Resenha : Post-Mortem - Patricia D. Cornwell

31 julho 2014

                   

ISBN: 9788565530170
Edição : 2012
Editora: Companhia das Letras
Paginas : 300

Sinopse:
Um perigoso e letal serial killer esta a solto, extremamente cruel mata por puro prazer e sadismo, atando, violentando e estrangulando suas vitimas, tudo que ele deixa para trás é um brilho inusitado que sugere a presença de alguma sustância desconhecida.
       
A investigação dos crimes está sendo sabotada. E a Dra. Kay Scarpetta, médica-legista, precisa ir muito além da identificação de um produto biológico para chegar ao assassino. Precisa descobrir, por exemplo, quem está do seu lado e quem não está.



   Minhas opiniões sobre o livro :

Eu particularmente amo muito esse tipo de história, me encantei com a série assim que li o primeiro livro, muita gente pode não gostar pelo fato da narrativa acontecer na primeira pessoa, eu gostei, pois me fez ficar mais próxima ainda da Doutora Kay, provando seus medos e anseios, uma mulher brilhante, porém solitária, o que muda no decorrer da serie,  ela se envolve com dois homens em duas paixões proibidas.
               
 O livro de estreia é maravilhoso cheio de suspense do inicio ao fim com detalhes de Necropsia, tudo dosado da maneira certa. Uma pena que a série não foi lançada na sequencia aqui no Brasil e isso faz fatos importantes ficarem de fora. Li esse livro há bastante tempo então alguns detalhes eu acabei esquecendo, tenho memoria ruim, mas quando o livro é bom o bruto da história fica arquivada, então espero que vocês leiam Patricia Cornwell sem duvida uma ótima escritora do gênero suspense-policial.

  A autora:

      Patrícia começou sua carreira como repórter policial. teve uma infância traumática, sofreu abuso emocional pelo pai, e traumatizada com a depressão da mãe, ficou aos cuidados da Assistência Social e compreendeu logo a negligência da sociedade americana para com as vítimas de violência. 

Começou a trabalhar no Charlotte Observer, onde escrevia notícias e artigos policiais, ganhou o North Carolina Press Association Award por uma reportagem sobre a prostituição e os crimes no centro da cidade de Charlotte. Como escritora, notabilizou-se pelos romances policiais que têm como personagem principal a Dra. Kay Scarpetta, médica-legista.                     

3 comentários:

  1. gostei da capa dele, a trama parece ser boa...
    bjs
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Val, não sei por que acho livros desse estilo a tua cara!

      Excluir
  2. Mily, sou louca pelos livros dela, esse gênero muito me causa interesse, fora que só ouço falar bem <3
    Amei a resenha *__*

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥