Resenha: Melancia - Marian Keyes

14 agosto 2014

Edição: 15ª
Editora: Bertrand Brasil
ISBN: 97885779991655
Ano:
 2011

Páginas: 
490

Tradutor: Sônia Coutinho

Sinopse: O maior sucesso de Marian Keyes. Com este romance engraçadíssimo e irreverente, a autora irlandesa Marian Keyes conquistou milhares de leitores no Brasil e no mundo. A protagonista Claire tem 29 anos, uma filha recém-nascida e um marido que acabou de confessar o seu caso de mais de seis meses com a vizinha também casada. Claire se resume a um coração partido, um corpo inteiramente redondo, aparentando uma melancia, e muita depressão, bebedeira e choro. Mas ela decide avaliar os prós e contras de um casamento desfeito depois de três anos e quando começa a se sentir melhor, o ex-marido reaparece para convencê-la a assumir a culpa por tê-lo jogado nos braços de outra. Claire vai recebê-lo, no entanto reservará uma bela surpresa para o ex. 


Minhas Opiniões sobre o Livro:

Sabe quando você quer tanto ler, que qualquer coisa serve???
Foi assim que eu fui parar nesse livro. Uma promoção na Lojas Americanas (acho que paguei uns  doze conto no meu exemplar), quase nenhum dinheiro disponível, e MUITA, mas MUITA vontade de ler MESMO.
Coloco desta forma, para que vocês entendam: Melancia foi um ato de desespero e abstinência, e não é, absolutamente, meu tipo de leitura.
Então, embora eu tenha uma grande implicância com o estilo literário, isso não o transforma em lixo- mas é assim que eu vou enxergá-lo. (Chata bagarai!Hhauhauahuahuahau!)

O livro é aquilo né: a vida tá uma bosta, tudo dando errado, e pra piorar, a protagonista nem é lá essas belezas. Claro, logo o garanhão da cidade vai se apaixonar perdidamente por ela ( porquê né, uma mulher com baixa auto-estima, depressiva e mal- amada é o que há de mais sensual e atraente aos garanhões lindos dos livros), ela não vai acreditar, porque "oh meu deus, eu não sou atraente, nem legal nem nada", ele prova seu amor de um jeito besta, e viva o final feliz.
HAUHAUHAUHAUHAUHAUHUHUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUH!
Mas sério, eu me surpreendi com Melancia. Embora seja bem²²²²²²² previsível, é uma história bem escrita, e a leitura flui muito bem. Pra ajudar, Claire tem um milhão, quatrocentas e oitenta e sete mil irmãs (mentira, são quatro  xD ), cada uma mais problemática que a outra,  e fatalmente você vai acabar se identificando com uma delas.
Cada uma dessas irmãs tem seu próprio livro ("Férias?!?", "Los Angeles", "Tem alguém aí?" e "The Mistery of Mercy Close", que pelas minhas pesquisas, ainda não tem tradução para o português) e apesar de achar que eles provavelmente serão mais do mesmo - afinal, água com açúcar vai ser sempre água com açúcar né - se me der a louca da abstinente por livros, eu leio a saga toda fácil, fácil, porque são baratinhos e fáceis de ler, e também é bem fácil de se relacionar com seus personagens, pois são todos aqueles beeem next-door, que parecem nossa prima, nosso pai, nossa mãe.
Resumindo todo o imbróglio que eu faço pra resenhar, Melancia é aquele livrinho que a gente leva pra passar o tempo na fila do consultório médico. Bem levinho, bem gostosinho, bem rasinho, mas que no fim das contas a gente gosta, e na próxima consulta leva ele de novo, pra lembrar das besteirinhas. Não é o maior livro, nem a maior escritora do mundo, mas é bem feito, divertido, e ajuda quando você tá lendo até manual de tablet.

É isso crianças. E vocês, lêem qualquer bobeira pra passar o tempo? Têm crises de abstinência? Acham a Marian Keyes uma deusa da escrita, e a rasa sou eu??? Interajam, que eu tô carente hoje!

8 comentários:

  1. Eu comecei a ler esse livro, mas parei no meio. Achei entediante bagarai xD
    Sei lá, acho que não tava num momento bom pra ele, não tenho nada contra Chic Lit não, mas né sempre que tenho saco, não. E nem todos que me encantam. >.<
    Adorei a resenha e a sua sinceridade gritanteeee \o/

    ResponderExcluir
  2. Kris, te entendo!!!! Acho que se eu não estivesse desesperada por um livro (de papel, néam, pq de pdf eu tô com uma porrada pra ler e não consigo) eu também não teria conseguido chegar nem na página DOIS. tem que ter um culhão miserável pra chick lit, mas a Keyes né das piores não. Quanto à sinceridade, achei que tu já tava acostumada com ela! Hauhauhahahuhau

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tô, pô, só quis elogia-la mesmo. Porque pode não???
      Hauhauhauha Então eu peguei ele de papel, a menina que morava comigo o tinha, acho que comprou na Avom, mas nem assim =3
      E eu até curto um livrinho mamão cáçucar, mas ele não me desceu mesmo.
      Tenho lá minhas chatices quando cismo :P

      Excluir
  3. Ah li nada dessa autora kkkkk mas confesso que adoro livros levinhos e previsíveis... mas também adoro um complexo e gigante quando tenho tempo e vontade kkkk amo ler e pronto. .. Não comento do livro porque não li e não tenho opinião sobre ele.. mas adorei seu post kkkkk

    Beijos sua seguidora.
    Blog novo!
    http://mundo-da-emy.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Emy, muito obrigada pelos elogios. Se vc curte esse tipo de literatura, leia Melancia, que você vai adorar, com certeza. É que eu particularmente tenho um preconceito lascado com chick lit. Huahua!

    ResponderExcluir
  5. Eu sou do tipo que acha a Marian uma deusa da escrita *-* huahsuahsua
    Adoooro os livros dela, mas ainda não li Melancia (ainda...) Dos que li (5) o meu favorito é Chá de Sumiço, que conta a história da Helen, a irmã mais nova e mais doida hahaha
    Adorei o post.
    Beijos!!
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gabrielly, que bom que vc não me xingou nem nada, então :-p. Rsrsrsrs! Eu entendo vc, é que eu não curto o gênero, mas achei a Marian uma boa escritora ( tanto que terminei o livro! Huahuahuahua). Obrigada por visitar e comentar.

    ResponderExcluir
  7. Oiii!!!! Só li Melancia dessa autora, mas dizem q Férias é bem melhor. :) Não achei o livro nada demais. Não é muitoooo bom e nem é muito ruim. Achei q ele seria mais divertido, mas não achei nada disso. Mas eu gosto da protagonista. E nem acho cliche. :) E o garanhão, nem acho garanhão, ashuashua, mas é uma leitura leve e apesar de não ser fininho, vc consegue ler rapidinho. Também comprei ele baratinho, mas passei no troco, kkk. Como eu disse, não é meu livro favorito. E eu não tenho abstinência. Ao contrário, estou cheia de livros para ler e zero tempo. :(
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥