Soneto

07 junho 2013

Alma minha gentil, que te partiste
Tão cedo desta vida descontente,
Repousa lá no Céu eternamente,
E viva eu cá na terra sempre triste.
Se lá no assento etério, onde subiste,
Memória desta vida se consente,
Não te esqueças daquele amor ardente

Que já nos olhos meus tão puro viste.
E se vires que pode merecer-te
Alguma cousa a dor que me ficou
Da mágoa, sem remédio, de perder-te;
Roga a Deus que teus anos encurtou,
Que tão cedo de cá me leve a ver-te,
Quão cedo de meus olhos te levou.

 -- Luiz de Camões

5 comentários:

  1. Olá, amiga!! Sou a autora do blog de divulgação AGENDA DOS BLOGS e estou aqui para dizer que a sua divulgação já está na AGENDA. Peço que passe na página CADASTRADOS e veja o seu número de identificação que está em vermelho.É um prazer ter você conosco!!! Bjs!!

    http://www.agendadosblogs.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Óla, vim da Agenda dos blogs conhecer seu blog,Parabéns,te seguindo retribui http://wwwcidaartesanatos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi florzinha vim conhecer seu blog e amei, já sou sua seguidora, faço parte da agenda dos blogs e te convido a conhecer e seguir meu blog e curtir minha fan page, beijos.

    http://cidocemulher.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/BlogCiDoceMulher

    ResponderExcluir
  4. Olá amada estou te visitando através da agenda dos blogs,maravilhoso seu cantinho,amei.Quando tiver um tempinho me faz uma visita,bjsssss http://katylhora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Soneto lindo este!
    Ameei *-*

    Vim pelo agenda de blogs, já sou sua seguidora, te convido a conhecer meu blog, e se gostar adoraria ter você como minha seguidora!
    bjoos
    http://prypensando.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥