Resenha de Sayonara, Gangsters de Geni'Chiro Takahashi

15 julho 2014

Edição: o exemplar que possuo não apresenta esta informação
Editora: Ediouro
ISBN: 8500020113
Ano: 1982
Páginas: 295
Tradutor: Jefferson José Teixeira


Sinopse

O livro trata da vida insana de um professor de poesia,alterada da noite para o dia e para sempre por um grupo terrorista denominado Os Gangsters. Ao mesmo tempo que original e profundo,Sayonara,Gangsters é acessível,uma obra literária pós - moderna única,que procura entender em vez de intimidar. Desde a extravagância do seu começo, que pode ser lido como referência à guerra contra o terrorismo, até o final grave,devastador, e através de seu lirismo pungente, este primeiro romance de Takahashi,publicado no Brasil, é como um alucinógeno criado para fãs de literatura.





Minhas Opiniões sobre o Livro:

Tá, em primeiro lugar, essa sinopse tá errada.
Não dá nem pro cheiro, esse rabisquinho dizendo que a vida de um professor de poesia mimimi, é alterada. Para, não é isso.
Sério, lendo essa sinopse eu achei o livro chatíssimo, e não quero nunca ler um negócio desses. A única parte em que eles acertaram foi no alucinógeno.
Sayonara, Gangsters é daqueles livros que, conforme vamos devorando (sim, porque não deu pra apenas LER este livro, eu o ENGOLI) vamos nos perguntando: Que diabo foi que esse homem usou?
E devo confessar, é EXATAMENTE isso que me faz amar o livro. Sim, é "uma história sobre um professor de poesia, e sua vida é alterada do dia pra noite,blá blá blá",  mas não é apenas isso.
É uma ode à loucura. É uma história onde há uma Geladeira Falante, que é um poeta da Roma antiga. E ninguém dá a mínima pro fato de existir uma geladeira falante. É uma história onde um gato é um alcoólatra amante de Kant, então seus donos simplesmente lhe dão leite com vodka, e recitam em voz alta seus livros preferidos.
Toda a loucura deste futuro nada distante é tão comum, que já não espanta.
 É uma crônica da nossa vida cotidiana. 
É uma história sobre nada.
Mas é um nada MUITO bom.
Muito Provavelmente, você vai estranhar a construção deste livro, pois ele apresenta os seus capítulos em diversos "pedaços", alguns deles compostos por uma única frase. Isso dá à leitura uma dinâmica diferente e envolvente, e eu, pelo menos, não consegui parar até chegar à última página.
Posso passar horas aqui, escrevendo e escrevendo, mas não será o suficiente para explicar sobre esta obra que, pra se dizer o mínimo, é peculiar e cativante.
Na contracapa do livro, existe a recomendação de Jonathan Safran Foer, autor de "Tudo se Ilumina", que resume o sentimento de quem lê Sayonara, Gangsters.

"Sayonara, Gangsters é um desses raros livros realmente difíceis de serem descritos. Várias vezes tentei recomendá-lo a amigos, mas, inevitavelmente, eles perguntam sobre o que é ou qual o "estilo". E aí tudo o que eu posso dizer é "leiam". Com certeza é um livro engraçado. E belo. E um pouco maluco também.E assustador. E de partir o coração. Mas todas essas palavras perdem sentido diante do livro. Então leiam."

Bom crianças, é isso. Esta foi a minha primeira resenha, e eu cometi a burrice de escolher um livro "irresenhável", mas é só porque eu REALMENTE acho que você deve lê-lo, e não poderia começar minha colaboração por aqui sem dizer o quanto eu amo esse livro maluco. Eu o comprei por dois reais, num sebo que fazia parte de uma feira de livros aqui da minha cidade, mas hoje ele é mais precioso do que qualquer livro caro que eu possua, e eu queria dar a vocês a chance de conhecerem este maravilhoso mundo maluco.
Espero que não tenham se aborrecido enormemente com minha divagação e verborragia.
Boa leitura.

 Tirei fotos do meu exemplar, só pra vocês verem a arte da capa e contracapa, que é outra coisa que eu adoro neste livro!


 Eu adoro esse efeito "caça- palavras"




Pode dar dez mil corações???? Esse livro é simplesmente um dos meus maiores amores...




4 comentários:

  1. Bixa, a senhora arrazou na resenha. Eu não conhecia esse livro fiquei louca para lê-lo. Minha cudade é triste nem pra ter sebos.

    ResponderExcluir
  2. deve ser uma obra fantástica pelo que você falou. :D
    nunca tinha ouvido falar dele... acho bacana ler sobre livros não muito conhecidos...
    bjs
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você curtiu, Maria Valéria. Se você tiver alguma oportunidade de encontrar esse livro, compre e leia. eu simplesmente adoro!

      Excluir
  3. Ah valeu Kris, espero que meus textos continuem a contento...

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥