dos híbridos também já vi histórias de vampiros com eles e eles tem ligação com os dois lados, o que deixa mais legal. A leitura parece ser boa, eu disse boa por causa também da explicação dos significados das coisas. Mas eu leria sim, não foi aquele tipo de animação, e olhe que adoro vampiros em livros.
    Até mais Kris, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thayná, seja bem vinda e apareça mais vezes.
      Beijos

      Excluir
  2. Lilian? como assim? hahahahahahahahah

    Eu vampira? Nosaaaaaaaaaa, adorei!

    Já quero!

    Achei a história interessante e leria com toda certeza. Parabéns a autora e muito bacana pela resenha. E olha que não gosto de livros de vampiros.

    Quanto a revisão e diagramação, a editora deixa a desejar mesmo... Mas, nada que retire o brilho dos autores e autoras.

    Parabéns pela ótima e divertida resenha!


    http://poesianaalmaliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lilian é sempre um prazer ter você por aqui <3

      Excluir
  3. Eu amo histórias assim, vampirescas.. fiquei meia desanimada com a sua resenha confesso, mas creio que depois de ler um pouco acabaria tendo a mesma impressão que você. Livros assim eu costumo ser mais boazinha e leio até o final haha só porque gosto mesmo e sempre dô uma chance para que o autor me surpreenda.. super beijo Kris!

    Mutações Faíscantes da Porto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim Carol, testa quem sabe você não curte.
      Beijos.

      Excluir
  4. Eu sou apaixonada por histórias de vampiros , porém não costumo dar muitas chances a livros com notas tão baixas ... Logo no começo da sua resenha eu já senti que o livro não tem muito a oferecer , pra uma história (mesmo que de 130 páginas) ser resumida em tão poucas linhas, não pode ser lá grande coisa...

    Tipo , eu conheço esse nome "Salvatore" e é de uma outra saga vampiresca. Esse negócio de dividir em espécies más , que cuidam dos vampiros e mestiços já está ficando bem clichê e esse livro está se parecendo muito com uma mistura de : Academia de vampiros e The Vampire diaries ... Sei não ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, mas é sempre bom ler pra tirar as próprias conclusões, as vezes a leitura não flui pra mim, mas pode fluir pra você.
      Beijos e obrigada pela visita <3

      Excluir
  5. Só por ser história de vampiro e ter vampiro fdp já merece uma passada de zóio. Huahauhaua.
    Pena que a história não se desenvolveu como vc esperava, Kris, achei a premissa bem interessante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ando saturadinha de vampiros, hauhauha
      Lê amanda, quem sabe te pega <3

      Excluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥