Reflexo de Narciso



Diante dele me toco, me conheço,
Não preciso de ninguém.
Sou minha e não dependo de outrem,
Seduzo-me e possuo-me.

Diante dele mostro o meu prazer.
Ele não confunde as minhas coxas com as de outras moças.
Ele é só meu. De fato!
Narciso me entenderia.

Reflexão

Um famoso palestrante começou um seminário numa sala com 200 pessoas, segurando uma nota de R$100,00. Ele perguntou: “Quem de vocês quer esta nota de R$100,00?”. Todos ergueram a mão… 
Então ele disse: “Darei esta nota a um de vocês esta noite,mas,primeiro,deixem-me fazer isto…”. Então ele amassou totalmente a nota. 
E perguntou outra vez: “Quem ainda quer esta nota?”.
 As mãos continuavam erguidas… E continuou.
 “E se eu fizer isto?”. Deixou a nota cair no chão começou a pisá-la e esfregá-la.
 Depois pegou a nota, já imunda e amassada e perguntou: “E agora?…Quem ainda vai querer esta nota de R$100,00?”. Todas as mãos voltaram a se erguer. 

Entre nós



Entre nós não permito espaços, 
Não desejo recato, 
Nem pejo, no ato.
Entre nós nada de engano, 



Quero a luz do mundano, 
A loucura do Profano.
Entre nós quero a quentura no toque, 
Não quero medo da morte, 
Ou nada que nos sufoque.



Entre nós quero que ardas, 
Pois ardo. 
E brinque que as minhas sardas, 
São um fardo... (Que carregarei, mas tu adoras).



Entre nós nada de amargura,
Vergonha ou censura, 
Nem manter a postura.



Entre nós quero só que me ames 
Que meu nome tu chames e 
De loucuras inflames.



Pois entre nós, 
Eu amo, ardo e inflamo. 
Somente entre nós.


Kris Oliveira

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...